Crie apps inovadores para os seus funcionários.

Saiba mais sobre o desenvolvimento interno de apps para iPhone e iPad.

Criar um app básico para iPhone e iPad é fácil. Mas apps mais elaborados demandam um pouco mais de trabalho. O que os apps mais bem sucedidos têm de tão atrativos? Eles têm um design bonito e sabem usar bem as cores e o áudio. São simples de usar e funcionam como devem. Eles envolvem o usuário e fazem com que ele retorne sempre. Dando bastante atenção ao design na criação de um app novo ou aprimorando um app existente, você melhora o seu apelo, promove uma experiência mais envolvente para o usuário e faz com que as pessoas gostem de usar o seu app.

Design para toque

Criar uma interface para interação com o mouse é bem diferente do que criar uma interface para toque. Assim que você começar a desenvolver um app, ficará interessado em entender o grande diferencial dos dispositivos com iOS. Analise melhor um iPhone ou um iPad e se familiarize com a interação dos usuários e convenções de design da interface.

Para resumir, para interação por toque é necessário um número maior de pixels para representar um botão que pode ser selecionado por um dedo, do que seriam para um mouse em um desktop. Por exemplo, o tamanho mínimo confortável para um elemento de toque da interface é 44 x 44 pixels. Os elementos como os menus pull-down e as barras de rolagem, tão comuns no desktop, não funcionam bem nos dispositivos móveis desenvolvidos para toque.

As Diretrizes sobre Interface Humana em iOS descrevem os princípios que ajudam na criação de uma interface de usuário aprimorada, para melhor experiência do usuário com o seu app em iOS. Esses princípios são importantes tanto para os apps corporativos desenvolvidos internamente como para os apps desenvolvidos para a App Store.

Leia as Diretrizes sobre Interface Humana

Lista de verificação do design

No final da fase de design você deverá ter considerado os seguintes recursos e melhores práticas:

  • Lido as as Diretrizes sobre Interface Humana em iOS da Apple

  • Definido uma lista concisa de recursos diretamente alinhada com a declaração de definição do seu aplicativo

  • Priorizado uma lista de objetos, tarefas e conceitos e como eles se relacionam entre si

  • Criado um conjunto básico de esquemas e composições para visualização do processo do app