Apple e a Educação - Perfis

Formando jornalistas especialistas em mídia com o Mac.

O MacBook Pro ajuda os alunos da Missouri School of Journalism a aprender e a praticar as técnicas de jornalismo moderno, inclusive criação, redação e edição de texto em diferentes veículos. Permite que os professores se concentrem em ensinar jornalismo, sem se preocupar com a tecnologia.

A inspiração

Desde 1908, alguns dos melhores jornalistas do mundo aprenderam sua função na Missouri School of Journalism com o Método Missouri, que adota o enfoque do “aprender fazendo” e oferece treinamento prático na criação de matérias reais. A tecnologia sempre exerceu um papel fundamental no Método Missouri. Em 1985, a faculdade foi a primeira instituição a publicar o jornal da comunidade em uma rede local e, em 1991, já estava produzindo um jornal digital diário. Mas por volta do ano 2000, a administração da faculdade percebeu que eles não estavam acompanhando uma das principais tendências do jornalismo contemporâneo: convergência, ou seja, contar histórias combinando diferentes veículos e novas tecnologias.

Depois de uma ampla pesquisa liderada pelo diretor assistente Brian Brooks, a faculdade decidiu migrar a grande base instalada de PC para Mac. Brooks e a sua equipe de transição elegeram o Mac e o iLife como as ferramentas perfeitas para ajudar os professores e alunos no ensino e no aprendizado do jornalismo praticado na atualidade, em que os jornalistas cada vez mais precisam levantar e produzir matérias para a mídia impressa, TV e web. Em 2004, Brooks implementou um programa de compra de notebooks, recomendando que cada aluno adquirisse um MacBook Pro. Praticamente todos seguiram o seu conselho e o programa foi um sucesso.

Hoje o Mac faz parte do conteúdo programático, que visa dar aos alunos da Missouri School of Journalism as ferramentas e a capacitação necessárias para que eles possa produzir matérias com o mesmo nível que os profissionais do mercado. Os alunos usam o MacBook Pro para tudo, desde a gravação das aulas até a coleta de material, redação e edição para os trabalhos que fazem em aula e para o jornal, o canal de TV e o serviço de notícias online da faculdade. Com o iMovie e o GarageBand, os calouros aprendem rapidamente as noções básicas de edição de áudio e vídeo antes de passarem para os projetos mais complexos no Final Cut Pro. Como o Mac oferece um conjunto completo e fácil de usar de ferramentas de mídia que funcionam muito bem juntas, os professores podem se dedicar apenas a ensinar jornalismo, sem se preocupar com a parte da tecnologia na sala de aula.

Depois do sucesso da integração dos notebooks Mac ao conteúdo programático, a faculdade agora quer integrar o iPad e o iPhone como ferramentas de mobilidade para o jornalismo.

“O Mac pode realmente transformar a forma como ensinamos jornalismo neste país.”

— Brian Brooks, Diretor assistente da Missouri School of Journalism

A implementação

Como a migração de PC para Mac seria em grande escala, Brooks teve que convencer o corpo docente. Na fase de consultoria com o pessoal da Apple Professional Development, a faculdade ofereceu treinamento para os professores e sessões de capacitação profissional para garantir a competência no mundo digital. Foram criados cursos específicos para ajudar os usuários de PC na migração para o Mac. Quando descobriram como o Mac se encaixava perfeitamente no conteúdo programático, o voto dos professores a favor da mudança foi unânime.

Embora todos os alunos foram solicitados a comprar notebooks MacBook Pro, eles consideram o custo do equipamento como parte da sua instrução. Como os notebooks provaram ser ferramentas de aprendizado tão eficientes, o programa de compra obrigatória foi muito bem recebido pelos alunos e os seus familiares.

A antiga plataforma da faculdade, baseada em PCs, exigia muito suporte de TI, principalmente para resolver ataques de vírus constantes. Por isso, a escola também viu benefícios imediatos na mudança para a base UNIX mais segura do OS X. Além disso, como os aplicativos do iLife são fáceis de aprender e usar, os alunos e professores gerenciam tranquilamente os próprios sistemas. Juntos, esses fatores reduziram pela metade os recursos de TI necessários para o suporte do pessoal administrativo, dos professores e dos alunos.

Os resultados

O Mac e o iLife formaram a solução perfeita para a adaptação do Método Missouri de aprender fazendo no treinamento de jornalistas bastante capacitados. Uma pesquisa realizada com recém-formados da Missouri School of Journalism constatou que 90% já estavam empregados nas áreas de jornalismo, publicidade e relações públicas.

Produção de vídeo, na prática

O Mac e o Final Cut Pro ajudam os estudantes de jornalismo na criação de matérias multimídia sofisticadas.

Durante o curso na Missouri School of Journalism, os alunos usam o MacBook Pro e aplicativos da Apple para criar projetos de vídeo cada vez mais complexos. Duas calouras, Natalie Cheng e Samantha Hill, usaram o Final Cut Pro para documentar as suas experiências em um vídeo estilo Charlie Chaplin com efeitos que simulavam filmes antigos. Para um projeto mais sofisticado, doze alunos de semestres mais avançados usaram todo o conhecimento e até aprenderam novas ferramentas, entre elas o Final Cut Pro, na produção do Project 573, um trabalho online caprichado sobre as consequências da recessão sobre cidadãos de Columbia, Missouri. Assista ao vídeo

Produtos utilizados

MacBook Pro

Esse notebook é ótimo para o aprendizado, tanto dentro como fora da sala de aula. Saiba mais sobre o MacBook Pro

Apps avançados da Apple.

iPhoto, iMovie e Garageband. Pages, Numbers e Keynote. Eles vão manter sua sala de aula criativa e produtiva. E são gratuitos com todo iPad e Mac.

Final Cut Pro

A ferramenta perfeita para a edição de vídeos de nível profissional para os projetos da escola ou do trabalho. Saiba mais sobre o Final Cut Pro

Mais perfis de educação.