Apple e o Meio Ambiente

A história por trás do impacto ambiental da Apple.

A Apple gera relatórios abrangentes sobre o impacto ambiental. Fazemos isso pensando sempre nos nossos produtos: o que acontece quando eles são criados, quando eles são fabricados e quando eles são levados para casa e utilizados.

Emissão total de carbono

Estimamos que em 2012 a Apple foi responsável por 30.9 milhões de toneladas métricas de emissões de gases de efeito estufa1.

Como calculamos as nossas emissões de carbono.

Para avaliar com precisão o impacto de uma empresa sobre o meio ambiente, é importante analisar o impacto dos produtos dessa empresa sobre o planeta. Outras empresas continuam a relatar apenas as emissões de carbono das suas instalações. Mas fazemos uma análise abrangente do ciclo de vida de cada produto para determinar de onde vêm as nossas emissões de gases do efeito estufa. Para isso somamos as emissões geradas pela fabricação, transporte, uso e reciclagem dos nossos produtos, além das emissões geradas pelas nossas instalações. Sabemos que cerca de 98% das emissões de carbono da Apple estão relacionadas diretamente aos nossos produtos. Os 2% restantes estão relacionados às nossas instalações, incluindo os nossos data centers.

Reduzindo o impacto do nosso crescimento.

Sabemos que o melhor que temos a fazer para reduzir o nosso impacto no meio ambiente é melhorar o desempenho ambiental dos nossos produtos. É por isso que os criamos para que usem menos material, possam ter embalagens menores, não contenham a maioria das substâncias tóxicas e para que sejam o mais eficientes em energia e recicláveis possível. Continuamos a crescer mais rápido que o resto do mercado e estamos fazendo isso com produtos voltados para o meio ambiente, mantendo o compromisso de criar produtos com o menor impacto possível para o meio ambiente. Apesar da nossa receita ter aumentado, as nossas emissões de gases do efeito estufa por dólar de receita caíram 21,5% desde 2008. Somos a única empresa do mercado que pode dizer que cada produto que comercializamos não apenas atende mas excede as rígidas diretrizes referentes à energia estabelecidas pela especificação ENERGY STAR. Saiba mais sobre o nosso progresso ambiental

Voltar ao início

Fabricação

O processo de fabricação, que inclui a extração de matéria prima e montagem de produtos, é responsável por 61% do total de emissões de gases do efeito estufa pela Apple.

61%

18.934.000 toneladas métricas de
emissões de gás do efeito estufa

Uso de material.

Nos últimos dez anos, os designers e engenheiros da Apple foram os pioneiros em novos métodos de fabricação dos nossos produtos. Inovações na fabricação como o processo unibody permitiram que os produtos MacBook e iPad ficassem mais finos, mas também mais resistentes. E o modelo mais recente de iMac é fabricado utilizando um processo conhecido como solda por fricção, que ajuda o iMac a usar 68% menos material a gerar 67% menos emissões de carbono que as suas gerações anteriores.

Remoção de substâncias tóxicas.

O projeto de produtos verdes também leva em consideração o impacto ambiental dos materiais empregados para fabricá-los. Do vidro, plástico e metal contidos nos nossos produtos ao papel e tinta utilizados nas embalagens, nossa meta é continuar liderando o mercado na redução e eliminação de substâncias que prejudicam o meio ambiente.

Por décadas a indústria eletrônica vem utilizando substâncias tóxicas como arsênico, retardadores de chama brominados (BFRs), mercúrio, ftalatos e cloreto de polivinil (PVC). Embora muitas partes do mundo ainda permitam o uso dessas substâncias, a Apple buscou alternativas melhores. Pegue, por exemplo, os cabos de alimentação. Por muitos anos a Apple trabalhou em conjunto com fabricantes de materiais no desenvolvimento de compostos personalizados, sem PVC nem ftalato, que atendessem aos padrões mais rígidos de durabilidade, segurança e impacto ambiental. Depois trabalhamos com os órgãos regulamentares de todo o mundo para validar e certificar cabos de energia sem PVC, mesmo nas regiões onde não há padrões. Na maioria dos mercados em que atuamos, oferecemos agora cabos sem PVC. Continuaremos a levar esses cabos para outras regiões, assim que recebermos as certificações.

A Apple também eliminou BFRs de milhares de componentes, nos colocando anos à frente no nosso mercado. Usamos retroiluminação por LED sem mercúrio e vidro sem arsênico em todas as nossas telas.

Para garantir que os nossos fornecedores atendam aos nossos padrões elevados, separamos alguns dos nossos produtos nos nossos laboratórios em Cupertino. Testamos tudo utilizando vários métodos, entre eles espectroscopia de fluorescência de raio X e cromatografia de íon. Nossos produtos também são testados por laboratórios independentes para confirmar os resultados.

Materiais ecologicamente corretos.

Além de eliminar as toxinas e produtos por estruturas de alumínio altamente recicláveis, a Apple trabalha com materiais ecologicamente corretos como plástico reciclado, papel reciclado, biopolímeros e tintas vegetais. Também encontramos formas de reestruturar materiais secundários para os padrões dos nossos projetos. Por exemplo, as unidades de ventilação do Mac Pro usam materiais avançados derivados de garrafas de plástico repolimerizadas. Os alto-falantes e braçadeiras internas do Apple Thunderbolt Display são feitas de PC-ABS reciclado. Em 2012, entre as nossas conquistas mais recentes estão a estrutura da AirPort Express, com biopolímeros derivados de canola e PC-ABS reciclado. Já a base de alumínio do iMac é fabricada usando 30% de material reciclado. As embalagens de muitos dos nossos produtos usam fibras de celulose de papel pós-consumo e os materiais dentro das caixas usam tintas vegetais. Além disso, os vale-presentes do iTunes não são apenas recicláveis, eles são feitos de papel reciclado.

Fabricação responsável.

A Apple tem como compromisso garantir que as condições de trabalho da nossa cadeia de fornecimento sejam seguras, os funcionários sejam tratados com respeito e dignidade e os processos de fabricação sejam ecologicamente corretos. Para que os fornecedores atendam aos mais elevados padrões, temos um programa agressivo de monitoramento da conformidade que inclui auditorias nas fábricas da Apple e planos de ações corretivas. Por exemplo, em 2012, realizamos 393 auditorias — um aumento de 72% em relação ao ano anterior — inclusive auditorias ambientais especializadas. Veja o nosso Código de Conduta de Fornecedores e os relatórios de auditoria dos nossos fornecedores no site de Responsabilidade dos Fornecedores.

Voltar ao início

Transporte

Cinco por cento das emissões de gases do efeito estufa pela Apple são resultado do transporte dos nosso produtos das linhas de montagem para os centros de distribuição, nas regiões onde nossos produtos são comercializados.

5%

1.608.000 toneladas métricas de
emissões de gás do efeito estufa

Embalagens menores.

Produtos menores e mais leves, com materiais mais eficientes não apenas reduzem as emissões de carbono, como também podem ser colocados em embalagens menores. Na verdade empregamos equipes de especialistas em design e engenharia que desenvolvem embalagens menores e mais leves para os produtos, mas também resistentes. O design eficiente das embalagens não apenas reduz o uso de materiais e o desperdício, como também ajuda a reduzir as emissões produzidas durante o transporte.

Por exemplo, a embalagem do iPhone 5 é 28% menor que a do iPhone original, lançado em 2007. Isso significa que cabem 60% mais caixas de iPhone 5 em cada palete, o que exige um número menor de barcos e aviões e, consequentemente menos emissões de CO2.

*Cálculo com base nas configurações dos Estados Unidos.

Voltar ao início

Uso dos Produtos

O uso dos nossos produtos é responsável por 30% das emissões de gases do efeito estufa da Apple3.

30%

9.306.000 toneladas métricas de
emissões de gás do efeito estufa

Eficiência de energia.

Com análise abrangente do ciclo de vida, a Apple mede as emissões de gases de efeito estufa associadas não apenas à fabricação dos produtos, mas ao uso dos mesmos pelos nossos clientes. Sabemos que nenhuma outra empresa do nosso setor vai tão longe na medição e divulgação das suas emissões de carbono.Como desenvolvemos tanto o hardware como o sistema operacional, podemos garantir que eles operem juntos, economizem energia e reduzam a emissão de gases de efeito estufa. Desde 2008, reduzimos o consumo de energia dos produtos Apple em cerca de 40%, refletindo nosso desejo de criar os produtos com menor consumo de energia do mundo. Nosso empenho em criar produtos que consomem menos energia, resultou na queda de 43% das nossas emissões de gases do efeito estufa decorrente do uso dos nossos produtos desde 2008.

Veja alguns exemplos de como estamos fabricando produtos que consomem menos energia.

Mac mini. Com inovações, mais e menos significativas, ele utiliza cerca de 1/5 da energia consumida por uma lâmpada comum4. O Mac mini consome menos energia que uma lâmpada comum de 13 watts, o que faz dele o desktop com o menor consumo de energia do mundo5.

iMac. Usando uma tela com tecnologia IPS (in-plane switching) altamente eficiente e fonte de alimentação com eficiência superior a 90%6, reduzimos pela metade o consumo de energia do iMac de 21,5 polegadas em comparação com o seu antecessor.

Apple TV. Consumindo apenas 2W quando reproduz conteúdo em HD, a Apple TV gasta 10 vezes menos energia do que a primeira Apple TV.

Chips A6 e A5. O chip A6 da Apple no iPhone 5, o chip A6X no iPad com tela Retina e o chip A5 no iPad mini, iPhone 4s, iPod touch e Apple TV são outros exemplos de design com baixo consumo de energia. Os engenheiros da Apple desenvolveram chips extremamente poderosos, mas muito eficientes em energia. Com eles, os dispositivos da Apple conseguem realizar tarefas complexas, sem sacrificar a duração da bateria.

Carregadores MagSafe. Os carregadores do nosso notebook estão entre os mais eficientes do mercado. Eles consomem menos que 30 miliwatts quando estão conectados, mas não estão sendo utilizados. Para ficar mais claro, seriam necessários mais de 430 carregadores para que o consumo fosse igual a uma lâmpada comum de 13W.

Qualificação ENERGY STAR.

Ao contrário de outros fabricantes que podem ter um ou alguns produtos qualificados para ENERGY STAR, todo produto da Apple não apenas atende, mas excede as rígidas diretrizes da ENERGY STAR, Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, relacionadas com a eficiência. A Apple é a única empresa do mercado que pode falar isso. Saiba mais sobre eficiência de energia

*Cálculo feito com o sistema ocioso e o sistema operacional já carregado; para produtos com monitores a tela estava configurada para brilho total. Assume as emissões de CO2e geradas de diferentes usinas localizadas nos Estados Unidos. Consulte os nossos Relatórios Ambientais de Produtos para obter informações detalhadas sobre consumo de energia, por produto.

Voltar ao início

Reciclagem

Dois por cento das emissões de gases de efeito estufa da Apple estão associadas à reciclagem.

2%

538.000 toneladas métricas de
emissões de gás do efeito estufa

Reciclabilidade dos produtos.

O enfoque da Apple com relação à reciclagem começa na fase de projeto, onde criamos produtos compactos e eficientes com menos material. E entre os materiais que utilizamos estão vidro sem arsênico, alumínio de altíssima qualidade e policarbonato extremamente resistente, materiais de alto valor para os recicladores para utilização em novos produtos. Até mesmo a embalagem dos nossos produtos utiliza material reciclável, sempre que possível.

Produtos mais duráveis.

A Apple fabrica produtos que duram. A bateria da linha MacBook é um exemplo perfeito. Ela pode ser carregada até mil vezes7. Uma vez que esta bateria dura até cinco anos, você economiza dinheiro que estaria gastando na compra de baterias novas, produz menos lixo e aumenta a vida útil do seu notebook.

Reciclagem responsável.

Todo o lixo eletrônico coletado pelos programas voluntários da Apple e programas de regulamentação em todo o mundo é processado na região onde o mesmo é coletado. Nada é enviado para outro local para descarte. Nossos recicladores devem obedecer os rígidos controles ambientais contratuais da Apple e todas as leis de saúde e segurança aplicáveis. A Apple não permite o uso de trabalho penitenciário em nenhum estágio do processo de reciclagem. Também não é permitido o descarte de lixo eletrônico nocivo em aterros de lixo sólido nem incineradores. Trabalhamos hoje com 153 parceiros em todo o mundo cujas instalações são avaliadas anualmente com relação a esses tópicos e também com relação à saúde e segurança dos funcionários, conformidade ambiental, acompanhamento de material e responsabilidade social.

Programas de reciclagem da Apple.

Assim que um produto Apple chegar ao final da sua vida útil, nós poderemos ajudar você a reciclá-lo de forma responsável. A Apple instituiu programas de reciclagem em cidades e campus universitários em 95% dos países onde os nossos produtos são comercializados, impedindo, desde 1994, que mais de 151.504 toneladas métricas de equipamento fossem parar em aterros. Nas regiões onde não há um programa formal de entrega, nós organizamos a coleta, transporte e reciclagem ecologicamente correta no final da vida útil dos produtos eletrônicos. Nossa meta em 2010 era chegar a um índice de reciclagem mundial de 70%. (Para calcular esse valor, usamos uma medida que assume vida útil de sete anos para um produto. O peso dos materiais que reciclamos anualmente é comparado com o peso total dos produtos Apple vendidos nos sete anos anteriores). Excedemos esta meta em 2010. Ela ultrapassa em muito os últimos números reportados pela Dell e pela HP, inferiores a 20%. Em 2012, o índice de reciclagem da Apple em todo o mundo passou a meta dos 70% e estamos confiantes que isso continuará até 2015.

Voltar ao início

Instalações

As instalações da Apple, o que inclui seus escritórios, centros de distribuição, data centers e lojas de varejo, são responsáveis por 2% do total de emissões de gases de efeito estufa da companhia.

2%

486.000 toneladas métricas de
emissões de gás do efeito estufa

Quadro geral das instalações.

Outras empresas do nosso setor consideram as emissões de gases do efeito estufa das suas instalações como um termômetro para avaliar o impacto ambiental. Mas desligar as luzes e reciclar o lixo do escritório não é suficiente. Nesse mercado, os produtos que fabricamos são os maiores vilões com relação ao meio ambiente. É por isso que a Apple se preocupa tanto com inovação e desenho dos seus produtos. Por esse motivo, a Apple tomou medidas significativas para reduzir as emissões de gases do efeito estufa nas nossas instalações em todo o mundo.

Energia limpa.

Estamos trabalhando com uma meta zero — usando energia 100% limpa e renovável em todas as nossas instalações e data centers. Em vários locais já atingimos esta meta. Estamos construindo novos edifícios e modernizando outros. Estamos instalando nossas próprias fontes de energia renovável, entre elas painéis solares e células combustíveis. E para atender as nossas necessidades de energia, estamos firmando contratos de longo prazo com provedores de energia. Fizemos um tremendo progresso e já convertemos 75% das nossas necessidades de energia das nossas instalações e data centers em fontes renováveis.

Data centers.

Todos os nossos data centers são eficientes e operam com 100% de energia renovável. Nossas instalações em Maiden, na Carolina do Norte, inauguradas em 2012, demonstram o nosso compromisso em reduzir o impacto ambiental das nossas instalações.  O data center recebeu a cobiçada certificação LEED Platinum do U.S. Green Building Council — pelo que sabemos, o único data center desse porte e tipo com essa honra.  Mais de 60% da energia renovável que o data center utiliza é gerada internamente, com a ajuda da maior estrutura movida a energia solar do país e a maior instalação geradora própria de energia. Saiba mais sobre energia renovável nos nossos data centers

Programas de transporte de funcionários.

No ano fiscal de 2012, mais de 13 mil funcionários participaram do programa de Transporte Comunitário — houve um aumento de 30% com relação ao ano anterior — as opções de transporte utilizadas reduziram o tráfego, a poluição e as emissões de CO2 associadas ao uso de veículos ocupados por uma só pessoa. Isso inclui mais de 1.600 funcionários da Apple de Cupertino que vão para o trabalho todos os dias em transporte coletivo movido por biodiesel. Os funcionários em Cupertino também ajudaram a evitar mais de 102.500 kg de emissões de CO2e com o uso de postos de carga de veículos elétricos, além de mais de 50 mil viagens em bicicletas compartilhadas da Apple em 2012.

  1. As emissões de gases do efeito estufa são calculadas de acordo com as diretrizes e requisitos especificados por ISO 14040 e ISO 14044. Os cálculos incluem as emissões relacionadas à produção, transporte e utilização e reciclagem dos produtos Apple, assim como as emissões das instalações e dos trajetos dos funcionários da Apple. As emissões referentes ao uso dos produtos refletem a energia consumida durante três anos, no caso dos portáteis, e de quatro anos, no caso dos computadores Mac e outros produtos, comercializados no ano fiscal anterior.
  2. Cabo de alimentação AC sem PVC disponível em todas as regiões exceto na Índia, Tailândia e na Coreia do Sul. Os cabos de alimentação AC sem PVC estarão disponíveis nessas regiões assim que as devidas agências concederem aprovação. Todos as demais regiões possuem cabos internos sem PVC.
  3. Cálculo com base em quatro anos de uso de um Mac e três anos de uso de um iPhone, iPod ou iPad.
  4. Com base em uma lâmpada incandescente de 60W.
  5. Afirmação com base nas categorias e produtos com baixo consumo de energia apresentados na base de dados ENERGY STAR da EPA de janeiro de 2013.
  6. Média calculada da eficiência do carregador quando testado com 100%, 50% e 20% da carga.
  7. A Apple não garante a bateria além da garantia limitada da Apple válida por um ano. A bateria tem uma quantidade limitada de ciclos de carga e para substituí-la é necessário entrar em contato com um provedor de serviços Apple. A vida útil e a duração da bateria variam de acordo com o uso e a configuração. Consulte www.apple.com/br/batteries para obter mais informações.