Nosso progresso

Há mais de 20 anos a Apple busca formas de reduzir o impacto da nossa empresa e dos nossos produtos sobre o meio ambiente.

AGOSTO DE 2014 CRIADO POR LISA JACKSON Foco em toxinas: Produtos seguros e ambientes de trabalho saudáveis.

Eliminar os riscos decorrentes de substâncias tóxicas nos produtos que usamos sempre foi uma das minhas paixões e hoje é uma das três principais prioridades ambientais aqui na Apple. Nós continuamos a liderar a indústria nesta área com o compromisso de manter a saúde das pessoas e do meio ambiente. É por isso que removemos diversas substâncias nocivas dos nossos produtos e nos esforçamos para que eles permaneçam assim.

Nosso empenho nos levou à criação de materiais mais sustentáveis e produtos ecologicamente corretos, como os fios e cabos sem PVC, telas sem mercúrio e estruturas sem retardadores de chama bromados (BFRs).

Exigimos que os nossos fornecedores sigam as nossas Especificações sobre Substâncias Regulamentadas. Nossos especialistas e laboratórios independentes realizam testes rigorosos para certificar a responsabilidade da nossa cadeia de fornecimento. E hoje, pela primeira vez, estamos divulgando as nossas Especificações sobre Substâncias Regulamentadas para o público.

Recentemente nos perguntaram se elementos químicos como o benzeno e o n-hexano são utilizados na fabricação dos nossos produtos. A Apple leva muito a sério qualquer alegação de condição de trabalho perigosa. Tomamos providências imediatas, enviando equipes especializadas para cada uma das nossas 22 unidades de montagem e não encontramos nada que colocasse em risco a saúde dos trabalhadores. Nós atualizamos as nossas restrições severas ao benzeno e n-hexano, deixando clara a proibição do uso dessas substâncias nos processos finais de montagem. Você pode obter mais informações sobre o nosso compromisso com o manuseio seguro de substâncias químicas e tóxicas aqui.

Nossa história mostra que a indústria de eletrônicos pode usar química verde. Agora é hora de fazer ainda mais, e nós estamos ansiosos para encarar esse desafio.

Investiremos na pesquisa de novos materiais e tecnologias. Criaremos um novo conselho consultivo composto por especialistas em substâncias químicas mais seguras e prevenção à poluição para apoiar nossas iniciativas de minimizar ou mesmo eliminar as toxinas dos nossos produtos e da nossa cadeia de fornecimento. E faremos mesas redondas com conhecedores e interessados no assunto para buscar a melhor ciência, informações e soluções.

Nosso compromisso é remover as toxinas dos nossos produtos e processos. Porque todos têm direito a um produto e a um ambiente de trabalho seguro.

Apple Store de Stanford, uma das 145 Apple Stores dos EUA que utilizam energia 100% renovável.

JULHO DE 2014: Nosso compromisso de combater as mudanças climáticas continua.

No Dia da Terra, prometemos que manteríamos atualizado o nosso progresso na redução de impacto ambiental da Apple. Agora voltamos com algumas atualizações.

Em primeiro lugar, enviamos recentemente nossos dados de emissão de carbono de 2013 ao CDP (antigo Projeto de Divulgação de Carbono). Nos últimos seis anos, medimos e publicamos nossas emissões de carbono — não apenas em relação às nossas instalações, mas também em relação à nossa cadeia de fornecimento e até mesmo ao uso pelos nossos clientes dos produtos Apple. Alguns acionistas informaram que a disponibilização dessas informações pelo CDP os ajudaria a monitorar de forma mais fácil nossas informações ambientais. Portanto, os dados da Apple estarão no próximo relatório de CDP em breve.

Em segundo lugar, enquanto nos concentrávamos nos nossos dados sobre o clima, decidimos recalcular nossas emissões de 2012 usando nossa metodologia mais nova — o mesmo modelo que usamos para calcular nossos números de 2013. A nova análise mostra que nossas emissões de carbono na verdade reduziram em 3% de 2012 para 2013. Esse fato marcou a primeira vez que vimos uma redução de um ano para o outro desde que começamos a monitorar os números em 2009. Mas mesmo que esse progresso seja excelente, sabemos que o nosso trabalho ainda está longe de ser concluído.

Também disponibilizamos nosso Relatório de Responsabilidade Ambiental de 2014, anteriormente denominado Relatório de Emissões no Meio Ambiente das Instalações. Fornecemos uma extensa prévia do conteúdo quando lançamos esse site dez anos atrás, mas temos mais detalhes e progressos para compartilhar:

  • Agora, 145 das nossas Apple Stores nos EUA e todas as nossas Apple Stores na Austrália utilizam energia 100% renovável.
  • Graças aos nossos investimentos em energia limpa, nossas emissões de carbono provenientes do uso de energia reduziram 31% entre 2011 e 2013 — embora nosso consumo de energia geral tenha aumentado 42% durante esse período.
  • Os programas de eficiência no consumo de energia que aplicamos aos nossos escritórios em Cupertino nos últimos três anos economizaram 28,5 milhões de kWh de eletricidade e 751.000 unidades térmicas de gás natural.
  • Os programas de opções de transporte alternativo dos nossos funcionários proporcionaram mais de um milhão de viagens e ajudaram a evitar emissões de gases do efeito estufa equivalentes a 15.000 veículos em circulação.

O novo relatório também destaca alguns dos desafios que enfrentamos:

  • Nosso consumo de água aumentou significantemente em 2013, em parte devido às atividades de construção e expansão.
  • As emissões de carbono dos nossos parceiros de fabricação ainda continuam sendo a maior parte do nosso impacto ambiental, uma área que estamos comprometidos a melhorar.

Bons dados levam a boas decisões, e já estamos usando os dados do relatório deste ano para informar o trabalho que preencherá as páginas do relatório do próximo ano. Fique atento.

Nossos painéis solares em Maiden, Carolina do Norte.

ABRIL de 2014: carta de Lisa Jackson.

Na Apple, acreditamos que a inovação serve para melhorar as coisas. Essa ideia simples nos faz tomar medidas para enfrentar o problema das mudanças climáticas, que é bem real. Sentimos a responsabilidade de pensar em tudo o que fazemos para reduzir nosso impacto sobre o meio ambiente. Isso significa usar materiais mais ecológicos e sempre inventar novas maneiras de preservar recursos preciosos.

Nós não queremos só criar os melhores produtos do mundo, mas também os melhores produtos para o mundo. Ainda temos muito trabalho pela frente, mas estamos orgulhosos do nosso progresso. Por exemplo, a energia usada por todos os nossos data centers vem de fontes limpas, como energia solar, eólica e geotérmica. Assim, sempre que você baixa uma música, atualiza um app ou faz uma pergunta para a Siri, a energia usada pela Apple vem da natureza.

É claro que a energia mais limpa é a energia que não é usada. Por isso, reduzimos a média de energia total consumida pelos produtos Apple em 57% desde 2008. E todos os nossos produtos superam as diretrizes rígidas da ENERGY STAR para o consumo eficiente de energia.

Fomos a primeira empresa do setor a remover muitas toxinas nocivas de nossos produtos, como PVC, retardadores de chama bromados e ftalatos. Além disso, reciclamos mais de 190 milhões de quilos de lixo eletrônico. Agora todas as Apple Stores aceitam produtos Apple para reciclar de forma responsável e gratuita. Precisamos ser responsáveis por todos os produtos Apple, em todas as suas etapas de utilização.

"Melhor" significa que nunca terminamos. Nós nos esforçamos todos os dias para desenvolver inovações que reduzam nossas emissões de carbono, usem materiais mais limpos e seguros e mostrem que o que é bom para o planeta também pode ser bom para os negócios. Na Apple, valorizamos a natureza em nossos princípios de negócios e de design. Prometemos manter você informado durante a nossa jornada.

Atenciosamente,
Lisa Jackson
Vice-presidente de iniciativas ambientais