Editando para Audi

Unindo as peças de um comercial complexo.

Em poucos meses a Trim Editing passou por muitas mudanças. Primeiro, a produtora se transferiu para um recém-construído espaço de dois andares em East London. Dessa maneira, conseguiu dobrar as ilhas de edição para 10 e acomodar melhor sua equipe de editores, que não para de crescer. E não foi só o espaço que aumentou, o número de projetos também, com a chegada de novos comerciais de grandes marcas como BMW, Nike e Hennessy.

Já para o editor Thomas Grove Carter, a maior mudança foi a chegada do Final Cut Pro 10.3. Como responsável por trazer o Final Cut Pro X para a Trim anos atrás, ele não via a hora de usar a versão mais recente do seu programa de edição preferido. E o primeiro projeto não poderia ser mais desafiador: um comercial para a Audi, chamado "Everyday Extremes", que exigia um sound design complexo e transições visuais suaves. O novo Final Cut Pro excedeu as expectativas mais altas, transformando ideias em uma edição inovadora e mais rápida do que nunca.

Thomas Grove Carter usou o Final Cut Pro 10.3 para criar uma trilha sonora complexa para "Everyday Extremes".

Um visual simplificado. Simplesmente incrível.

Para Carter, o prazer de usar o Final Cut Pro 10.3 começa ao abri-lo. "O visual é muito claro e simples e não parece poluído. Nada atrapalha sua visão periférica quando você olha para o viewer. E o jeito como os botões foram repensados e reposicionados ficou mais intuitivo."

Thomas também gosta da personalização da interface, que permite adaptar instantaneamente o layout ao seu fluxo de trabalho. "No começo, quando estou organizando o material, eu não uso a timeline, então é ótimo poder escondê-la por completo." Ocultar a timeline deixa a tela inteira para ele rever clipes e marcar as seleções. "O foco fica somente no seu trabalho."

Com os layouts personalizados das janelas, Thomas consegue voltar para seus espaços de trabalho favoritos com um só clique. "Os layouts personalizáveis são muito úteis. Quando você salva um deles, os parâmetros ajustados também são guardados - não só a posição das janelas, mas também as configurações que você refinou com tanto cuidado. E isso é muito conveniente."

"O layout é organizado. Tudo fica mais nítido e bonito."

Os clipes codificados por cores ajudaram Thomas a organizar a timeline e ver o projeto todo em um segundo.

Uma timeline feita para você ganhar tempo.

Em "Everyday Extremes", um Audi A4 acelera por um piso escorregadio e cheio de curvas fechadas de uma loja de departamentos com iluminação reduzida. A filmagem em si é impressionante, mas fica ainda mais envolvente quando combinada a um sound design perfeito. Para criar esse complexo ambiente sonoro, Thomas adicionou vários novos efeitos que simulam os pneus cantando e a aceleração do motor, acompanhados de sons da loja ganhando vida.

O trabalho de Carter ficou mais fácil e rápido graças aos novos recursos da timeline do Final Cut Pro 10.3. O app agrupa e codifica por cores os clipes de áudio de acordo com sua função (por exemplo, tipo de áudio), permitindo que ele identifique as diferentes categorias de som em um instante. Assim, Thomas criou funções separadas para o som dos pneus, ronco do motor e outros efeitos enviados pela Audi. "Eu consigo ver na hora a organização desses clipes e o que cada um deles é", diz ele. "É uma forma brilhante de ver a timeline."

Novas opções na Timeline Index deixam Thomas ver apenas as funções de áudio de que necessita, onde e quando ele precisa. "Eu gosto muito da capacidade de trocar a ordem das funções", afirma Carter, o que possibilita reorganizar rapidamente a timeline arrastando as funções no Index. Além disso, clicando no botão Focus, ele consegue se concentrar em funções de áudio específicas, como sons de pneus, e ocultar todas as outras na timeline. Na hora de trabalhar no sound design geral, o recurso Show Audio Lanes organiza todos os clipes de áudio por funções e os separa em faixas para uma visualização mais fácil em projetos mais complexos.

O Final Cut Pro 10.3 também simplifica o processo de importação de áudio. O app lê os metadados iXML criados pelo som gravado em campo, depois usa as informações para atribuir funções a cada um dos clipes automaticamente. Com todo o áudio importado, agrupado por funções e codificado por cores, Thomas e seus editores-assistentes ganham tempo na preparação e podem se dedicar à criação de um retrato mais complexo de um carro rápido em um percurso de obstáculos em ambiente fechado.

"Ao organizar e codificar por cores todos os clipes para mim, o Final Cut Pro elimina todo o trabalho manual."

A nova janela Remove Attributes permite que Thomas experimente efeitos em camadas e novos visuais de forma rápida.

Recursos tão poderosos como fáceis de usar.

Além das grandes mudanças no Final Cut Pro 10.3, esta versão inclui muitas melhorias em edição que ajudam Thomas a navegar por seus projetos com mais rapidez. Por exemplo, quando experimenta novas ideias ou refina edições, ele pode cortar entre dois clipes conectados adjacentes e usar os práticos comandos Trim Start e Trim End em vários clipes de uma vez. Thomas sempre aplica efeitos e correção de cor enquanto edita, e agora pode usar o novo recurso Remove Atributes e eliminar elementos indesejados de modo seletivo. Tudo isso em uma interface simples e clara.

Dentro do novo espaço de trabalho da Trim Editing, os projetos estão em constante mudança de uma ilha para outra (e também de um iMac para outro). No passado, se um projeto tivesse modelos do Motion ou efeitos de apps de terceiros, eles teriam que ser transferidos separadamente para cada Mac, um por um. Com o Final Cut Pro 10.3, Thomas pode agrupar títulos, modelos e efeitos na mesma biblioteca em que está a mídia, portanto, os elementos mudam com o projeto.

A opção de reprodução contínua no browser é um dos novos recursos preferidos de Carter. Ele pode revisar todas as seleções sem a necessidade de criar mais sequências na timeline. "Antes, para ver as seleções, eu teria que marcar todos os favoritos, criar uma nova timeline, colocá-los lá e reproduzir tudo. Havia algumas etapas a mais e os marcadores que eu adicionava ficavam atrelados à timeline. Agora eu posso permanecer no browser e só apertar o play. Com um clique eu vejo minhas seleções. Esse é mais um avanço enorme. Gigante, na verdade."

Com o comercial "Everyday Extremes" finalizado e colhendo os frutos desse trabalho, Thomas está ansioso para que seus colegas da Trim experimentem as vantagens de usar o Final Cut Pro 10.3. "A interface nova não está só mais bonita. Ela tem recursos que não são vistos em outros apps e que me deixam passar mais tempo editando e menos clicando", declara Carter. "E posso me concentrar no que mais gosto, a parte criativa, que é a razão pela qual me tornei um editor."

"Com certeza, os novos recursos surgiram porque os usuários foram ouvidos. E a Apple conseguiu implantá-los de forma não só clara, como também poderosa."