Queremos que os alunos se concentrem exclusivamente na criação e que a tecnologia não interfira. A simplicidade, velocidade e flexibilidade do Final Cut Pro X tornou isso possível para todos os nossos alunos. — Isis Jones, diretora de tecnologia da informação, Full Sail University

Full Sail University. Currículo inovador.

Nos últimos 30 anos, a Full Sail University preparou milhares de alunos para carreiras na indústria do cinema, rádio e meios de comunicação. A universidade sempre buscou suprir as necessidades do mundo real nos setores que atende, adaptando os cursos e as ferramentas de acordo. Como todo mês a Full Sail forma uma nova turma de alunos, a universidade pode atualizar seu currículo com frequência.

Para os seis mil alunos do campus da escola de quase 86 hectares no interior da Flórida, bem como os 11 mil alunos do curso online, é uma oportunidade de aprender as técnicas mais modernas de filmagem, mixagem de som e desenvolvimento de videogames usando a tecnologia mais atual. Pensando nisso, a Full Sail criou o Projeto LaunchBox, onde os alunos podem comprar com desconto um MacBook Pro de 15 polegadas com todos os softwares necessários incluídos, como o Final Cut Pro X para cursos profissionais de filme e de vídeo.

Rick Ramsey, diretor de programas de arte visual da Full Sail, disse que mudar os programas do LaunchBox do Final Cut Pro 7 para o Final Cut Pro X foi mais uma manobra estratégica do que uma atualização de software. "Procuramos fornecer as melhores ferramentas e habilidades para tornar os alunos mais competitivos no mercado de trabalho depois de se formarem", declarou ele. "E a mídia digital está mudando essas indústrias muito rápido. Agora temos que ensinar os alunos a estarem preparados para uma série de avanços digitais, não só como gravar vídeos digitais, mas como editar e entregar corretamente.

Ramsey acredita que o novo modelo de edição do Final Cut Pro X atende a diversos desafios: ''Vejo uma clara mudança na indústria, que está adotando um modelo novo e moderno de edição do Final Cut Pro X baseado em arquivo. Para os alunos que estão envolvidos em desenvolvimento de mídia, essa ferramenta será fundamental.''

Foto: Micheal McLaughlin

Um aliado nos estudos

O que torna o Final Cut Pro X tão fácil de aprender, segundo Isis Jones, diretora de tecnologia da informação e diretora executiva de ensino da Full Sail, é que ele é muito fácil de usar. "Não é pela tecnologia que os alunos estão aqui. Ela faz parte de um conteúdo que deve facilitar tudo o que eles criam como artistas, engenheiros e roteiristas. Queremos que os alunos se concentrem exclusivamente na criação e que a tecnologia não interfira. A simplicidade, velocidade e flexibilidade do Final Cut Pro X tornou isso possível para todos os nossos alunos.''

Como disse Ramsey: "É uma ferramenta de edição muito mais rápida, porque antes perdíamos muito tempo examinando e selecionando as tomadas. Agora podemos deslizar pelo vídeo para visualizá-lo. Isso torna a edição muito mais ágil."

Além de reconhecer a vantagem da velocidade, o diretor de programas de cinematografia digital, Bob Truett, destaca outros recursos que ajudam os futuros editores: "O software é muito flexível. Com o Magnetic Timeline, você faz coisas que não eram possíveis antes, como mover clipes sem ter sempre de se preocupar com a sincronização. Ele também permite que você decida se usará o modo automático, manual ou ambos, conforme o seu fluxo de trabalho. Só depende mesmo de como você quer editar.''

Will Cobble, diretor do curso de Introdução à Edição e Efeitos Visuais, disse que ministra o curso de Final Cut Pro desde que ele foi introduzido, o novo software oferece uma vantagem prática na sala de aula. "Com o Final Cut Pro X, ficou mais fácil ensinar em menos tempo'', afirma. "Conseguimos quase dobrar o tempo que gastamos para ensinar teoria de edição porque perdemos menos tempo ensinando a usar o software."

"Vejo uma clara mudança na indústria que está adotando um modelo novo e moderno de edição do Final Cut Pro X baseado em arquivo. Para os alunos que estão envolvidos em desenvolvimento de mídia, essa ferramenta será fundamental." — Rick Ramsey, diretor de programas de arte visual, Full Sail University

Feature Traction

Cara Landon que ministra o curso de Introdução à Edição, identifica vários recursos novos do Final Cut Pro que a classe aproveita: ''Nossos alunos online usam uma câmera Sony FS100, e o Final Cut Pro X funciona muito bem com esses arquivos. Os alunos conseguem vê-los na mesma hora, o que torna a importação ultrarrápida.

"Muitos alunos usam os títulos incluídos que podem ser adaptados para ficar do seu jeito. Eles adoram a facilidade de marcar Favorites e Rejects, que simplifica a categorização das tomadas. Gosto de organizar um projeto desde o início e digo a eles que precisam saber o que têm para poder fazer uma boa edição.''

Criando empresários de mídia

Para preparar os alunos para um mercado de tecnologia digital em constante evolução, a Full Sail os encoraja a usar sua experiência com o Final Cut Pro X para ampliar suas habilidades e ressaltar seu valor.

"Acho que precisamos incluir no currículo o lado independente e empresarial da criação de mídia", afirma Ramsey. "É uma forte tendência. Cerca de 40% dos alunos são freelancers que talvez tenham que fazer tudo em uma pequena produção. Pode fazer edição, iluminação e câmera. Estamos percebendo que precisamos desenvolver diversas habilidades porque muitas empresas exigem multiplicidade."

É uma questão que Truett já está tratando com seus alunos de cinematografia. Segundo ele, "várias empresas reduziram o quadro de funcionários e estão adotando um estilo mais enxuto. Por isso um editor talvez tenha que gravar e mixar também. Nossos alunos estão preparados porque sabem usar a câmera, inserir um cartão no MacBook Pro, abrir o Final Cut Pro X e começar a selecionar os clipes que desejam. Eles têm as habilidades e as ferramentas que precisam para ter sucesso nesse meio."

Foto: Micheal McLaughlin

Pesquisa rápida

Jake Kalafut, estudante de cinema da Full Sail, está fazendo tudo que pode para se preparar para um possível trabalho como assistente de diretor. Depois de explorar o Final Cut Pro 7, ele aprendeu a usar o Final Cut Pro X no curso de edição de vídeo. Segundo ele, "o Final Cut Pro X é muito fácil de usar, desde o início". Com a renderização em segundo plano, posso me dedicar à edição enquanto o processo continua. Tudo fica mais rápido."

Kalafut acha que os novos recursos do Final Cut Pro X, como Magnetic Timeline, correção de cores e animação gráfica, o ajudaram a ser mais produtivo. Ele acredita que a agilidade na edição compensará no final. Isso já o ajudou a criar uma compilação de vídeos de seus projetos, que ele usa para compor seu trabalho de edição freelance. "Nossa indústria está sempre mudando, por isso tenho de me adaptar e aprender", revela. "Se não, eu acabo ficando para trás."