Informações à Imprensa Apple

Apple anuncia avanços no ResearchKit

Estudos incorporam dados genéticos para depressão pós-parto, asma e doenças cardiovasculares 

CUPERTINO, Califórnia, EUA — 21 de março de 2016 — A Apple® anunciou hoje avanços de software de código aberto ResearchKit™. Essas melhorias trazem dados genéticos e de exames médicos normalmente realizados nos laboratórios, diretamente para aplicativos no iPhone®. Os pesquisadores da área médica estão adotando esses novos recursos em estudos dirigidos sobre doenças e condições que afetam bilhões de pessoas em todo o mundo, e também para a coleta mais específica de dados dos participantes desses estudos.

“A resposta ao ResearchKit tem sido excelente. Quase que do dia para noite, vários estudos feitos com ele se tornaram os maiores da história. E os pesquisadores estão conseguindo obter informações e fazendo descobertas antes impossíveis”, disse Jeff Williams, executivo chefe de operações da Apple. “Os pesquisadores da área médica em todo o mundo continuam usando o iPhone para transformar o conhecimento sobre doenças complexas. Com o apoio contínuo da comunidade de código aberto, as oportunidades para o iPhone na pesquisa médica são infinitas.”

O ResearchKit transforma o iPhone em uma ferramenta poderosa para a pesquisa médica. Com os apps, ele ajuda médicos, cientistas e outros pesquisadores a coletar dados com maior frequência e de forma mais precisa de participantes de qualquer parte do mundo. Quem se inscreve nesses estudos com os apps, participa de um processo interativo em que informações são coletadas com consentimento, e podem realizar tarefas com facilidade, responder a pesquisas e escolher como seus dados serão compartilhados com os pesquisadores, facilitando ainda mais a contribuição com as pesquisas médicas. 

Como o ResearchKit é em código aberto, qualquer desenvolvedor pode criar um estudo de pesquisa no iPhone. Também é possível agregar elementos ao código de software já disponível e contribuir com a comunidade, compartilhando o trabalho para que outros pesquisadores aproveitem ainda mais essa base de software. E com um módulo recém-lançado para a comunidade de código aberto, os pesquisadores agora conseguem agregar dados genéticos aos seus estudos de forma integrada, simples e com baixo custo. Desenvolvido pela 23andMe, esse módulo permite que os participantes contribuam com seus dados genéticos para a pesquisa médica. Os pesquisadores também estão trabalhando com o Instituto Nacional de Saúde Mental, nos Estados Unidos, para oferecer kits de coleta de material (spit kits) com base em resultados de pesquisas.

“Há muita coisa que desconhecemos sobre a depressão pós-parto, e talvez o DNA ajude a entender melhor porque algumas mulheres passam por isso e outras não”, disse a médica Samantha Meltzer-Brody, com mestrado em saúde pública e diretora do Programa de Psiquiatria Perinatal do UNC Center for Women’s Mood Disorders. “Com o ResearchKit agora podemos agregar dados genéticos. Assim conseguimos trabalhar com mulheres com depressão pós-parto em uma extensão geográfica e demográfica bem maior e analisar a assinatura do genoma da depressão pós-parto, o que vai nos ajudar a descobrir tratamentos mais eficazes.”

“A coleta desse tipo de informação vai ajudar os pesquisadores a identificar os indicadores genômicos de determinadas doenças e sintomas”, disse Eric Schadt, PhD, professor de genoma da cadeira Jean C. and James W. Crystal na Icahn School of Medicine do Mount Sinai e diretor-fundador do Icahn Institute for Genomics and Multiscale Biology. “Pegue a asma, por exemplo. O ResearchKit permite estudar essa população de forma bem mais ampla e detalhada. Por causa dessa enorme quantidade de dados que estamos conseguindo coletar com o iPhone, passamos a entender como fatores como o meio ambiente, a geografia e os genes influenciam a doença e a resposta de uma pessoa ao tratamento.”

Os estudos do ResearchKit agregam dados genéticos:
  • Depressão pós-parto: o PPD Act é um novo estudo feito com um app que vai utilizar testes genéticos para entender melhor porque algumas mulheres sofrem depressão pós-parto. O estudo vai analisar a formação genética dessas mulheres. Liderado pela Faculdade de Medicina da Universidade da Carolina do Norte e o Postpartum Depression: Action Towards Causes and Treatment Consortium internacional, o PPD Act vai permitir que os participantes recebam um kit para coleta de material (spit kit) do National Institute of Mental Health.
  • Doença cardiovascular: desenvolvido pela Stanford Medicine, o app MyHeart Counts vai usar dados genéticos de clientes da 23andMe para ajudar a determinar a predisposição a condições cardíacas e avaliar a relação das atividades e do estilo de vida dos participantes com a saúde cardiovascular deles. Estudando essas relações em uma escala mais ampla, os pesquisadores esperam ser capazes de entender melhor como manter um coração saudável. 
  • Asma: o app Asthma Health, criado para monitorar os padrões de sintomas em uma pessoa e identificar possíveis estímulos que provocam esses sintomas, vai usar dados genéticos dos clientes da 23andMe para ajudar os pesquisadores a descobrir meios para personalizar o tratamento da asma. O Asthma Health foi desenvolvido pela Icahn School of Medicine do Mount Sinai e pela LifeMap Solutions.
Os pesquisadores continuam a adaptar o ResearchKit e a aperfeiçoar a base de software, contribuindo com módulos novos que trazem exames realizados em laboratórios para os apps no iPhone. Entre as contribuições importantes estão a capacidade de estudar a audiometria tonal; medir o tempo de reação entre um estímulo conhecido e uma resposta conhecida; avaliar a rapidez do processamento da informação e da memória; usar o jogo matemático Torre de Hanoi nos estudos de cognição; e realizar um teste de caminhada cronometrado.

O número de estudos com o ResearchKit aumenta a cada dia e hoje há pesquisas sendo feitas na Alemanha, Austrália, Áustria, Estados Unidos, Holanda, Hong Kong, Irlanda, Japão, Reino Unido e Suíça. Os apps do ResearchKit estão disponíveis na App Store® para iPhone 5 e posterior e para a geração mais recente de iPod touch®.

A Apple revolucionou a tecnologia pessoal com a introdução do Macintosh em 1984. Atualmente, a Apple é líder mundial em inovação com o iPhone, iPad, Mac, Apple Watch e a Apple TV. As quatro plataformas de software da Apple — iOS, OS X, watchOS e tvOS oferecem experiência contínua através de todos os produtos Apple e capacita os usuários através de serviços revolucionários, que incluem App Store, Apple Music, Apple Pay e iCloud. Os 100.000 funcionários da Apple dedicam-se em fazer os melhores produtos do planeta e a deixarem o mundo melhor do que encontraram.

Conteúdo adicional:

Contatos de Imprensa:
Erica Souza
Apple
+55 (11) 5503-1502
erica_souza@apple.com





A Apple, o logotipo da Apple, ResearchKit, iPhone, App Store e iPod touch são marcas comerciais da Apple. Outros nomes de companhias e de produtos podem ser marcas comerciais de seus respectivos proprietários.

Telefone para a imprensa +55 (11) 5503-0024

Acordo de Utilização de Imagem

Informações importantes sobre uso de imagem

Ao copiar ou utilizar qualquer imagem abaixo, você admite e reconhece que leu, entendeu e concorda com o Acordo sobre Uso de Imagem abaixo que rege a sua utilização desta imagem. Caso não concorde com os termos do Acordo, não copie nem utilize a Imagem de forma alguma, a menos que tenha permissão expressa da Apple.

Acordo de Utilização

Sujeito aos termos deste Acordo, você pode utilizar a Imagem apenas na íntegra e para fins editoriais pela imprensa e/ou analistas de mercado. Esse direito de uso é pessoal e intransferível. A Imagem não poderá ser utilizada para promover nem vender qualquer produto de tecnologia, em anúncios, folhetos, capas de livros, fotos de banco de imagens, camisetas, ou qualquer outro material promocional. Você não poderá alterar nem modificar a Imagem, na íntegra ou em parte dela, por qualquer motivo que seja.

Entre você e a Apple, a Apple é e permanecerá como a única e exclusiva detentora dos direitos de propriedade da Imagem. Você não tem permissão para excluir, alterar, nem ofuscar nenhuma legenda proprietária relacionada à imagem e cada vez que a Imagem for utilizada deverá vir acompanhada da respectiva atribuição de propriedade mencionada ao lado da imagem.

Li, entendi e concordo com o Acordo sobre Uso de Imagem

Concordar e baixar
Discordo dos termos