Temos as ferramentas para você
gerenciar sua privacidade.

Acreditamos que a privacidade começa com uma boa segurança. Aqui você encontra informações sobre recursos eficientes que ajudam a proteger seus dispositivos e dados, além de dicas para evitar phishing e manter a sua conta segura. Também achamos que deve ser fácil controlar o que você compartilha e com quem. É por isso que todos os computadores Mac, dispositivos com iOS e Apple Watch têm recursos desenvolvidos para tornar isso possível.

Proteja seus dispositivos.

Para manter a sua conta do iCloud e outros dados pessoais seguros, seu Mac, os dispositivos com iOS e o Apple Watch também precisam estar protegidos. Veja algumas maneiras de ajudar a prevenir que outras pessoas usem os seus dispositivos e tenham acesso às suas informações.

Use uma senha em seu dispositivo. Quanto mais complexa, melhor.

A segurança do seu dispositivo começa com a escolha de uma senha. Esse é um método simples mas eficaz de criar uma barreira entre as informações no seu dispositivo e qualquer pessoa que tente ver os seus dados em caso de perda ou roubo. No iOS 9, a senha padrão do seu iPhone com Touch ID agora tem seis dígitos em vez de quatro. Embora essa mudança possa parecer pequena, o número de combinações possíveis aumentou de 10 mil para um milhão, deixando muito mais difícil de descobrir a sua senha.

Saiba mais sobre como proteger
seu dispositivo com uma senha

Ative o Touch ID.

Se você tem um iPhone 5s ou posterior, o Touch ID oferece a tecnologia mais avançada de segurança por impressão digital. A imagem da sua impressão digital não fica armazenada, ela é convertida em uma representação matemática incompatível com qualquer mecanismo de engenharia reversa. Essa representação matemática fica armazenada em um Secure Enclave no chip do seu telefone e nunca é acessada pelo iOS ou por outros apps, não é armazenada em servidores da Apple nem incluída em backups do iCloud ou de outros serviços.

Saiba mais sobre a segurança do Touch ID

Use o Buscar iPhone,
iPad e Mac.

Quando você ativa o Buscar iPhone, iPad e Mac, esse recurso ajuda você a se manter conectado com seu dispositivo em caso de perda ou roubo. Você pode ver onde ele está em um mapa (e onde esteve) para que as chances de ele ser encontrado aumentem, e muito. Se por algum motivo você não conseguir recuperar seu dispositivo, pode apagar remotamente todos os dados pessoais. Quando você entra no iCloud em um dispositivo novo, o recurso Buscar iPhone já está habilitado.

O Bloqueio de Ativação, integrado ao Buscar iPhone, pode impedir que alguém reative seu dispositivo com iOS sem a sua permissão, mesmo que você já tenha apagado. Isso reduz significativamente a probabilidade de alguém querer roubar seu dispositivo. O Bloqueio de Ativação funciona também com o Apple Watch.

Proteja seu ID Apple.

O ID Apple é a conta que você usa para acessar todos os serviços da Apple, entre eles o iCloud, a App Store, a iTunes Store e outros. Proteger seu ID Apple é crucial para a segurança de todo tipo de informação, como seu calendário, contatos, e-mail, fotos e até os arquivos de backup do seu dispositivo com iOS.

Escolha uma senha forte e exclusiva para o ID Apple.

Para proteger a sua conta, o melhor que você pode fazer é usar uma boa senha. Nunca use para seu ID Apple a mesma senha que você usa em outras contas da Internet. Crie uma senha difícil de adivinhar, sem informações pessoais que possam ser facilmente descobertas. Todas as senhas novas do ID Apple devem atender a determinados padrões, e você não pode repetir uma senha usada no ano anterior.

Saiba mais sobre como criar uma senha segura

Sua senha:

  • Deve ter pelo menos uma letra
  • Deve ter pelo menos uma letra maiúscula
  • Deve ter pelo menos um número
  • Não pode conter vários caracteres idênticos consecutivos
  • Não pode coincidir com o nome de usuário
  • Deve ter pelo menos oito caracteres
  • Não pode ser uma senha comum
  • Não pode ter sido usada no ano anterior

Você também pode adicionar outros caracteres e sinais de pontuação para reforçar a sua senha.

As respostas das suas perguntas de segurança devem ser difíceis de adivinhar.

A Apple usa perguntas de segurança para que você possa se identificar caso tenha esquecido a senha do seu ID Apple. Ninguém mais deve saber as respostas para essas perguntas. Assim como a sua senha, as respostas não devem ser fáceis de adivinhar. Portanto, não use informações pessoais que estejam disponíveis publicamente.

Saiba como atualizar suas perguntas
e respostas de segurança

Ative a verificação
em duas etapas.

A verificação em duas etapas é o melhor jeito de proteger suas informações, porque acrescenta uma segunda camada de segurança ao seu ID Apple. Antes que você ou outra pessoa façam qualquer alteração na sua conta, uma compra no iTunes ou na App Store usando um dispositivo novo, ou entre no iCloud, iMessage ou FaceTime, enviamos um código de verificação para um dos dispositivos de sua confiança. Insira o código e a sua senha e pronto. Quem não tiver permissão para acessar a sua conta, não vai conseguir. Habilitar a verificação em duas etapas para o seu ID Apple é o melhor jeito de você se proteger de ataques de phishing e outras tentativas fraudulentas de conseguir sua senha.

Saiba como configurar a verificação em duas etapas

Para ficar ainda mais fácil proteger as suas informações, integramos um método aprimorado chamado autenticação em duas etapas ao iOS 9 e ao OS X El Capitan1.

Saiba mais

Não baixe a guarda.

Aproveitar os recursos de segurança da Apple é uma etapa importante. Mas quando você usa um dispositivo digital ou um serviço online, deve sempre se manter seguro. É recomendável atualizar seus ajustes de segurança com regularidade. E é importante estar alerta para detectar tentativas de acesso fraudulento a seus dados.

Cuidado com o phishing.

O “phishing” é uma prática fraudulenta que tem como objetivo extrair informações pessoais, como a senha do seu ID Apple ou os dados do seu cartão de crédito, geralmente por meio de um e-mail ou mensagem de texto. Aparentemente, pode parecer que foi enviado por uma empresa ou pessoa legítima, mas não é bem assim. Habilitar a verificação em duas etapas para o seu ID Apple é o melhor jeito de você se proteger desse tipo de ataque. Se você receber um suposto e-mail da Apple e acreditar que é uma tentativa de phishing, encaminhe para reportphishing@apple.com.

Saiba mais sobre como se proteger contra o phishing
Alguns indícios para você reconhecer possíveis tentativas de phishing:
  • O endereço do remetente não coincide com o nome da empresa.
  • A mensagem foi enviada para um endereço diferente do que você forneceu à empresa.
  • Um link remete a um site cujo URL não coincide com o site da empresa.
  • A mensagem começa com uma saudação genérica, como “Prezado cliente”. A maioria das empresas legítimas chamaria você pelo nome nas mensagens.
  • A mensagem tem uma aparência bem diferente dos outros e-mails que você recebeu da empresa.
  • A mensagem solicita informações pessoais, como o número de um cartão de crédito ou a senha de uma conta. Não responda a essas mensagens nem clique nos links. Em vez disso, acesse o site da empresa, procure as informações de contato e informe o que aconteceu.
  • Uma mensagem comercial não solicitada contém um anexo. Nesse caso, não abra o anexo para verificar seu conteúdo sem antes entrar em contato com a empresa.

Mude sua senha periodicamente.

Mudando a senha do seu ID Apple regularmente, você se mantém atualizado sobre os melhores métodos para ter senhas seguras. Isso também garante que, caso sua senha caia em mãos erradas, isso não dure muito tempo. Se você usa a mesma senha para seu ID Apple há um bom tempo, já usou essa senha antes, usa a mesma senha para outras contas online ou tem uma senha que não é muito segura, está mais do que na hora de trocar. Se por qualquer motivo você acreditar que sua senha está em perigo, troque imediatamente.

Altere a senha do seu ID Apple

Preste atenção às notificações sobre seu ID Apple.

Levamos sua segurança a sério. Se entrarmos em contato com você para falar sobre seu ID Apple, será sempre por um bom motivo. Quando alterações são feitas na sua conta, como quando você inicia a sessão pela primeira vez em um dispositivo novo, atualiza um método de pagamento ou troca a senha, a Apple envia uma notificação por e-mail ou uma notificação push (não se esqueça de que não usamos mensagens de texto nem do iMessage para esse tipo de comunicação). Portanto, se você receber alguma dessas notificações e não conseguir lembrar de ter feito mudanças, é possível que alguém tenha acessado a sua conta. Neste caso, acesse Meu ID Apple e troque sua senha imediatamente. Se você precisar de mais ajuda, entre em contato com o Suporte da Apple.

Cuidado com o que você compartilha.

Seus produtos Apple podem funcionar ainda melhor se você compartilhar determinadas informações com apps e serviços. Existem vários ajustes que permitem selecionar quais informações são compartilhadas, onde são compartilhadas e quando é feito o backup delas. É importante saber como esses ajustes estão configurados e também como são fáceis de gerenciar.

Configure seus ajustes do iCloud.

Você controla como compartilha suas músicas, fotos, dados sobre saúde, documentos e outras informações entre os seus dispositivos e a sua conta do iCloud. Quando você usa o iOS, é só consultar o menu do iCloud em Ajustes para saber quais serviços do iCloud está compartilhando e em quais está fazendo backup. Você pode desativar cada serviço individualmente. Assim, você tem total liberdade para decidir qual conteúdo deve ser incluído no backup dos seus dispositivos e qual será armazenado no local. No seu Mac, você pode gerenciar esses ajustes na seção do iCloud em Preferências do Sistema. Se você usa um PC com Windows, essas opções estão no Painel de Controle.

Gerencie seus dados de localização.

A Apple dá a você controle sobre a coleta e uso dos dados de localização em todos os seus dispositivos. Se você quiser usar os Serviços de Localização, precisa fazer a ativação, pois estão desativados por padrão. O seu dispositivo com iOS pede permissão antes de deixar qualquer app acessar informações sobre a sua localização, mesmo os apps emparelhados com o Apple Watch. Você pode mudar de ideia quando quiser e cancelar os Serviços de Localização em todos os apps e serviços ou só nos que selecionar.

Nossos clientes querem que seus dispositivos móveis ajudem de forma rápida e confiável em coisas como calcular o tempo necessário para chegar ao trabalho ou saber como está o trânsito. Com o iOS, você faz isso com segurança. Por exemplo, depois de ativar os Serviços de Localização, o iOS lembra suas Localizações Frequentes e usa isso para oferecer informações sobre o trajeto para o trabalho na Central de Notificações, ou para dar rotas automáticas no CarPlay. É importante levar em conta que as Localizações Frequentes permanecem no seu dispositivo e não são enviadas para a Apple nem incluídas nos backups do iTunes ou iCloud. A única exceção é se você aceitar participar da melhoria do Mapas para você e para os demais usuários. Nesse caso, coletamos suas Localizações Frequentes de vez em quando, mas conservamos esses dados de forma inteiramente anônima. As Localizações Frequentes são criptografadas com chaves protegidas com sua senha no seu dispositivo, e você sempre tem a opção de desativar esse recurso. Você já deve ter percebido que seu dispositivo com iOS pede autorização antes de permitir que qualquer app acesse sua localização. Isso também se aplica aos apps integrados da Apple.

Controle os dados compartilhados com apps.

Os apps da App Store com frequência funcionam ainda melhor se tiverem acesso a suas informações de Contatos, Calendários ou Fotos. Acreditamos que você precisa saber sempre quais apps querem acessar seus dados e por que, para que você possa tomar decisões com todas as informações possíveis. Queremos deixar a decisão final por sua conta. É por isso que você recebe uma notificação na primeira vez em que um app de terceiros quer acessar seus dados. E mesmo que você dê permissão, pode mudar de ideia quando quiser.

Limite os anúncios segmentados por interesse.

Nosso negócio não depende de publicidade. Muitas empresas não podem dizer o mesmo. É verdade que alguns apps do iOS recorrem à publicidade, mas para isso criamos o Identificador de Publicidade não persistente, uma ferramenta muito útil para proteger a sua privacidade. O iAd, o serviço de publicidade da Apple, usa esse identificador para mostrar anúncios em apps de terceiros e no iTunes Radio. O Identificador de Publicidade ajuda os anunciantes a controlar o número de vezes que você vê um determinado anúncio e a medir a eficácia das suas campanhas. Também funciona para mostrar os anúncios relevantes para você, a menos que você tenha recusado esse serviço.

Se você quiser apagar os dados associados ao seu Identificador de Publicidade, basta redefini-lo. Esse é mais um exemplo do nosso compromisso de acabar com os identificadores persistentes nos dispositivos móveis. Se você prefere não receber anúncios móveis selecionados com base nos seus interesses, só precisa tocar em um botão que limita o rastreamento de anúncios. Quando a opção Limitar Publicidade Rastreada está ativada, as diretrizes da Apple proíbem que os apps de terceiros usem seu Identificador de Publicidade para mostrar a você anúncios direcionados. No processo de revisão da App Store, a Apple exige que todos os desenvolvedores respeitem sua decisão quanto a Limitar Publicidade Rastreada. O iAd obedece ao Limitar Publicidade Rastreada sempre que mostra um anúncio, e não direciona publicidade baseada em interesses a usuários que tenham menos de 13 anos.

Saiba mais sobre recusar anúncios baseados em interesses

“O que [a Apple] não faz é entregar as chaves de acesso a todos e deixar que os anunciantes explorem esses dados diretamente com seus programas de mineração de dados e segmentação.”

- TechCrunch

Navegue pela web de forma anônima.

Ative a Navegação Privada para que o Safari não adicione os sites que você visitou ao seu histórico, não memorize as suas buscas nem salve informações dos formulários que você preenche online. Com os bloqueadores de conteúdo do Safari, também oferecemos uma plataforma para que desenvolvedores terceiros bloqueiem anúncios, ajudando a proteger melhor a sua privacidade. Agora estamos permitindo que os desenvolvedores de apps tragam esses bloqueadores para o iOS e os deixem mais eficazes no OS X. Eles são úteis para controlar o que será carregado no seu navegador e para bloquear conteúdo de quem tenta controlar sua atividade em um ou mais sites. O bloqueador de conteúdo do Safari foi projetado para que ele não consiga enviar informação sobre os sites que você acessa para os desenvolvedores.

Além disso, você pode escolher o DuckDuckGo como seu mecanismo de busca padrão. Ele permite que você faça buscas na web sem deixar rastro, e o Safari é o primeiro navegador que oferece isso como opção integrada. Para reforçar a proteção, incluímos uma extensão do Safari que você pode baixar para bloquear conteúdo malicioso destinado a coletar os endereços dos sites que você acessa.

Proteja a privacidade dos seus filhos.

O controle parental e as restrições do seu dispositivo Apple são simples de configurar. Você decide quais sites, tipos de filmes e programas seus filhos podem assistir, gerencia o acesso ao FaceTime, à Câmera e, até se podem baixar apps de terceiros. Como os controles parentais e as restrições são específicos para cada dispositivo, recomendamos que você faça a configuração em todos os dispositivos Apple usados pelos seus filhos.

Com o Compartilhamento Familiar, as crianças agora podem ter um ID Apple. É a primeira plataforma móvel de grande porte a fazer algo assim. Desenvolvemos ferramentas como o Aprovar Compra, para que os pais decidam as compras de apps ou nos apps, e possam controlar o que os filhos adquirem com seu ID Apple. Exigimos a autorização dos pais ou responsáveis antes de criar um ID Apple para um menor, e oferecemos aos adultos visibilidade ao conteúdo e atividades das crianças.

Saiba mais sobre o Compartilhamento Familiar

Decida se quer compartilhar dados de diagnóstico.

Você pode optar por enviar dados técnicos anônimos para a Apple que permitem melhorar nossos produtos e serviços. Se quiser nos ajudar a atingir esse objetivo, faça a sua inscrição no programa Diagnóstico e Uso e envie informações não identificáveis sobre seu dispositivo e aplicativos. Para isso, precisamos do seu consentimento explícito, e você pode ver os dados em seu dispositivo ou parar de enviar informações quando quiser. A Apple não fornece esses dados a nenhum órgão governamental.

O iOS também inclui funcionalidades avançadas de diagnóstico que podem ser úteis para depurar seu dispositivo e solucionar problemas. Essas funcionalidades não enviam dados para a Apple sem ferramentas adicionais e o seu consentimento explícito.