Capacitação profissional

Preparamos os funcionários para o trabalho. E para muito mais.

Alunos participam da aula sobre iniciativas com desperdício zero em Shenzhen, China.

A primeira coisa que o trabalhador tem que aprender são seus direitos.

Desde 2008, nossos fornecedores já treinaram mais de 9,25 milhões de trabalhadores em legislações locais, normas de saúde e segurança e no Código de Conduta da Apple. Também exigimos que os supervisores das fábricas sigam políticas de emprego adequadas e ofereçam um local de trabalho seguro. E ensinamos esses supervisores a se comunicarem melhor com os trabalhadores.

Participação no treinamento sobre direitos do trabalhador
Ano Participação cumulativa Participação anual
2007 2M 2M
2008 29M 27M
2009 157M 128M
2010 329M 172M
2011 1,02Mi 700M
2012 2,3Mi 1,3Mi
2013 3,8Mi 1,5Mi
2014 6,2Mi 2,3Mi
2015 9,25Mi 3,05Mi
Aula do programa SEED com o iPad em Shenzhen, China.

Mais do que empregos: oportunidades.

Queremos que os trabalhadores sejam bem-sucedidos nas fábricas, mas também que possam explorar novas oportunidades. Por isso, criamos o programa SEED (Educação e Desenvolvimento dos Funcionários de Fornecedores). Montamos salas de aula nas instalações dos fornecedores para cursos gratuitos sobre diversos assuntos, como informática, design gráfico, inglês e gestão de recursos humanos. Cada classe é equipada com Macs e sistemas de videoconferência, e ainda fornecemos iPads carregados com aulas similares às do SEED. Também oferecemos cursos rápidos e questionários em dispositivos móveis sobre cargos e funções, habilidades para a vida e educação financeira. Este ano, muitos participantes do SEED conseguiram seus diplomas de graduação ou curso técnico em parcerias com universidades locais.

Estudo de caso

Como Carl Yang fez do seu trabalho a sua carreira.

Assim que terminou seu curso profissionalizante, Carl Yang começou a trabalhar como operador de materiais na fábrica Jabil Suzhou. Depois de três anos na linha de produção, ele queria algo mais desafiador. Um dia, viu um anúncio do programa SEED e se inscreveu para o curso de gestão de recursos humanos, área que já chamava sua atenção havia muito tempo.

Carl ajuda um instrutor do SEED a preparar uma aula.

Durante os nove meses seguintes, Carl assistiu às aulas de recursos humanos que tanto queria. Dedicou seu tempo livre aos estudos até obter o diploma de técnico em recursos humanos. E se saiu tão bem nas entrevistas do curso e nas avaliações de desempenho, que acabou recebendo a proposta de ocupar um cargo na equipe de RH como administrador do SEED.

Na nova função, Carl oferece suporte técnico para iPads e iMacs nas salas de aula e orientação sobre os cursos do SEED para outros trabalhadores. Além disso, motivado por sua paixão recém-descoberta no trabalho, ele continua fazendo cursos para ampliar seu conhecimento. Atualmente, faz o curso superior em administração de empresas.

Carl ajuda os trabalhadores com tarefa.

Elevando a educação a novos padrões.

Quando terminam o ensino básico, muitos alunos se matriculam em cursos profissionalizantes na China. Para garantir que essas escolas ensinem aos alunos as habilidades necessárias, criamos um sistema de certificação escolar em parceria com o governo local, a Dell Inc. e o Programa de Ação de Educação Rural (REAP) da Universidade de Stanford.

Embora a cadeia de fornecimento da Apple só inclua uma pequena porcentagem de estagiários dessas instituições, os resultados avaliados em 2015 sugerem que o sistema resultou em nível maior de habilidade dos estudantes e queda nas taxas de abandono.

Estudantes na província de Henan, China, fazem prova criada pelo REAP para avaliar a escola de treinamento vocacional que frequentam.

Relatório de acompanhamento

Baixe o relatório de acompanhamento deste ano, leia a carta de Jeff Williams, Chief Operating Officer da Apple, e os relatórios anteriores. Saiba mais