Apple e o Ambiente

Progresso ambiental

Há mais de 20 anos, que trabalhamos para minimizar o impacto da nossa empresa e dos nossos produtos no ambiente.

O centro de dados da Apple no Maiden, Carolina do Norte utiliza energia e materiais sustentáveis.

Alcançar o objetivo de 100% de energias renováveis.

Atualmente estamos a trabalhar para um ambicioso objetivo: abastecer a totalidade das instalações da Apple com energia de fontes 100% renováveis: solar, eólica, hidráulica e geotérmica. Já alcançámos esta meta em todos os centros de dados que prestam serviços online aos nossos clientes, incluindo o do Maiden, Carolina do Norte. Também atingimos os 100% nas nossas instalações em Austin, Cork e Munique e no nosso campus Infinite Loop em Cupertino.

A nível mundial as nossas instalações alcançaram os 75%, o que representa um aumento de 114% desde 2010. Para chegar aos 100% em todo o mundo, estamos a construir novos edifícios eficientes em termos energéticos e a renovar os existentes. Estamos a instalar as nossas próprias fontes de energias renováveis, incluindo centrais solares e células de combustível. E para equilibrar as nossas necessidades energéticas, estamos a celebrar o maior número possível de contratos a longo prazo com fornecedores de energia. Saiba mais sobre a Apple e as energias renováveis

2012

  • Lançamento do iMac redesenhado, que utiliza menos 68% de material e gera menos 67% de emissões de carbono do que as gerações anteriores. E o suporte em alumínio no Mac é feito com 30% de materiais reciclados.

  • A Apple implementa uma célula de combustível alimentada a biogás e constrói sistemas fotovoltaicos solares nos telhados da sede em Cupertino. No mesmo local, a utilização de energia é reduzida em mais de 30% numa altura em que a ocupação aumenta mais de 12%.

  • A Apple apresenta a sua AirPort Express com uma estrutura com polímeros de base biológica, como derivados industriais de colza e plástico PC-ABS reciclado.

  • A Apple alcança o objetivo de usar energias 100% renováveis nas instalações de Austin, Elk Grove, Cork e Munique; em muitas instalações na Austrália; no campus Infinite Loop em Cupertino; assim como em centros de dados em Newark, Maiden e Prineville. De entre todas as instalações empresariais da Apple em todo o mundo, 75% da energia total utilizada provém de fontes renováveis, o que representa um aumento de 114% desde 2010.

  • A Apple conclui a construção e inicia o funcionamento da maior central solar privada e a maior célula de combustível de fornecimento de energia em funcionamento nos EUA, no centro de dados em Maiden, Carolina do Norte.

2011

  • A Apple inaugura o centro de dados em Maiden, Carolina do Norte e recebe a certificação LEED Platinum do Green Building Council dos EUA.

  • A Apple apresenta os novos vales-oferta do iTunes utilizando papel 100% reciclável.

  • A Apple apresenta a Mac App Store em 123 países, oferecendo aos clientes acesso ao software Mac, incluindo o OS X Lion, com um simples clique. Os downloads digitais reduzem drasticamente o impacto ambiental do fornecimento de software ao eliminar embalagens e o transporte de software. Além disso, a Apple elimina os DVD de restauro previamente incluídos na embalagem dos computadores Mac.

  • A Apple apresenta o iPad 2, com o potente, mas eficiente a nível energético, sistema A5 dual-core num só chip. O iPad 2 é até duas vezes mais rápido do que o iPad original, proporcionando até 10 horas de autonomia da bateria*, tudo num design que é 33% mais fino e até 15% mais leve do que o seu antecessor.

  • Todos os produtos da Apple superam as exigentes diretrizes ENERGY STAR de eficiência energética. Todos os produtos são pelo menos duas vezes mais eficientes do que a especificação ENERGY STAR e o Mac mini é até seis vezes mais eficiente a nível energético.

    *A autonomia da bateria varia consoante a configuração e utilização. Consulte www.apple.com/pt/batteries para mais informações.

2010

  • Todos os monitores disponibilizados pela Apple utilizam tecnologia de retroiluminação LED sem mercúrio com vidro de ecrã sem arsénio.

  • A Apple apresenta o Carregador Apple para pilhas, para pilhas recarregáveis. A utilização de pilhas recarregáveis em vez de pilhas alcalinas descartáveis reduz o desperdício de pilhas em 78% e as emissões de carbono em 63% ao longo de um período de quatro anos.*

    *Com base na vida média de uma pilha alcalina utilizada num teclado Apple Wireless Keyboard, rato Magic Mouse ou Magic Trackpad ao longo de um período de quatro anos.

  • A Apple apresenta o novo Mac mini, o computador de secretária mais eficiente em termos energéticos. Pode funcionar com apenas 10 watts de eletricidade, o que é menos energia do que a consumida por uma única lâmpada CFL de eficiência energética.

  • As instalações da Apple em Cork (Irlanda), Austin (Texas) e Sacramento (Califórnia) converteram-se à utilização de energias 100% renováveis.

  • Todos os iPod, iPhone e iPad comercializados no mundo incluem cabos sem PVC. Todos os portáteis, Apple TV, Mac mini, iMac e LED Cinema Display de 27 polegadas incluem cabos sem PVC nos EUA e em países onde estão aprovados pelas entidades competentes.

2009

  • A Apple apresenta a análise de ciclo de vida completa das emissões de gases com efeito de estufa, definindo uma nova referência de divulgação de informação ambiental. Enquanto que outras empresas apenas informam sobre uma parte das suas emissões, a Apple é a única empresa do sector que publica relatórios sobre emissões de carbono de cada um dos seus produtos.

  • O novo Mac mini, iMac e Mac Pro cumprem as especificações ENERGY STAR 5.0.

  • Todos os produtos são comercializados sem BFR e com ecrãs com retroiluminação LED sem mercúrio e vidro de ecrã sem arsénio.

  • A Apple apresenta uma nova bateria nos MacBook Pro que dura quase três vezes mais do que as baterias de portáteis convencionais.

  • A Apple alcança uma taxa de reciclagem de 66,4% (percentagem de peso referente às vendas de 2003).

2008

  • A Apple apresenta a estrutura unibody no MacBook e MacBook Pro, feitos com alumínio reciclável e caixas em vidro com monitores sem arsénio e sem mercúrio e componentes internos sem BFR e PVC.

  • O MacBook Air é o primeiro Mac a utilizar tecnologia de retroiluminação sem mercúrio com vidro de ecrã LCD sem arsénio.

  • O iPhone 3G é comercializado com auscultadores e cabos USB sem PVC, placas de circuito impresso sem BFR e ecrã sem mercúrio e arsénio.

  • A Apple alcança uma taxa de reciclagem de 41,9% ((percentagem de peso referente às vendas de 2002).

2007

  • Lançamento dos primeiros produtos com placas de circuito impresso sem bromo.

  • É anunciado o primeiro MacBook Pro com ecrã LED retroiluminado sem mercúrio.

  • A Apple expande o seu programa de transporte de funcionários para incluir autocarros mais ecológicos movidos a biodiesel.

2006

  • A Apple é o primeiro fabricante de computadores a substituir todos os ecrãs CRT por LCD, mais eficientes em termos energéticos e de material.

2005

2004

  • Início da investigação sobre os revestimentos de cabos e placas de circuito impresso sem BFR e PVC.

  • Início da eliminação progressiva de substâncias incluídas na Diretiva Europeia de Restrição de Substâncias Perigosas (RoHS).

2003

  • É iniciada a iniciativa de inquérito aos fornecedores sobre a utilização de substâncias prejudiciais para o ambiente.

2002

  • São implementadas soluções de retoma de equipamentos nos EUA e Japão.

  • É implementada a Especificação Global de Substâncias Reguladas da Apple.

  • A Apple assina o Código de Conduta da União Europeia sobre as fontes de alimentação, que incentiva os fabricantes a conceber fontes de alimentação que minimizem o consumo de energia enquanto desligadas.

  • A Apple torna-se membro-fundador do Programa de Gestão Energética Federal nos EUA (FEMP), que define os requisitos de eficiência energética para o modo de desligado dos computadores.

2001

  • Os computadores e monitores Apple obedecem pela primeira vez aos requisitos ambientais ENERGY STAR aplicáveis.

  • A Apple inicia a eliminação progressiva voluntária do tetrabromobisfenol A (TBBPA) em todas peças de plástico de peso superior a 25 gramas.

  • A Apple começa a comprar 100% da eletricidade para as instalações em Austin de fontes renováveis participando no programa energético “Green Choice” de Austin.

2000

  • Todas as fábricas Apple possuem certificação ISO 14001 em todo o mundo, o que significa que a Apple dispõe de um sistema de gestão estruturada (EMS) implementado para gerir o impacto ambiental das operações da empresa.

1999

  • São apresentados todos os ficheiros de Especificações Ambientais dos Produtos Apple (APES).

  • Restrição à utilização de chumbo e cádmio nos cabos.

1997

  • É testada a conformidade dos primeiros produtos Apple com as normas TCO (Confederação Sueca de Trabalhadores Profissionais).

1996

  • A primeira fábrica Apple (Sacramento, CA) obtém a certificação ISO 14001.

1995

  • Eliminação progressiva da utilização de PVC nas embalagens

1994

  • O primeiro programa de retoma voluntária da Apple é iniciado na Alemanha, com expansão gradual para outros países.

  • É iniciada a eliminação progressiva das baterias de níquel cádmio.

1992

  • A Apple torna-se membro-fundador do programa US EPA ENERGY STAR, desenvolvido para identificar e promover computadores e monitores eficientes a nível energético.

  • É iniciada e eliminação progressiva da presença de clorofluorcarbonetos (CFC) no processo de fabrico da Apple, de acordo com o estipulado no Protocolo de Montreal relativo às "Substâncias que eliminam a camada de ozono".

1991

  • É iniciada a eliminação progressiva da utilização de chumbo nas baterias, em antecipação da Diretiva Europeia de 1996 relativa a baterias.

1990

  • Lançamento e implementação da política ambiental da Apple.