Fomos ainda mais longe. Para ficar ainda mais perto.

Quando se senta à frente de um iMac acontece algo de curioso: o mundo lá fora deixa de existir e só tem olhos para um grande, grande ecrã. Ultrapassámos todos os limites e repensámos todos os pormenores para aperfeiçoar o iMac de várias formas, todas elas espantosas e envolventes.

O derradeiro tudo-em-um. Aperfeiçoado ao extremo.

O primeiro iMac foi uma revolução: nunca se tinha visto um computador tudo-em-um com todos os componentes: ecrã, processador, gráficos, armazenamento, memória, etc., integrados numa estrutura única simples e elegante. Agora, inúmeras inovações mais tarde, voltámos a superar todas as expectativas e subimos ainda mais a fasquia. O iMac inclui o ecrã de computador mais avançado e brilhante que alguma vez criámos e novas tecnologias de alto desempenho, numa estrutura incrível com apenas 5 mm de margem, até menos 40% de volume que a geração anterior. Para conseguir tudo isto foram necessários feitos de engenharia (e de imaginação) sem precedentes. Inventámos novas tecnologias, fomos pioneiros em novas técnicas de fabrico e desenvolvemos novas formas de fazer mais no menor espaço possível.

Até menos 40% de volume
Margem de 5 mm

Inovador ao nível molecular.

Um dos maiores desafios levantados por este design foi juntar a parte da frente à parte de trás. A estrutura é tão fina que não é possível soldar as peças de acordo com os métodos tradicionais. Assim, partimos à descoberta de novas ideias e encontrámos uma solução chamada soldadura por fricção, frequentemente usada em asas de aviões, propulsores de foguetões e noutros componentes que não podem, de maneira nenhuma, falhar. Este processo utiliza uma combinação de calor e pressão gerados por fricção para misturar as moléculas das duas superfícies em alumínio, o que dá origem a uma junta super forte e perfeita. É provável que nem note, mas sem este processo o iMac não seria possível.

A evolução do iMac

  • 1998
  • 2000
  • 2002
  • 2004
  • 2005
  • 2007
  • 2009
  • Hoje

Ecrã totalmente redesenhado. Uma visão de perdição.

Individualmente calibrados para cores reais.

Nenhuma destas inovações teria grande importância se o ecrã do iMac não mostrasse cores mais vivas e realistas. Por isso submetemos todos os ecrãs a um processo de calibragem de cor utilizando três espectroradiómetros topo de gama: um de medição de gama, outro de medição de ponto branco e o terceiro para verificar o funcionamento dos outros dois. Este equipamento é afinado de acordo com as normas de cores mundialmente reconhecidas e aceites para a máxima precisão.

O iMac e o ambiente. Altamente reciclável e mais eficiente a nível energético.

Maior eficiência energética.

Este iMac não só oferece um maior desempenho em relação ao iMac anterior, como é também mais eficiente a nível energético, usando até 50% menos energia em espera com o ecrã ligado. E os componentes de hardware unem-se ao sistema operativo para funcionar de forma mais eficaz e poupar ainda mais energia.

Amigo do ambiente.

O iMac é amigo do ambiente, livre de muitas substâncias tóxicas, incluindo mercúrio, arsénio, BFR e PVC. E é fabricado com alumínio e vidro, materiais com maior probabilidade de serem reciclados e reutilizados.

Premiado com ouro.

Como resultado de todos os nossos esforços, o iMac satisfaz os exigentes requisitos de baixo consumo energético estabelecidos pela EPA, conferindo-lhe a qualificação ENERGY STAR 5.2. E obteve a classificação mais elevada (Gold) da EPEAT, que avalia o impacto ambiental de um produto com base no seu nível de reciclagem, na quantidade de energia que utiliza, e na forma como é concebido e fabricado.*

Utiliza até 50% menos energia
Al
Alumínio
Si02
Vidro