iMac e o meio ambiente.

A Apple concebe produtos a pensar no ambiente. É por isso que o iMac é eficiente em termos energéticos, está livre de muitas substâncias tóxicas e é altamente reciclável.

Veja o PDF do Relatório Ambiental da Apple do

Eficiência energética

O iMac foi concebido para ser eficiente em termos energéticos mal sai da caixa. Recebeu até a distinção ENERGY STAR da EPA pelo seu baixo consumo de energia.

Fonte de alimentação eficiente.

O iMac tem uma fonte de alimentação altamente eficiente que reduz a quantidade de energia gasta entre a tomada elétrica e o computador. Um menor consumo de energia reduz as faturas de eletricidade e o impacto ambiental das emissões de gases com efeito de estufa das centrais elétricas.

Gestão de energia avançada.

Ao contrário de muitos sistemas PC com Windows, o iMac usa componentes de hardware eficientes em termos energéticos que trabalham em conjunto com o sistema operativo para conservar energia. O Mac OS X desliga o motor dos discos rígidos e ativa o modo de hibernação nos monitores com retroiluminação LED, que já são muito eficientes em termos energéticos. E equilibra as tarefas entre os processadores centrais e os processadores gráficos. O Mac OS X nunca perde uma oportunidade de economizar energia, por mais reduzida que seja. Regula até o processador entre batimentos de teclas, reduzindo o consumo de energia. É apenas uma das muitas formas como a Apple gere pequenas quantidades de energia que se traduzem em grandes poupanças.

Qualificação ENERGY STAR.

O iMac satisfaz os exigentes requisitos de baixo consumo energético estabelecidos pela EPA, conferindo-lhe a distinção ENERGY STAR. A ENERGY STAR 6.0 define limites de eficiência significativamente maiores para fontes de alimentação e limites ambiciosos para o consumo de energia anual típico do computador.

Três formas de reduzir o consumo de energia: Fonte de alimentação eficiente, Componentes de baixo consumo, Software de gestão de energia. Todos os miliwatts contam: O Mac OS X até regula a atividade do processador entre batimentos de teclas, poupando miliwatts de energia.

Eliminação de substâncias tóxicas.

O que torna o iMac mais ecológico é aquilo que ele não tem: muitas substâncias tóxicas, incluindo mercúrio, arsénio, BFR e PVC.

Redução de substâncias tóxicas.

O maior desafio ambiental com que a indústria informática se depara é a presença de arsénio, retardadores de chamas bromados (BFR), mercúrio, ftalatos e PVC nos produtos. Os engenheiros da Apple trabalharam arduamente para eliminar os BFR e PVC das placas de circuito iMac, cabos internos e externos, conetores, isolantes, adesivos, etc.1 E eliminaram muitas outras substâncias tóxicas que habitualmente fazem parte do fabrico de computadores escolhendo, por exemplo, retroiluminação sem mercúrio e vidro sem arsénio para o ecrã do iMac.

Eliminação de substâncias tóxicas: Sem chumbo, sem BFR, Sem PVC, Sem mercúrio, Vidro sem arsénio

Reciclabilidade

Uma vez que o iMac é fabricado com materiais como alumínio e vidro, tem uma maior probabilidade de ser reciclado e reutilizado no final da sua longa e produtiva vida.

Materiais recicláveis.

A Apple minimizou os desperdícios do iMac quando este chegar ao final de vida útil, graças ao seu design eficiente e à utilização de vidro e alumínio, que as empresas de reciclagem podem reutilizar para outros produtos.

Reciclagem gratuita para o seu antigo computador.

Ao comprar um Mac novo, a Apple dispõe de um programa gratuito de reciclagem para computadores e monitores antigos. Saiba mais no site de Reciclagem da Apple

Alumínio, Vidro
  1. Cabo de alimentação de CA sem PVC disponível em todos os países, exceto na Índia e na República da Coreia.
  2. Quatro anos de utilização para um Mac e três anos de utilização para um iPhone ou iPod.