Uma escola pública do Reino Unido passa por uma transformação incrível.

Uma escola nos arredores de Manchester, na Inglaterra, que estava para fechar suas portas, usa o iPad, Mac e iTunes U para atingir a marca de 100% de aprovação.

A inspiração

Nascido em Bolton, na Inglaterra, uma cidade perto de Manchester, Showkat Badat não conseguiu vaga na Hayward School, a escola pública que atendia a sua região. “Pais como os meus diziam que se você frequentasse aquela escola, nunca seria bem-sucedido”, diz Badat.

Em 2009, quando Badat voltou para a sua cidade natal para assumir o posto de diretor da escola problemática, aquela ideia ainda prevalecia na comunidade. O ambiente físico precário da escola — um conjunto de prédios malconservados e perigosos — combinavam com a sua baixa pontuação em testes. Mais de 70% dos estudantes estavam indo mal e a Hayward School estava correndo o risco de ser fechada.

A comunidade da região, que abriga grandes populações de imigrantes e refugiados, estava entre as mais carentes da Inglaterra. Os 900 estudantes da escola falavam mais de 40 idiomas diferentes, muitos ainda estavam tentando superar as barreiras linguísticas e culturais. “Não fazer alguma coisa por aqueles jovens tinha uma consequência direta sobre a comunidade na qual eles vivem”, conta Badat.

Badat sabia que precisava fazer mudanças radicais. Ele solicitou que a escola passasse a ser uma academia independente e mudou o nome para Essa Academy. A nova classificação daria mais autonomia aos administradores para tomar decisões sobre conteúdo e pessoal, além de permitir que a escola buscasse novos investimentos para complementar o subsídio do governo. Mas isso não seria suficiente para a virada que a escola estava precisando.

No seu trabalho anterior como diretor de outra escola, Badat tinha testemunhado o poder da tecnologia para envolver os estudantes. Ele achava que reinventando a Essa como um local de aprendizado com a ajuda da tecnologia, mostraria o compromisso da nova diretoria com a comunidade, e o mais importante, removeria as barreiras do desempenho acadêmico. “Não vejo a tecnologia como um extra, uma boa opção”, explica Badat. “A tecnologia é o que possibilita o aprendizado e cria um ambiente que desperta a criatividade.”

“A Apple nos ajudou a criar um ecossistema de aprendizado completo onde o prédio em si, e tudo dentro dele, é voltado para como os alunos realmente aprendem.”

— Abdul Chohan, diretor,
Essa Academy

A implementação

Assim como os prédios, a tecnologia da Essa Academy também estava ultrapassada. Os professores que queriam dar oportunidades aos estudantes de usar softwares interativos e acessar recursos online tinham que passar por várias etapas para conseguir um laptop para os estudantes. Badat encarregou Abdul Chohan, membro da diretoria, de pesquisar tecnologias para criar um ambiente de aprendizado mais dinâmico.

O primeiro passo da Essa foi dar um iPod touch para cada aluno. Precisávamos que eles tivessem acesso direto à informação”, diz Chohan. Os administradores perceberam quase que imediatamente a diferença na vontade de aprender dos alunos. Em uma ocasião, um grupo de estudantes foi visto jogando futebol e usando fone de ouvido. Eles estavam ouvindo um podcast sobre estrutura atômica e estudando para uma prova.

Como os estudantes ficaram animados em descobrir apps e material online para ajudá-los a aprender, suas notas melhoraram. Esse sucesso tão rápido ajudou os administradores da Essa a angariar fundos para a construção de um prédio novo. As novas salas de aula foram concebidas para apoiar o aprendizado interativo. Cada professor recebeu um MacBook Air e um iPad para ter acesso direto a recursos online e apps educacionais. Todas as salas de aula foram equipadas com uma TV de tela grande conectada à Apple TV, para que os professores e alunos usassem o AirPlay para compartilhar conteúdo — imagens em 3D das células das plantas, uma apresentação sobre os barcos Viking — com um toque. Os professores encontram formas criativas de integrar o iPad ao ensino, orientando pequenos grupos a gravar diálogos em francês para praticar a pronúncia, ou filmando as aulas de educação física para ajudar os estudantes a jogar melhor.

Os administradores da Essa também decidiram dar um iPad para cada aluno usar na sala de aula e em casa, permitindo que eles aprendam de uma forma mais prática. Os estudantes criam apresentações em Keynote para compartilhar em classe e usam a câmera integrada para tirar fotos e ilustrar os seus trabalhos. O iPad provou ser especialmente útil para os estudantes que não falam inglês. Antes, esses alunos eram retirados das classes e tinham aulas particulares de inglês. Agora, eles ficam na sala de aula e usam os apps de tradução para acompanhar e melhorar a sua compreensão.

Todos os departamentos da escola usam o iBooks Author para criar livros didáticos interativos para iPad. O iBooks Author oferece aos professores da Essa uma maneira simples de atualizar seus livros para refletir acontecimentos atuais e unir o material de leitura tradicional com o conteúdo multimídia. “Com os vídeos e imagens em 3D bem na sua frente você pode destacar e fazer anotações. É uma forma mais interativa de leitura que realmente ajuda a aprender", explica Hamza Umar, estudante da sétima série.

A Essa Academy é uma das únicas escolas do Reino Unido a colocar todos os seus cursos à disposição no iTunes U. Os estudantes usam o app iTunes U para acessar todo o material didático em um único lugar, manter o controle das tarefas e receber notificações sempre que um professor atualiza uma informação. Os professores usam a coletânea do iTunes U para descobrir podcasts, vídeos e outros recursos que enriqueçam as aulas. “O iTunes U nos dá acesso ao conteúdo criado por professores e especialistas renomados de todo o mundo”, conta Badat.

“Com o iPad, cada estudante aprende no seu ritmo. Conseguimos individualizar o aprendizado e assim preparar todos os nossos alunos para serem bem-sucedidos.”

— Catherine Chadwick, professora de ciências,
Essa Academy

Os resultados

As mudanças na Essa Academy foram significativas. Em dois anos do programa piloto do iPod, a taxa de aprovação saltou de 28% para 100%. Todos os estudantes melhoraram muito suas notas nos testes. “Os estudantes não entram mais na escola pensando que o dia vai ser chato’, conta Jennifer Greenwood, professora de idiomas modernos. “Eles ficam animados com as coisas que vamos fazer com o iPad e ansiosos para aprender.”

O que torna todas as realizações da escola ainda mais excepcionais é o fato de que as despesas operacionais diminuíram. Itens que antes pesavam no orçamento como suporte técnico, aulas particulares e livros didáticos, foram cortados.

Educadores de todo o país e de fora visitam a Essa Academy para aprender com o êxito da escola, e todos podem acessar os cursos da escola no iTunes U. “Com a ajuda da Apple, conseguimos montar roteiros completos de aprendizado”, explica Badat. “Estamos ajudando nossos alunos a tirar notas boas, mas mais do que isso, estamos mudando vidas e capacitando a comunidade. Agora todas as portas estão abertas.”

Produtos utilizados

iPad

Esse dispositivo móvel revolucionário introduz uma nova maneira de ensinar e aprender. Saiba mais sobre o iPad

MacBook Pro

Esses notebooks são excelentes para aprender dentro e fora da sala de aula. Saiba mais sobre o MacBook Pro

Apple TV

Esse dispositivo facilita a transmissão de aulas, fotos, vídeos e muito mais, do iPad para uma TV de tela grande usando o AirPlay. Saiba mais sobre a Apple TV

iTunes U

Monte seus cursos no iTunes U e coloque material didático à disposição dos estudantes usando o app iTunes U para iPad. Saiba mais sobre o iTunes U

iBooks Author

Crie livros didáticos interativos para iPad de graça e dê vida ao conteúdo com vídeos e objetos em 3D.
Saiba mais sobre o iBooks Author