ResearchKit e CareKit

Ajudando pesquisadores, médicos e você também.

Médicos do mundo todo estão usando o iPhone para mudar a forma como pensamos em saúde. Com os apps criados com o ResearchKit, os pesquisadores estão fazendo descobertas médicas em um ritmo e escala nunca vistos antes. Esse sucesso nos inspirou a ampliar nosso foco para além das pesquisas, ajudando também nos cuidados pessoais com saúde. Por isso estamos lançando o CareKit, uma plataforma para desenvolver apps que permitem cuidar do seu bem-estar todos os dias.

Assista ao vídeo

ResearchKitQuando pesquisar é mais fácil, entender as doenças também é.

Para os pesquisadores médicos, o primeiro passo no combate a uma doença é saber mais sobre ela. É aí que entra em cena o ResearchKit. Essa plataforma de código aberto para desenvolver apps facilita realizar estudos clínicos e encontrar participantes. Desde o seu lançamento, a quantidade de dados coletados e o conhecimento obtido com o ResearchKit têm sido impressionantes.

Os sintomas da doença de Parkinson podem aumentar ou diminuir de um dia para o outro. Com o app mPower, Melinda Penkava acompanha seu estado de saúde diariamente e pode compartilhar informações com a equipe médica de onde estiver.

Mais participantes. Mais dados. E resultados mais relevantes.

O maior desafio de um estudo clínico é conseguir participantes. Muitas vezes, quase ninguém se inscreve. Com o ResearchKit, os pesquisadores podem contar com os milhões de usuários de iPhone em todo o mundo para encontrar mais participantes e coletar dados como nunca. E as informações podem ser coletadas com maior frequência, sem interferir na vida das pessoas. O resultado são estudos com amostras maiores, mais diversificadas e, portanto, muito mais representativas da população.

Levando as pesquisas do laboratório para o mundo.

Com o ResearchKit, é muito fácil se inscrever e participar de um estudo clínico direto do iPhone. Antes você precisava ir a um hospital para realizar tarefas e preencher questionários. Agora você pode usar os sensores avançados do iPhone para realizar atividades que geram dados precisos onde você estiver. Assim, as informações coletadas são mais objetivas do que nunca.

Chegamos até onde era possível com a pesquisa tradicional. Agora levamos no bolso a tecnologia para ir ainda mais longe.

Dra. Helen Link Egger, Duke University Medical Center

As pesquisas avançaram. E muito.

Em pouco tempo, os apps criados com o ResearchKit ajudaram a quebrar recordes de participação em estudos clínicos. Isso permitiu aos pesquisadores fazer novas descobertas e encontrar correlações impossíveis de serem observadas antes.

Entendendo mais sobre a doença de Parkinson.

Desde o seu lançamento em 2015, mais de dez mil pessoas usaram o app mPower para participar do maior estudo sobre a doença de Parkinson da história. E 93% delas nunca tinham se inscrito em qualquer tipo de pesquisa antes. O app ajuda os pesquisadores a compreender melhor a doença de Parkinson, usando o giroscópio e outros recursos do iPhone para medir a destreza, o equilíbrio, o modo de andar e a memória. Assim, os pesquisadores entendem melhor os fatores que influenciam os sintomas, como o sono, a atividade física e o estado de ânimo.

mPower

University of Rochester, Sage Bionetworks

Saiba mais na App Store

Descobrindo uma maneira melhor de diagnosticar o autismo.

Pesquisas demonstram que o tratamento precoce de problemas de desenvolvimento pode levar a um QI maior e uma melhor capacidade de interação social. O app Autism & Beyond usa a câmera frontal HD do iPhone e algoritmos de reconhecimento facial para analisar as reações emocionais de crianças a partir dos 18 meses a vídeos. As crianças podem ser avaliadas sem a presença de um especialista, possibilitando um diagnóstico e tratamento precoces. Em apenas um mês, o app teve mais participantes inscritos do que um estudo presencial anterior com duração de nove meses.

Autism & Beyond

Duke University, University of Cape Town

Saiba mais na App Store

Encontrando formas de prever convulsões com o Apple Watch.

Pesquisadores estão tentando fazer com que o Apple Watch detecte convulsões antes de elas acontecerem. Desde que foi lançado, o app EpiWatch tem permitido acompanhar com precisão e em tempo real o começo e a duração de ataques epiléticos, criando uma correlação entre ocorrências e a medicação. Ao sentir que vai ter uma convulsão, o participante toca em uma complicação personalizada no Apple Watch. O acelerômetro e os sensores de frequência cardíaca são acionados e um alerta automático é enviado para um familiar ou cuidador.

EpiWatch

Johns Hopkins University

Saiba mais na App Store
Com o app Autism & Beyond, diagnosticar o autismo nas escolas é tão fácil como identificar problemas de audição e visão. Um diagnóstico precoce é essencial para oferecer um tratamento eficaz.

Você pode participar de um estudo. É só baixar um destes apps.

Concussão

O app Concussion Tracker monitora pacientes durante seis semanas após uma lesão na cabeça. Ao registrar a frequência cardíaca e as funções físicas e cognitivas dos participantes, os pesquisadores pretendem compreender melhor as consequências a longo prazo das concussões.

Concussion Tracker

NYU Langone Medical Center

Saiba mais na App Store

Melanoma

Com o app Mole Mapper, os usuários podem fotografar suas pintas e detectar possíveis alterações. Através das imagens recebidas de milhares de participantes, os pesquisadores esperam criar um algoritmo capaz de diagnosticar melanomas em suas fases iniciais.

Mole Mapper

Oregon Health & Science University

Saiba mais na App Store

Depressão pós-parto

O app PPD ACT vai ajudar pesquisadores a determinar se existe predisposição genética para a depressão pós-parto. É o primeiro app a usar o iPhone para obter permissão para a coleta de DNA, deixando o processo muito mais simples. Após se inscreverem, os participantes recebem um kit pelo correio que é fácil de usar e enviar de volta.

PPD ACT

University of North Carolina, National Institute of Mental Health

Saiba mais na App Store

Saúde do sono

Pesquisadores estão usando o app SleepHealth para encontrar conexões entre hábitos de sono e doenças como diabetes, problemas cardíacos, obesidade, DPOC e depressão. O app usa os sensores do Apple Watch para testar o nível de atenção durante o dia e compara os resultados com dados inseridos pelo participante sobre padrões e qualidade do sono.

SleepHealth

University of California San Diego, American Sleep Apnea Association

Saiba mais na App Store

Existem outros apps incríveis feitos com o ResearchKit.

Veja a lista completa na App Store

CareKit Sabendo mais sobre sua saúde, você cuida melhor dela.

Com as ferramentas certas, você pode cuidar melhor da própria saúde. Foi por isso que criamos o CareKit, uma base de software com código aberto que permite desenvolver apps que ajudam a monitorar suas condições médicas. Agora, em vez de esperar até a sua próxima consulta, você registra e compartilha dados, como sintomas e remédios, direto com sua equipe médica. Assim é simples obter um quadro geral sobre sua saúde.

O app EpiWatch permite enviar uma notificação a alguém de confiança no início de uma convulsão. Para Shaina Mims, é um recurso que oferece segurança. “Sinto que tenho mais controle. Esse app pode salvar vidas.”


Apps incríveis já estão sendo feitos com o CareKit.

Os desenvolvedores estão aproveitando o CareKit para criar aplicativos que permitem monitorar a própria saúde. Assim, você pode usar apps que incorporam módulos do CareKit, como Care Card e Insight Dashboard, e também pode se conectar diretamente com seus médicos. Conheça alguns desses apps.

A recuperação pós-infarto na palma da mão.

Da entrada no hospital até sua alta e recuperação, este app pós-infarto ajuda na boa reabilitação e nos cuidados com o seu coração. O módulo Care Card do CareKit permite acompanhar atividades físicas e traz informações sobre seus medicamentos. Já na aba MyVitals, você consegue verificar os sinais da recuperação, como frequência cardíaca, pressão e humor. A equipe médica também pode analisar os dados e entrar em contato caso você precise ir a um especialista.

App Corrie Health

Johns Hopkins

Monitore os cuidados de saúde dos seus filhos.

Cuidar de um filho com um problema de saúde complexo é um desafio enorme. Este app de controle de cuidados pediátricos traz um relatório dos sintomas diários do seu filho para que você tenha uma visão geral da situação e consiga oferecer um cuidado contínuo e personalizado. O módulo Insight Dashboard do CareKit ajuda a entender melhor os padrões e relações dos sintomas para monitorar o progresso ao longo do tempo.

App Caremap

Duke and Boston Children's Hospital

Uma forma mais fácil de controlar a diabetes.

Ter diabetes significa estar sempre atento aos níveis de glicose no sangue. O app One Drop inclui módulos do CareKit que permitem monitorar a sua condição. Você poderá comparar sua dor, fome e sensações de tontura com outros dados, como níveis de glicose. Todas essas informações podem ser compartilhadas facilmente com quem você escolher.

App para cuidados com a diabetes

One Drop

Saiba mais na App Store

Queremos levar cuidados médicos aos pacientes onde quer que estejam, através do telefone.

Dr. Ray Dorsey, University of Rochester

PrivacidadeCompartilhe seus dados. Mantenha sua privacidade.

Sabemos o quanto você valoriza a privacidade das suas informações. O ResearchKit e o CareKit foram criados com isso em mente. Você escolhe em quais estudos quer participar, controla as informações que fornece em cada app e pode ver os dados que está compartilhando sempre que quiser.

ParceirosColaborando com alguns dos grandes nomes da medicina.

Para desenvolver o ResearchKit e o CareKit, consultamos alguns dos hospitais, fundações e instituições médicas mais importantes do mundo. Suas experiências e conhecimentos nos ajudaram a criar bases de softwares sob medida tanto para as necessidades individuais quanto para os desafios enfrentados pelos pesquisadores médicos modernos.

  • American Heart Association
  • Boston Children’s Hospital
  • COPD
  • Dana Farber Cancer Institute
  • Duke Medicine
  • Emory Healthcare
  • Harvard Medical School
  • Icahn School of Medicine at Mount Sinai
  • Johns Hopkins Medicine
  • Keck Medicine of USC
  • Keio University Hospital
  • Massachusetts General Hospital
  • NYU Langone Medical Center
  • OHSU
  • Sage Bionetworks
  • Stanford Medicine
  • UCSF
  • Universitats Freiburg Klinikum
  • University of Cape Town
  • University of Hong Kong
  • University of Nebraska Medical Center
  • University of Oxford
  • University of Rochester Medical Center
  • Yale School of Medicine

Código aberto.
Para o mundo aproveitar ao máximo.

Desenvolvemos o ResearchKit e o CareKit com código aberto para que todos possam contribuir para o avanço da medicina e se beneficiar de melhores cuidados pessoais com a saúde. Deixar o código aberto é a melhor maneira de incentivar a comunidade médica e os desenvolvedores a colaborar e compartilhar seus apps e métodos. Mal podemos esperar para ver o que eles podem fazer juntos.

ResearchKit

O ResearchKit está disponível para desenvolvedores de todo o mundo. Saiba mais em researchkit.org.

Se você é pesquisador e quer saber mais, entre em contato.

CareKit

O CareKit está disponível para desenvolvedores de todo o mundo. Saiba mais em carekit.org.

Entre em contato para saber mais.