O iPad é a testemunha dos melhores negócios.

Para os bancos regionais no Japão, as relações de confiança estão na base do negócio. Os consultores financeiros tiram partido das capacidades avançadas do iPad e muitas vezes deslocam-se à residência dos seus clientes, onde podem falar em privado sobre planos de vida, fundos de investimento e gestão de ativos. O iPad permite aceder a informações de mercado atualizadas, obter assinaturas eletrónicas com o Apple Pencil e dar mais tempo para os consultores falarem com os clientes sobre as suas necessidades. Além disso, uma vez que o iPad e o iPadOS são seguros por natureza, as informações da empresa e dos clientes estão sempre protegidas.

Em síntese

88agências
600dispositivos iPad Pro implementados
21 000horas poupadas anualmente

Com o iPad, o sofá é a agência.
Os clientes preferem o iPad e um chá quente na altura de analisar questões financeiras.

Negociações sem papel

As apps personalizadas podem dar o mote.

Mobilidade

O iPad estabelece ligações. Entre outras coisas.

Propostas mais rápidas

Relatórios de mercado.
Assinaturas eletrónicas.
Num instante.

Apenas com a Apple

Formato
Zero-touch

As apps iPadOS são de gestão simples e utilização avançada. Através da implementação do Apple Business Manager e da gestão de dispositivos móveis, o Tochigi Bank consegue implementar e gerir dispositivos de forma integrada, além de distribuir e atualizar as apps que os funcionários utilizam diariamente.

Privacidade e segurança

Do Face ID à encriptação, os produtos Apple são concebidos para serem seguros e privados. Esta característica é especialmente importante ao lidar com informações e produtos financeiros dos clientes. A atenção à segurança é crucial para o Tochigi Bank, cujo nível de pormenor chega à assinatura eletrónica com o Apple Pencil.

Resultados

iPad e o setor bancário. Faça as contas.

As aplicações em fundos de investimento são 30% mais rápidas desde a receção à conclusão.

O uso de apps para vendas de fundos de investimento reduziu a utilização de papel em 80%.

Partilhe esta história.