Informações gerais sobre a bateria

A autonomia da bateria depende da rede móvel, localização, força do sinal, configuração de funcionalidades, utilização e muitos outros fatores. Os resultados reais podem variar. A bateria tem ciclos de carregamento limitados e pode ter de ser substituída por um fornecedor de serviços Apple autorizado. A autonomia da bateria e os ciclos de carregamento variam de acordo com a utilização e as definições. Os testes da bateria são realizados utilizando unidades iPhone específicas. Consulte www.apple.com/pt/batteries e www.apple.com/pt/iphone/compare para mais informações.

Testes de autonomia de conversação

Testes realizados pela Apple em agosto de 2016, utilizando software e unidades iPhone 7 e iPhone 7 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: o Bluetooth estava associado a auscultadores; a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada.

Testes realizados pela Apple em março de 2016, utilizando software e unidades iPhone SE de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2015, utilizando software e unidades iPhone 6s e iPhone 6s Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2014, utilizando software e unidades iPhone 6 e iPhone 6 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2013, utilizando software e unidades iPhone 5c e iPhone 5s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada.

Testes realizados pela Apple em setembro de 2011, utilizando software e unidades iPhone 4s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada.

Testes de autonomia em espera

Testes realizados pela Apple em agosto de 2016, utilizando software e unidades iPhone 7 e iPhone 7 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada. A funcionalidade "Ei Siri" não estava ativada. Quando a funcionalidade "Ei Siri" se encontra ativada, a autonomia em espera no iPhone 7 é de até 9 dias e no iPhone 7 Plus até 15 dias.

Testes realizados pela Apple em março de 2016, utilizando software e unidades iPhone SE de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada. A funcionalidade "Ei Siri" não estava ativada. Quando a funcionalidade "Ei Siri" se encontra ativada, a autonomia em espera no iPhone SE é de até 10 dias.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2015, utilizando software e unidades iPhone 6s e iPhone 6s Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada. A funcionalidade "Ei Siri" não estava ativada. Quando a funcionalidade "Ei Siri" se encontra ativada, a autonomia em espera no iPhone 6s é de até 9 dias e no iPhone 6s Plus até 15 dias.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2014, utilizando software e unidades iPhone 6 e iPhone 6 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2013, utilizando software e unidades iPhone 5c e iPhone 5s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada.

Testes realizados pela Apple em setembro de 2011, utilizando software e unidades iPhone 4s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder estava desativada.

Testes de utilização da internet através de 3G

Testes realizados pela Apple em agosto de 2016, utilizando software e unidades iPhone 7 e iPhone 7 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 3G foram realizados através de uma rede 3G utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 7 e o iPhone 7 Plus navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em março de 2016, utilizando software e unidades iPhone SE de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 3G foram realizados através de uma rede 3G utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone SE navegou em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e recebeu email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2015, utilizando software e unidades iPhone 6s e iPhone 6s Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 3G foram realizados através de uma rede 3G utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 6s e o iPhone 6s Plus navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2014, utilizando software e unidades iPhone 6 e iPhone 6 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 3G foram realizados através de uma rede 3G utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 6 e o iPhone 6 Plus navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2013, utilizando software e unidades iPhone 5c e iPhone 5s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 3G foram realizados através de uma rede 3G utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 5c e o iPhone 5s navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em setembro de 2011, utilizando software e unidades iPhone 4s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 3G foram realizados através de uma rede 3G utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 4s navegou em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e recebeu email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes de utilização da internet através de 4G LTE

Testes realizados pela Apple em agosto de 2016, utilizando software e unidades iPhone 7 e iPhone 7 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 4G LTE foram realizados através de uma rede 4G LTE utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 7 e o iPhone 7 Plus navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em março de 2016, utilizando software e unidades iPhone SE de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 4G LTE foram realizados através de uma rede 4G LTE utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone SE navegou em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e recebeu email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2015, utilizando software e unidades iPhone 6s e iPhone 6s Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 4G LTE foram realizados através de uma rede 4G LTE utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 6s e o iPhone 6s Plus navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2014, utilizando software e unidades iPhone 6 e iPhone 6 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 4G LTE foram realizados através de uma rede 4G LTE utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 6 e o iPhone 6 Plus navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2013, utilizando software e unidades iPhone 5c e iPhone 5s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de 4G LTE foram realizados através de uma rede 4G LTE utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 5s e o iPhone 5c navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes de utilização da internet através de Wi‑Fi

Testes realizados pela Apple em agosto de 2016, utilizando software e unidades iPhone 7 e iPhone 7 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de Wi‑Fi foram realizados utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 7 e o iPhone 7 Plus navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados; a encriptação WPA2 estava ativada.

Testes realizados pela Apple em março de 2016, utilizando software e unidades iPhone SE de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de Wi‑Fi foram realizados utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone SE navegou em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e recebeu email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados; a encriptação WPA2 estava ativada.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2015, utilizando software e unidades iPhone 6s e iPhone 6s Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de Wi‑Fi foram realizados utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 6s e o iPhone 6s Plus navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados; a encriptação WPA2 estava ativada.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2014, utilizando software e unidades iPhone 6 e iPhone 6 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de Wi‑Fi foram realizados utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 6 e o iPhone 6 Plus navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados; a encriptação WPA2 estava ativada.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2013, utilizando software e unidades iPhone 5c e iPhone 5s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de Wi‑Fi foram realizados utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 5c e o iPhone 5s navegaram em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e receberam email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados; a encriptação WPA2 estava ativada.

Testes realizados pela Apple em setembro de 2011, utilizando software e unidades iPhone 4s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. Os testes da internet através de Wi‑Fi foram realizados utilizando um servidor Web dedicado. O iPhone 4s navegou em versões instantâneas de 20 das páginas mais visitadas da internet e recebeu email de hora em hora. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados; a encriptação WPA2 estava ativada.

Testes de leitura de vídeo

Testes realizados pela Apple em agosto de 2016, utilizando software e unidades iPhone 7 e iPhone 7 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. O conteúdo de vídeo consistiu num filme de 2 horas e 23 minutos, em repetição, adquirido na iTunes Store. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: o Bluetooth estava associado a auscultadores; a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em março de 2016, utilizando software e unidades iPhone SE de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. O conteúdo de vídeo consistiu num filme de 2 horas e 23 minutos, em repetição, adquirido na iTunes Store. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2015, utilizando software e unidades iPhone 6s e iPhone 6s Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. O conteúdo de vídeo consistiu num filme de 2 horas e 23 minutos, em repetição, adquirido na iTunes Store. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2014, utilizando software e unidades iPhone 6 e iPhone 6 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. O conteúdo de vídeo consistiu num filme de 2 horas e 23 minutos, em repetição, adquirido na iTunes Store. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2013, utilizando software e unidades iPhone 5c e iPhone 5s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. O conteúdo de vídeo consistiu num filme de 2 horas e 23 minutos, em repetição, adquirido na iTunes Store. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em setembro de 2011, utilizando software e unidades iPhone 4s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. O conteúdo de vídeo consistiu num filme de 2 horas e 23 minutos, em repetição, adquirido na iTunes Store. Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes de leitura de áudio

Testes realizados pela Apple em agosto de 2016, utilizando software e unidades iPhone 7 e iPhone 7 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. A playlist continha 358 faixas de áudio únicas, adquiridas na iTunes Store (codificação 256 Kbps AAC). Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: o Bluetooth estava associado a auscultadores; a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em março de 2016, utilizando software e unidades iPhone SE de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. A playlist continha 358 faixas de áudio únicas, adquiridas na iTunes Store (codificação 256 Kbps AAC). Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2015, utilizando software e unidades iPhone 6s e iPhone 6s Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. A playlist continha 358 faixas de áudio únicas, adquiridas na iTunes Store (codificação 256 Kbps AAC). Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2014, utilizando software e unidades iPhone 6 e iPhone 6 Plus de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. A playlist continha 358 faixas de áudio únicas, adquiridas na iTunes Store (codificação 256 Kbps AAC). Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em agosto de 2013, utilizando software e unidades iPhone 5c e iPhone 5s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. A playlist continha 358 faixas de áudio únicas, adquiridas na iTunes Store (codificação 256 Kbps AAC). Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.

Testes realizados pela Apple em setembro de 2011, utilizando software e unidades iPhone 4s de pré‑produção em redes de operadoras com GSM e CDMA. A playlist continha 358 faixas de áudio únicas, que consistiam de conteúdo importado de CD utilizando o iTunes (128 Kbps AAC) e conteúdo adquirido na iTunes Store (256 Kbps AAC). Foram usadas as pré‑configurações, com as seguintes exceções: a ligação Wi‑Fi estava associada a uma rede; a funcionalidade Wi‑Fi Pedir para aceder e o brilho automático estavam desativados.