Apple e o Meio Ambiente

Perguntas mais frequentes

P: Como a Apple analisa o estado e o progresso da companhia com relação ao impacto ambiental?

R: Os diretores da Apple são responsáveis pela definição e implantação das políticas ambientais. Esse grupo de altos executivos da companhia conta com a ajuda de equipes de toda a Apple, inclusive de engenharia ambiental, desenvolvimento de produto, operações, instalações e responsabilidade dos fornecedores. A estratégia de mudança climática da Apple está integrada em todos os planejamentos de desenvolvimento das instalações e exerce um papel fundamental no processo de desenvolvimento de cada produto. Em 2009, sob o comando da sua diretoria, a Apple se tornou a primeira empresa do mercado de eletrônicos a reportar as suas emissões de carbono, inclusive o impacto dos seus produtos no ambiente durante o período de utilização pelo consumidor. Além de oferecer aos clientes um nível sem precedentes de detalhe e transparência, que podem servir de base para os clientes nas suas decisões de compra, medir as suas emissões de carbono, ajuda a companhia a identificar áreas onde ela poderá fazer reduções significativas.

Entendemos que a grande maioria das emissões de gases de efeito estufa (até 98%) vem do ciclo de vida do produto, por isso as decisões sobre os atributos ambientais dos nossos produtos são um aspecto fundamental de todas as decisões relacionadas ao design e à fabricação dos nossos produtos. O mesmo vale para todas as decisões ambientais relacionadas às nossas instalações. Nosso enfoque integrado permite que as decisões sobre as questões ambientais sejam analisadas nas altas cúpulas da empresa. Essa estrutura tem sido um fator importante para o sucesso da Apple, principalmente no âmbito de responsabilidade ambiental. Os membros da equipe executiva analisam cada produto novo durante a fase de desenvolvimento, com foco específico nas opções de material, design, cadeia de fornecimento e eficiência de energia do produto. Cada uma dessas áreas tem impacto direto sobre as nossas emissões no meio ambiente. Essa estratégia, que vem sendo adotada há mais de 20 anos, resultou em produtos com design mais inovador e ecologicamente corretos do mercado. Cada produto que oferecemos atende as normas da ENERGY STAR quanto à eficiência de energia, não possui várias toxinas nocivas e é fabricado com materiais altamente recicláveis. Nossas equipes de instalações e operações revisam regularmente os nossos programas e investimentos para reduzir as emissões de carbono com os membros da nossa equipe executiva. Entre os resultados dessas revisões estão maior utilização de energia verde, novos investimentos em tecnologia, programas de transporte de funcionários e conservação. Os esforços dessa equipe geraram o maior índice de reciclagem de produto do nosso mercado.

A Apple estabelece atributos ambientais importantes para todos os produtos e famílias de produtos da empresa. A Apple não só cumpre o que outros ficam prometendo fazer no futuro, mas faz onde é mais significativo. A equipe de executivos da Apple tem um compromisso com a nossa estratégia ambiental: de reduzir as nossas emissões de carbono, remover toxinas e informar o impacto ambiental de cada produto que fabricamos para que os nossos clientes possam avaliar o nosso progresso.

Também temos como compromisso reportar as nossas emissões mundiais anualmente e de cada produto, quando cada produto novo é lançado.

P: O que é avaliação do ciclo de vida (ACV)?

R: ACV é um método utilizado para avaliar o impacto ambiental de um produto durante o seu ciclo de vida. O objetivo da análise do ciclo de vida completo é fazer com que o produto utilize os recursos de forma mais eficiente reduzindo, dessa forma, o impacto ambiental de todas as atividades necessárias para fabricar, distribuir, utilizar e dar baixa em um produto. As avaliações do ciclo de vida, da matéria prima à baixa, por exemplo, incluem a fase de extração da matéria prima da terra, passam para sua transformação em material, a fabricação desse material em peças e produtos, o transporte para os usuários finais, o consumo de energia durante a sua utilização e a sua capacidade de reciclagem. Durante cada uma dessas fases ocorrem atividades que utilizam os materiais e energia, gerando desperdício e emissões de carbono. A avaliação do ciclo de vida é o processo empregado para mediar, com precisão, as emissões associadas a cada fase dessas atividades.

Os resultados da ACV são normalmente classificados de várias formas, entre elas, potencial com relação ao aquecimento global, acidificação, eutroficação, formação do ozônio troposférico e dispersão do ozônio na estratosfera. Os procedimentos seguidos para a avaliação do ciclo de vida estão definidos nos padrões de gestão ambiental ISO 1440:2006 e 14044:2006 reconhecidos internacionalmente.

Vários segmentos do mercado como a indústria automativa, companhias aéreas e empresas de bens de consumo implementaram ACV com sucesso. No caso de produtos e processos mais complexos compostos de milhares de materiais, a análise exige aplicativos de software específicos, desenvolvidos para coletar com precisão o impacto ambiental de cada processo individualmente. As ferramentas de software oferecem uma avaliação eficiente e objetiva dos impactos ambientais que uma empresa avalia usando bancos de dados de terceiros criados e atualizados por engenheiros industriais especialistas em processos específicos de fabricação. A Apple descobriu que uma combinação dos dados coletados diretamente dos nossos processos internos e dos nossos fornecedores e conjuntos de dados fornecidos por terceiros nos dão os resultados mais precisos.

P: Como a Apple usa a ACV?

R: A Apple segue cinco passos para fazer a ACV de um produto:

1. A coleta dos dados começa medindo a energia consumida por um produto que está funcionando em um ambiente simulado de uso. Cada linha de produto utiliza o cenário mais apropriado. Por exemplo, assumimos uma média de uso de quatro anos para os computadores Mac. Por cautela, também assumimos um padrão de uso no ambiente do escritório para cada computador que oferecemos e aplicamos esse padrão de uso a 365 dias de uso por ano. No caso dos produtos portáteis como o iPod, iPad e o iPhone, assumimos um período de uso de três anos. Para esses produtos os padrões de carga tomam por base um usuário que utiliza muito o produto durante um período de três anos. Para obter mais informações sobre os modos de consumo de energia dos nossos produtos consulte os Relatórios ambientais dos produtos.

2. A segunda etapa é a avaliação de cada parte do produto. Isso ajuda a medir, com precisão, o tamanho e o peso dos componentes e materiais do produto. Como cada produto pode ser composto de centenas de partes, nessa etapa é feita uma segunda conferência de cada parte de acordo com a lista de materiais utilizados no produto. Incluímos também a perda de rendimento de cada material e componente como parte desse processo, consideramos o transporte dos materiais entre os locais de fabricação e incluímos também as emissões dos acessórios externos como os teclados e mouse na fase de produção, assim como a embalagem deles.

3. A terceira etapa avalia as emissões do transporte dos produtos acabados até as regiões de vendas. São coletados dados de cada unidade e de vários pacotes de unidades do produto, como eles são transportados por terra, mar e por ar. A maioria das emissões relacionadas ao transporte dos produtos refere-se à obtenção dos produtos da Ásia para os centros de distribuição para vendas na Europa, Ásia e as Américas. A parte final do transporte entre os centros regionais e cada cliente é considerada como fator geral de ajuste.

4. A quarta etapa da avaliação do ciclo de vida do produto é a coleta e reciclagem do produto quando ele atinge o final da sua vida útil. Consideramos também o transporte entre os clientes e as usinas de reciclagem, além das etapas de tratamento seguidas pelo reciclador na separação do metal, plástico e vidro. As etapas subsequentes de processamento e fundição não são consideradas aqui porque fazem parte fazem parte dos estágios de produção e não do processamento do fim da vida útil.

5. Depois da coleta de todos os dados, a última etapa é rodar o modelo de dados do produto da nossa ferramenta de ACV e compilar os resultados detalhados, para conferir as emissões de gases do efeito estufa de cada produto. Os modelos de dados e do ciclo de vida utilizados na ferramenta são verificados com relação à qualidade e precisão pelo Fraunhofer Instituto da Alemanha.

P: A Apple apresenta suas informações ambientais com base nas Orientações para a Apresentação de Relatórios de Sustentabilidade (G3) da GRI (Global Reporting Initiative)?

R: Sim. As informações ambientais sobre consumo de água e energia, emissões de gases do efeito estufa e produção de lixo podem ser encontradas no 2013 Facilities Report em formato PDF.

P: A Apple utiliza fontes externas para verificação e conferência dos seus relatórios sobre emissões de carbono?

R: Sim. Utilizamos verificação de terceiros para validar os nossos relatórios sobre emissões de carbono. Usamos o World Resource Institute (WRI)/World Business Council for Sustainable Developments (WBCSD) Greenhouse Gas Protocol nos nossos cálculos. A Bureau Veritas (BV), líder mundial em serviços de certificação e avaliação da conformidade, ofereceu garantias razoáveis, uma das mais altas do setor de verificação para as nossas emissões Escopo 1 e 2. A BV atesta que as informações contidas nos nossos relatórios sobre emissões de gases de efeito estufa são precisas e confiáveis. As emissões de carbono Escopo 3, relacionadas aos nossos produtos e calculadas com base na avaliação do ciclo de vida, são verificadas com relação à qualidade e precisão pelo Fraunhofer Institute da Alemanha, de acordo com os padrões ISO 14000 de gestão ambiental reconhecidos internacionalmente: ISO 14040 e 14044.

P: O que é ISO 14001 e a Apple possui a certificação ISO 14001?

R: ISO 14001 é uma norma voluntária internacional que estabelece os requisitos para o sistema de gestão ambiental (SGA) de uma empresa. O padrão ISO 14001 ajuda a empresa a gerenciar o impacto ambiental das suas operações de forma sistemática e integrada com os processos de gerenciamento da empresa como um todo. A primeira certificação ISO 14001 obtida pela Apple foi para uma fábrica em 1996.

Q: A Apple baniu substâncias que podem prejudicar o meio ambiente?

R: Sim. A Especificação de Substâncias Reguladas da Apple apresenta em detalhe uma ampla gama de substâncias de uso restrito ou totalmente banidas e que não podem ser usadas na fabricação, embalagem e nem nos produtos Apple.

P: Os produtos Apple contêm chumbo?

R: A Apple está em conformidade com a Diretiva Europeia RoHS (Restrição a Substâncias Nocivas) que restringe o uso de chumbo e de outras substâncias. Por isso, tomamos a devida precaução no que se refere a essas substâncias; a Apple já substituiu o chumbo por plástico em várias partes, na pintura e embalagens bem antes da Diretiva RoHS entrar em vigor.

P: Quais são as restrições da Apple quanto aos produtos sem retardadores de chama bromados (BFR) e sem cloreto de polivinil (PVC)?

R: a Apple define um material como sem BFR nem PVC quando ele contém menos de 900 partes por milhão (ppm) de bromo ou cloro. O limite de 900 ppm é um dos mais rígidos da indústria eletrônica e uma concentração menor que a da Diretiva RoHS Europeia. Como os BFRs e o PVC precisam estar presentes em quantidades bem superiores para terem algum efeito, a maioria dos materiais que contém menos de 900 ppm de bromo e cloro não apresenta níveis detectáveis das substâncias.

P: Quais produtos da Apple fazem parte dessa iniciativa sem BFR e PVC?

R: Todos os produtos novos da Apple fabricados após 31 de dezembro de 2008. O iPad, iPod e o iPhone são exemplos de produtos sem BFR e PVC. Embora essa fase de transição da Apple irá abranger grande parte dos produtos e componentes, é possível que os produtos mais antigos, as peças de substituição e os acessórios para esses produtos mais antigos não sejam totalmente isentos de BFR e PVC.

P: O que é REACH? A Apple atende essa regulamentação?

R: A norma da Comunidade Europeia 1907/2007, conhecida como REACH (Registration, Evaluation, Authorization and Restriction of Chemicals Regulation), regula o uso de substâncias químicas e a utilização segura das mesmas. Juntamente com a publicação da lista de candidatos para obter registro, a Agência Europeia de Substâncias Químicas identificou uma série de substâncias altamente preocupantes (SVHC) que os fabricantes devem divulgar para os clientes, se utilizadas nos seus produtos na proporção acima de 0,1%.

De acordo com a lista de candidatos para obter registro, os produtos da Apple não contêm SVHC na proporção acima de 0,1%.

P: A Apple utiliza substâncias nocivas à camada de ozônio?

R: Nenhuma substância prejudicial à camada de ozônio é empregada em nenhum processo para a fabricação de componentes, materiais ou embalagens utilizados pela Apple, como estipulado no Protocolo de Montreal sobre Substâncias Nocivas à Camada de Ozônio.

P: A Apple adota alguma Política de Segurança e Saúde Ambiental?

R: A Apple tem como compromisso proteger o meio ambiente, a saúde e a segurança dos seus funcionários, clientes e das comunidades nos locais onde atuamos em todo o mundo. Para obter mais informações, leia nossa Política de Segurança e Saúde Ambiental no formato PDF.

P: O que acontece quando os computadores são reciclados?

R: Quando você recicla com a Apple o seu equipamento usado é desmontado e os componentes principais que podem ser reaproveitados são removidos. O vidro e o metal podem ser processados novamente para serem utilizados em outros produtos. A maior parte das peças plásticas pode ser paletizada em matéria prima secundária. Saiba mais sobre o Programa de Reciclagem da Apple.

P: A Apple recicla embalagens?

A: A Apple oferece reciclagem gratuita de embalagens de produtos Apple para os seus clientes das áreas de educação, negócios e governo. Entre em contato com um representante comercial da Apple para obter mais informações.