Apple na mídia

Apple reporta resultados do segundo trimestre

Recorde de vendas de iPhones, iPads e Macs

Lucro líquido aumenta 94% comparado com o mesmo período do ano anterior

CUPERTINO, Califórnia, EUA —24 de abril de 2012—A Apple® anunciou hoje os resultados financeiros de seu segundo trimestre do ano fiscal de 2012, encerrado em 31 de março de 2012. A empresa contabilizou receitas trimestrais de US$ 39,2 bilhões e lucro líquido trimestral de US$ 11,6 bilhões, ou US$ 12,30 por ação diluída. No mesmo trimestre do ano passado, os resultados foram de US$ 24,7 bilhões em receita e de US$ 6,0 bilhões em lucro líquido, ou US$ 6,40 por ação diluída. A margem bruta foi de 47,4%, enquanto no mesmo trimestre do ano anterior foi de 41,4%. As vendas internacionais representaram 64% da receita do trimestre.

A empresa vendeu 35,1 milhões de iPhones no trimestre, o que representa um crescimento de 88% em unidades comparado ao mesmo trimestre do último ano fiscal. A Apple vendeu 11,8 milhões de iPads no trimestre, o que representou um aumento de 151% em unidades sobre o mesmo período do ano fiscal anterior. A empresa vendeu 4 milhões de Macs no trimestre, o que representou um aumento de 7% em unidades em relação ao ano fiscal anterior. Também foram vendidos 7,7 milhões de iPods, uma queda de 15% em unidades em relação ao mesmo período do ano fiscal anterior.

“Estamos entusiasmados com a venda de mais de 35 milhões de iPhones e de quase 12 milhões de iPads durante esse trimestre”, disse Tim Cook, CEO da Apple. “O novo iPad teve um excelente começo e durante o ano veremos mais das inovações que só a Apple pode oferecer.”

“Nossos resultados recordes geraram US$ 14 bilhões para o caixa no trimestre”, disse Peter Oppenheimer, CFO da Apple. “Olhando para frente, para o terceiro trimestre fiscal de 2012, esperamos obter receitas de cerca de US$ 34 bilhões e lucro diluído por ação de cerca de US$ 8,68”.

A Apple fará a transmissão ao vivo da conferência telefônica sobre os resultados financeiros do segundo trimestre de 2012, às 21h horário de Brasília de 24 de abril de 2012, em www.apple.com/quicktime/qtv/earningsq212. Este webcast estará disponível para reprodução por aproximadamente duas semanas.

Este comunicado de imprensa contém previsões que incluem, entre outras coisas, estimativas sobre a receita e os ganhos por ação da empresa. Essas previsões envolvem riscos e incertezas e os resultados reais podem ser diferentes. Tais riscos e incertezas incluem, entre outras coisas, o efeito de fatores concorrenciais e econômicos sobre as decisões de compra dos consumidores e das empresas em relação aos produtos da Apple e a reação da empresa a esses fatores; as contínuas pressões da concorrência no mercado; a capacidade da empresa de lançar e estimular a demanda dos clientes por novos programas, produtos e inovações tecnológicas no mercado em tempo hábil; o efeito que as transições de produtos, alterações nos preços ou no mix de produtos e/ou aumentos nos custos de componentes poderiam ter sobre a margem bruta da empresa; o risco de inventário em relação à necessidade da empresa de comprar ou comprometer-se em comprar componentes de produtos antes de receber os pedidos dos clientes; a disponibilidade contínua, em termos aceitáveis, ou não, de certos componentes e serviços essenciais para os negócios da empresa, componentes e serviços esses obtidos atualmente pela empresa de fontes únicas ou limitadas; o efeito que a dependência da empresa em serviços de fabricação e logística fornecidos por terceiros poderia ter sobre a qualidade, quantidade e custo dos produtos fabricados e serviços fornecidos; a confiança da empresa na disponibilidade de conteúdo digital e aplicações de terceiros; riscos associados às operações internacionais da empresa; o impacto potencial da eventual descoberta de que a empresa violou os direitos de propriedade intelectual de terceiros; a dependência da empresa no desempenho de distribuidores e outros revendedores dos seus produtos; o efeito que problemas de qualidade dos produtos ou serviços poderiam ter nas vendas e lucros operacionais da empresa; o trabalho e a disponibilidade ininterrupta dos principais executivos e funcionários da empresa; guerra; terrorismo; problemas de saúde pública e outras situações que poderiam interromper o fornecimento, a entrega ou a demanda por produtos; além de resultados desfavoráveis de ações judiciais. Outras informações sobre os fatores que poderiam afetar os resultados da empresa podem ser encontradas nos relatórios que a empresa envia regularmente nas seções “Fatores de Risco” (“Risk Factors”) e “Discussões e Análises da Administração de Condições Financeiras e Resultados de Operações” (“Management’s Discussion and Analysis of Financial Condition and Results of Operations”) dos relatórios públicos da empresa protocolados na SEC, incluindo o Formulário 10-K da empresa para o ano fiscal encerrado em 24 de setembro de 2011, o Formulário 10-Q para o ano fiscal terminado em 31 de dezembro de 2011; e seu Formulário 10-Q para o trimestre fiscal encerrado em 31 de março de 2012 a ser protocolado na SEC. A empresa não assume qualquer obrigação de atualizar quaisquer declarações prospectivas ou informações, que entram em vigor em suas respectivas datas.

A Apple desenvolve os Macs, os melhores computadores pessoais do mundo, assim como o OS X, iLife, iWork e softwares profissionais. A Apple lidera a revolução da música digital com os iPods e iTunes online store. A Apple reinventou o telefone móvel com o seu revolucionário iPhone e App Store, e está definindo o futuro da mídia móvel e dispositivos de computação com o iPad.

Contatos de Imprensa:
Maria Rodriguez
Apple
(+55 11) 5503-0024
mariapr@apple.com



Apple, o logo Apple, Mac, Mac OS e Macintosh são marcas comerciais da Apple. Outras empresas e nomes de produtos são marcas comerciais de seus respectivos donos.

Telefone para a imprensa +55 (11) 5503-0024