Apple e o Ambiente

Concebido a pensar na eficiência energética

Uma vez que uma parte significativa das emissões de gases com efeito de estufa da Apple resulta do consumo energético dos nossos produtos, eles são concebidos para serem o mais eficientes possível.

Utilização de energia reduzida.

Medimos as nossas emissões de gases com efeito de estufa de forma rigorosa. Ao contrário de outras empresas do sector, assumimos a responsabilidade pelas emissões produzidas pelos nossos produtos. É por isso que concebemos os nossos produtos para serem o mais eficientes a nível energético possível. É por isso que concebemos adaptadores de corrente que consomem muito pouca energia quando não estão a ser utilizados. E é por isso que nos certificamos de que o hardware e software trabalham em conjunto para conservar energia. Os resultados falam por si. Desde 2008, reduzimos o consumo médio de energia dos produtos Apple em 40%.

Certificação ENERGY STAR e muito mais.

Todos os Mac e monitores Apple não só cumprem como superam os rigorosos critérios de eficiência energética da especificação ENERGY STAR. A Apple é a única empresa no sector que pode fazer esta afirmação. De facto, os nossos computadores e os portáteis superam bastante as especificação de eficiência energética da ENERGY STAR: até 2,9 e 7,6 respetivamente. É porque concebemos o hardware e o software para os nossos produtos que conseguimos torná-los tão eficientes a nível energético. E investimos continuamente em nova tecnologia para torná-los ainda mais eficientes.

Eficiência energética integrada.

Existem três formas de reduzir o consumo energético de um produto: utilizar fontes de alimentação mais eficientes, componentes que requeiram menos energia e software de gestão de energia. Utilizamos todos estes três métodos na conceção dos produtos. Seguem-se alguns exemplos da forma como os aplicamos aos nossos produtos.

Sensor de luz ambiente, Ativação sob pedido, Eficiência da fonte de alimentação, Comutação automática de gráficos, Ligado em standby

Sensor de luz ambiente.

O MacBook Air, MacBook Pro, iMac, iPad, iPad mini, iPhone e o Apple Thunderbolt Display têm um sensor de luz ambiente. Este sensor ajusta de forma inteligente o brilho do ecrã de acordo com o ambiente, proporcionando o brilho perfeito para qualquer condição, ao mesmo tempo que minimiza a utilização de energia.

Ativação sob pedido.

Com o OS X, pode partilhar música, ficheiros, impressoras e até o seu ecrã com outros computadores na rede. Mesmo que o Mac esteja em hibernação. Tudo graças ao serviço denominado Bonjour Sleep Proxy em execução na sua estação base AirPort ou AirPort Time Capsule e à funcionalidade Ativação sob pedido. Assim que o pedido para aceder a um item partilhado estiver concluído, o Mac regressa à hibernação de acordo com o intervalo agendado. Isto poupa energia ao mesmo tempo que garante um acesso total a todos os ficheiros e dispositivos partilhados, mesmo que remotamente através da internet. A Apple TV também pode ser ativada sob pedido utilizando o telecomando ou transmitindo conteúdo sem fios do dispositivo iOS ou Mac.

Eficiência da fonte de alimentação.

A Apple concebe fontes de alimentação altamente eficientes, estudadas para reduzir a quantidade de energia gasta ao trazer a energia da tomada elétrica para o computador. Todos os produtos Mac incluem fontes de alimentação que excedem as normas de eficiência definidas pela ENERGY STAR para a especificação de computadores. E com os MacBook, os engenheiros da Apple foram ainda mais além e criaram adaptadores de corrente que consomem muito pouca energia quando não estão a ser utilizados: apenas 30 miliwatts, o que corresponde a cerca de 0,05% da energia consumida por uma lâmpada doméstica de 60 W.

Comutação automática de gráficos.

O MacBook Pro de 15 polegadas e o MacBook Pro com ecrã retina de 15 polegadas têm comutação automática de gráficos. Esta tecnologia inovadora comuta automaticamente os processadores gráficos para oferecer um melhor desempenho quando necessário (ao jogar os jogos 3D mais recentes, por exemplo) e maior autonomia da bateria em outras situações (como ao ler email). É outra forma que os produtos Apple utilizam para poupar energia e prolongar a autonomia da bateria em segundo plano.

Eficiência dos dispositivos iOS.

Numa era pós PC, os dispositivos iOS estão a substituir os tradicionais PC para muitas tarefas computorizadas. O iPad, iPhone e iPod touch são compactos e extremamente eficientes a nível energético, o que torna o seu impacto ambiental bastante mais reduzido do que o dos PC. Além disso, os chips A5 e A6 personalizados no interior destes dispositivos proporcionam um elevado desempenho e uma longa autonomia da bateria.

Ligado em standby.

Ao contrário de muitos sistemas PC com Windows, os sistemas Mac utilizam componentes de hardware eficientes em termos energéticos que trabalham em conjunto com o sistema operativo para conservar energia. O OS X desativa os discos rígidos, ativa automaticamente o modo de hibernação e coloca os sistemas num modo de consumo mínimo quando está desligado. De facto, o OS X nunca perde uma oportunidade de economizar energia, por mais reduzida que seja. Regula até o processador entre batimentos de teclas, reduzindo a energia entre as letras digitadas.