Safari. A melhor forma de navegar na internet.

O Safari no OS X Mavericks oferece novas formas de encontrar e tirar partido do melhor da internet. Funciona em conjunto com o iCloud para sincronizar a navegação entre todos os seus dispositivos. Protege a sua privacidade, carrega conteúdos de forma incrivelmente rápida e utiliza tecnologias de poupança de energia que permitem navegar durante mais tempo do que outros navegadores. O Safari é simplesmente a melhor forma de navegar na internet.

Partilha integrada. Navegue e partilhe as suas descobertas.

Partilhe tudo o que encontrar na internet, sem ter de sair do Safari. Basta clicar no botão de partilha e escolher: partilhe páginas da internet utilizando o Mail ou Mensagens, ou publique-as no Twitter ou Facebook. Pode até adicionar comentários e localizações. Basta iniciar a sessão uma única vez para configurar o Facebook e Twitter no Safari e não precisar de voltar a preencher os seus dados.

Potente. Mas sabe poupar na bateria.

O Safari usa tecnologias avançadas de poupança de energia que lhe permitem fazer tudo o que quiser na internet, sem ter de se preocupar com a bateria.

Navegue durante mais tempo com o Safari.

O Safari utiliza tecnologias de poupança de energia, como a App Nap, que mantém os separadores do Safari em segundo plano em modo de baixo consumo, até que voltem a ser usados. Além disso, o economizador de energia do Safari pausa os vídeos e os plug‑in, quando não são essenciais nas páginas da internet que está a visitar. Resumindo, o Safari no OS X Mavericks permite navegar durante mais uma hora do que com o Chrome ou o Firefox.1

Melhor eficiência da bateria

As tecnologias de poupança de energia permitem navegar durante mais tempo do que com o Chrome e Firefox.1

Obtenha até mais 1 hora de navegação com um único carregamento da bateria.

Protege a sua privacidade.

A privacidade não é uma dádiva, é um direito. É por isso que o Safari já traz funcionalidades avançadas de privacidade. Por predefinição, bloqueia cookies e dados de outras empresas que poderiam ser utilizados para controlar a sua atividade na internet e até pode solicitar às páginas que não o monitorizem.

Bloqueio de cookies e dados de outras empresas.

Por vezes, as páginas da internet visitadas deixam cookies de sites de outras empresas para controlar a sua navegação, apresentar anúncios ou criar um perfil das suas atividades online. O Safari foi o primeiro navegador a bloquear estes cookies por predefinição. E agora é o único a impedir que sites de outras empresas deixem dados na sua cache, armazenamento local ou bases de dados.

Navegação privada.

Para ajudar a manter a sua privacidade, o Safari dispõe da funcionalidade de navegação privada. Basta ativar a navegação privada e o Safari para de registar no histórico as páginas da internet que visita. Também deixa de guardar as pesquisas e os dados em formulários online que preencher.

Não monitorizar.

O Safari é compatível com uma nova norma de privacidade sem monitorização (Do Not Track). Basta ativar esta opção e o Safari solicita às páginas que visita que não o monitorizem, além de enviar automaticamente pedidos para não monitorizar quando utiliza a funcionalidade de navegação privada.

Proteção para o seu Mac. E para si.

O Safari usa tecnologias sofisticadas para o avisar caso detete uma página fraudulenta ou perigosa para o seu Mac. Caso se depare com um código nocivo na internet, o Safari pode impedir que este afete o resto do sistema, o que significa que também ajuda a manter o Mac em segurança. Automaticamente.

Proteção contra sites perigosos.

O Safari ajuda a protegê-lo de páginas da internet fraudulentas e com malware antes mesmo de as visitar. Se suspeita de uma página de internet, o Safari não a carrega e avisa-o.

Pensado para afastar ameaças.

A funcionalidade sandbox protege contra código nocivo e malware, limitando o que os sites podem fazer. Dado que o Safari executa as páginas da internet em processos separados, o código nocivo de um site é limitado a um único separador, não conseguindo bloquear todo o navegador ou aceder aos seus dados.

Maior segurança para plug-ins.

Os ficheiros PDF e os plug-ins mais comuns, como o Adobe Flash Player, Silverlight, QuickTime e Oracle Java são isolados no Safari, protegendo o sistema caso esses plug-ins sejam usados para um ataque. Para maior segurança, pode até executar apenas determinados plug-ins em páginas da internet específicas.

 Navegação sincronizada em todos os seus dispositivos.

Graças ao iCloud, as suas palavras-passe, marcadores, separadores e a Lista de leitura estão sempre atualizados em todos os dispositivos. Quer use o Mac, iPhone ou iPad, tem sempre aquilo que precisa.

Desempenho mais rápido. Espere menos e navegue mais.

O Nitro JavaScript no Safari tira proveito dos múltiplos núcleos de processador no Mac para reduzir os atrasos enquanto navega na internet. O Safari adapta-se às páginas da internet visitadas e seleciona a forma mais rápida de executar JavaScript, tornando a navegação mais rápida e reativa.

Perfeito para navegar na internet. E para criá-la.

O Safari baseia-se no WebKit, líder do sector das normas da internet e tem ferramentas avançadas, como o Web Inspector, que permite aos programadores criarem aplicações de internet.

WebKit.

O Safari baseia-se no WebKit, o motor de renderização open source que é usado para navegar na internet em mais de 1,5 mil milhões de dispositivos em todo o mundo. Foi o primeiro navegador compatível com normas multimédia avançadas, como as etiquetas de áudio e vídeo HTML5, e continua a utilizar tecnologias que permitem a inovação na internet.

Web Inspector.

O Web Inspector é a sua central de comando, proporcionando um acesso rápido e fácil a um conjunto de ferramentas de desenvolvimento nunca vistas num navegador. O Web Inspector tem agora um novo visual mais simples e mais ferramentas de desenvolvimento para criar e verificar a sua página da internet. Saiba mais

  1. Testes realizados pela Apple em outubro de 2013 utilizando sistemas de pré-lançamento MacBook Air de 13 polegadas com Intel Core i5 a 1,3 GHz com 4 GB de RAM e OS X v10.9. Testados com a versão de pré-lançamento do Safari 7.0, Chrome v30.0.1599.69 e Firefox v24.0. Sistemas testados com ligação de rede Wi‑Fi WPA2 utilizando a alimentação da bateria. O desempenho varia com base na configuração do sistema, nível de atividade das aplicações e outros fatores.
  2. Testes realizados pela Apple em outubro de 2013 utilizando sistemas de produção MacBook Air de 13 polegadas com Intel Core i5 a 1,3 GHz com 4 GB de RAM e OS X v10.9 de pré-lançamento. Testados com a versão de pré-lançamento do Safari 7.0, Chrome v30.0.1599.69 e Firefox v24.0. O desempenho varia com base na configuração do sistema, na ligação de rede e outros fatores.
  3. Testes realizados pela Apple em outubro de 2013 utilizando o teste de desempenho JavaScript JSBench 2013.1 em sistemas de produção MacBook Air de 13 polegadas com Intel Core i5 a 1,3 GHz com 4 GB de RAM e OS X v10.9 de pré-lançamento. Testados com a versão de pré-lançamento do Safari 7.0, Chrome v30.0.1599.69 e Firefox v24.0. O desempenho varia com base na configuração do sistema, na ligação de rede e outros fatores.
  4. Testes realizados pela Apple em outubro de 2013 utilizando o teste de desempenho JavaScript SunSpider 1.0.2 em sistemas de produção MacBook Air de 13 polegadas com Intel Core i5 a 1,3 GHz com 4 GB de RAM e OS X v10.9 de pré‑lançamento. Testados com a versão de pré‑lançamento do Safari 7.0, Chrome v30.0.1599.69 e Firefox v24.0. O desempenho varia com base na configuração do sistema, na ligação de rede e outros fatores.