Informações para a imprensa

Apple expande programa de retorno do capital para mais de 130 mil milhões de dólares

Conselho de Administração também aprova fracionamento de ações (stock split) de sete para um

CUPERTINO, Califórnia – 23 de abril de 2014 – A Apple anunciou hoje que o seu Conselho de Administração autorizou um novo aumento significativo do programa da empresa para devolver capital aos acionistas. Até ao final do ano de calendário de 2015, a empresa prevê utilizar um total superior a 130 mil milhões de dólares no âmbito do programa expandido.

Ao abrigo do programa, o Conselho aumentou a sua autorização de recompra de ações para 90 mil milhões de dólares, mais 30 mil milhões de dólares em relação ao valor anunciado no ano anterior. A empresa prevê continuar a utilizar anualmente cerca de mil milhões de dólares para a aquisição de direitos através da liquidação de unidades de ações restritas.

Além disso, o Conselho de Administração aprovou um aumento de aproximadamente 8% nos dividendos trimestrais da empresa, e declarou um dividendo de 3,29 dólares por ação ordinária, pago aos acionistas a 15 de maio de 2014, com data do fecho do exercício a 12 de maio de 2014. A empresa também tenciona aumentar anualmente o seu dividendo. Com pagamentos anuais de 11 mil milhões de dólares, a Apple está entre as maiores pagadoras de dividendos do Mundo.

De agosto de 2012 a março de 2014, a Apple gastou 66 mil milhões de dólares no seu programa de retorno do capital.

Para ajudar ao financiamento do programa, a empresa prevê aceder a mercados de dívida pública durante 2014, tanto a nível nacional como internacional, para uma quantia de dívida a prazo semelhante à de 2013. A equipa de gestão e o Conselho de Administração vão continuar a rever anualmente cada elemento do programa de retorno do capital.

“Estamos a anunciar um aumento significativo do nosso programa de retorno do capital”, afirmou Tim Cook, CEO da Apple. “Estamos confiantes no futuro da Apple e vemos um grande valor nas ações da Apple, por isso vamos continuar a destinar a maioria do nosso programa à recompra de ações. Estamos também satisfeitos por aumentar o nosso dividendo pela segunda vez em menos de dois anos.”

O Conselho de administração também anunciou um fracionamento de ações de sete para um. Cada acionista Apple no fecho do exercício a 2 de junho de 2014 vai receber seis ações adicionais por cada ação em sua posse na data de registo, e as negociações vão ser iniciadas numa base dividida-ajustada a 9 de junho de 2014.

Este comunicado de imprensa contém, entre outros, projeções relativamente a perspetivas de negócio e planos para dividendos, recompras de ações e emissão de dívida pública. Estas projeções implicam riscos e incertezas, sendo que os resultados reais podem variar. Os riscos e as incertezas incluem, sem limitação, o efeito de factores competitivos e económicos, e a reação da empresa a esses factores, nas decisões de compra de consumidores e empresas relativamente aos produtos da empresa; pressões competitivas continuadas no mercado; a capacidade da empresa fornecer para o mercado e estimular os pedidos de clientes de novos programas, produtos e inovações tecnológicas de forma atempada; os efeitos que as introduções e transições de produtos, alterações ao preço do produto ou mistura, e/ou aumentos nos preços dos componentes poderiam ter na margem bruta da empresa; o risco de inventário associado à necessidade da empresa de encomendar ou comprometer-se a encomendar componentes de produto antes de receber as encomendas dos clientes; a disponibilidade continuada em termos aceitáveis de determinados componentes e serviços essenciais para o negócio da empresa, atualmente obtidos de fontes únicas ou limitadas; o efeito que a dependência da empresa nos serviços de fabrico e logística fornecidos por terceiros pode ter na qualidade, quantidade ou custo dos produtos produzidos ou serviços criados; riscos associados às operações internacionais da empresa; a confiança da empresa em conteúdo digital e propriedade intelectual de outros; o potencial impacto de uma descoberta que a empresa infringiu os direitos de propriedade intelectual de outros; a dependência da empresa no desempenho dos distribuidores, transportadores e de outros revendedores dos produtos da empresa; o efeito que problemas na qualidade do produto e serviço poderiam ter nas vendas e lucros operacionais da empresa; o serviço continuado e disponibilidade de executivos e funcionários principais; guerra, terrorismo, questões de saúde pública, desastres naturais e outras circunstâncias que poderiam afetar o fornecimento, a entrega ou o pedido de produtos; e resultados não favoráveis de outros procedimentos legais. Nas secções "Risk Factors" e "Management’s Discussion and "Analysis of Financial Condition and Results of Operations" dos relatórios públicos da empresa submetidos à SEC é, ocasionalmente, adicionada mais informação sobre potenciais factores que podem afetar os resultados financeiros da empresa, incluindo o relatório anual (Form 10-K) da empresa para o ano fiscal terminado a 28 de setembro de 2013, o relatório intermédio (Form 10-Q) para o trimestre terminado a 28 de dezembro de 2013 e o relatório intermédio (Form 10-Q) para o trimestre terminado a 29 de março de 2014, a ser submetido à SEC. A empresa não assume qualquer obrigação de atualizar quaisquer informações ou projeções, cuja comunicação reporta às respetivas datas.

A Apple concebe a gama Mac, os melhores computadores pessoais do mundo, juntamente com o OS X, iLife, iWork e software profissional. A Apple lidera a revolução em música digital com a gama iPod e a iTunes Store online. A Apple reinventou o telemóvel com os revolucionários iPhone e App Store, e está a definir o futuro da multimédia móvel e dos dispositivos informáticos com o iPad.

Contactos de imprensa:
Paco Lara
Apple
+34 91 354 2965
paco.lara@apple.com

Frederico Rocha
936 101 392
frocha@edc.pt

© 2014 Apple Inc. Todos os direitos reservados. Apple, o logótipo Apple, Mac, Mac OS e Macintosh são marcas registadas da Apple. Outros nomes de produtos e empresas podem ser marcas comerciais das respetivas empresas.

Apple Media Helpline 800 207 785