ALERTA À IMPRENSA Janeiro 26, 2016

Apple reporta resultados financeiros recordes no primeiro trimestre

Empresa supera número de receitas anteriores com iPhone, Apple Watch, Serviços & Apple TV 

Os resultados apresentam lucros trimestrais recordes de US$18,4 bilhões

CUPERTINO, Califórnia, EUA — 26 de janeiro de 2016 —  A Apple® anunciou hoje os resultados do primeiro trimestre do ano fiscal de 2016, encerrado em 26 de dezembro de 2015. A empresa registrou recorde da receita trimestral de US$75,9 bilhões e de renda trimestral de US$18,4 bilhões, ou US$ 3,28 por ação diluída. Esses resultados se comparam com a receita de US$ 74.6 bilhões e renda líquida de US$ 18 bilhões, ou US$ 3,06 por ação diluída do mesmo trimestre do ano passado. As vendas internacionais representaram 66% da receita do trimestre.
“Nossa equipe entregou os maiores resultados que a Apple já produziu, graças aos produtos mais inovadores do mundo, e bateu o recorde de vendas com o iPhone, Apple Watch e Apple TV,” declarou Tim Cook, Presidente Executivo da Apple. “O crescimento da nossa área de Serviços acelerou durante o trimestre e produziu resultados recordes, e nossa base instalada recentemente ultrapassou um marco importantíssimo de um bilhão de dispositivos ativos.”
“Nosso número de vendas e margens sólidas nos levaram a bater nossos maiores resultados de todos os tempos em termos de renda líquida e lucro por ação, a despeito de um ambiente macroeconômico muito difícil,” declarou Luca Maestri, Diretor Executivo Financeiro da Apple. “Geramos um fluxo de caixa operacional de US$ 27,5 bilhões durante o trimestre e distribuímos mais de US$ 9 bilhões aos nossos investidores por meio de recompra de ações e dividendos. Nós agora completamos US$ 153 bilhões do nosso programa de retorno de capital de US$ 200 bilhões.”
A Apple apresenta para o segundo trimestre do ano fiscal de 2016:
• receita entre US$ 50 bilhões e US$ 53 bilhões
• margem bruta entre 39 e 39,5%
• despesas operacionais entre US$ 6 bilhões e US$ 6,1 bilhões
• outras rendas/(despesas) de US$ 325 milhões
• taxa de imposto de 25,5%
O Conselho Diretor da Apple declarou dividendos de US$ 0,52 por ação, sobre as ações ordinárias da Companhia. Os dividendos serão pagos em 11 de fevereiro de 2016 aos acionistas registrados até o final do expediente de 8 de fevereiro de 2016.
A Apple transmitiu ao vivo a conferência telefônica de participação dos resultados financeiros do primeiro trimestre do ano fiscal de 2016 às 14h (horário do Pacífico) no dia 26 de janeiro de 2016, no site www.apple.com/investor/earnings-call/. Esta transmissão online está disponível para retransmissão por aproximadamente duas semanas após a conferência telefônica.
Este comunicado à imprensa contém declarações de expectativas de tendências incluindo, mas não limitado a, declarações sobre expectativas de receita, margem bruta, despesas operacionais, outras rendas/(despesas) e taxas de impostos referentes à Companhia. Tais declarações envolvem riscos e incertezas e os resultados reais podem diferir de tais expectativas. Os riscos e incertezas incluem, mas não se limitam, ao efeito de fatores econômicos e de concorrência e a reação da Companhia a esses fatores, sobre os consumidores e decisões de compras de negócios referentes aos produtos da Companhia; as constantes pressões da concorrência no mercado; a capacidade de entrega da Companhia no seu mercado de atuação e de estimular a demanda do consumidor por novos programas, produtos e inovações tecnológicas em tempo hábil; o efeito que as introduções de novos produtos e transições, mudanças nos preços ou mix de produtos e/ou aumentos dos custos dos componentes terão na margem bruta da Companhia; os riscos de estoques associados à necessidade da Companhia de encomendar ou de comprometer-se a encomendar em adiantado componentes de produtos para satisfazer as encomendas dos consumidores; a continuada disponibilidade, em termos aceitáveis, de certos componentes e serviços essenciais aos negócios da Companhia, os quais ela obtém atualmente por meio de fontes únicas ou limitadas; o efeito que a dependência da Companhia em termos de fabricação e logística de serviços fornecidos por terceiros pode ter sobre a qualidade, quantidade ou custo dos produtos fabricados ou serviços prestados; os riscos associados às operações internacionais da Companhia; a dependência da Companhia na propriedade intelectual e conteúdo digital de terceiros; o impacto de uma potencial descoberta que a Companhia tenha infringido algum direito de propriedade intelectual de terceiros; a dependência da Companhia no desempenho dos distribuidores, transportadores e outros comerciantes dos produtos da Companhia; o efeito que os problemas de qualidade dos produtos e serviços possa vir a ter sobre as vendas e os lucros operacionais da Companhia; o continuado serviço e disponibilidade de executivos e funcionários de importância crítica; guerra, terrorismo e questões de saúde pública, desastres naturais e outras circunstâncias que possam vir a afetar o suprimento, a entrega ou a demanda de produtos; e os resultados desfavoráveis em processos judiciais. Maiores informações sobre fatores potenciais que possam afetar os resultados financeiros da Companhia estarão incluídas, de tempos em tempos, nas seções “Fatores de Risco” e Discussões e Análise da Administração sobre a Situação Financeira e os Resultados Operacionais da Companhia” contidas nos relatórios financeiros da empresa publicados na SEC [Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos], incluindo o Formulário 10-K para o ano fiscal encerrado em 26 de setembro de 2015, e o Formulário 10-Q para o trimestre encerrado em 26 de dezembro de 2015, a serem submetidos à SEC. A Companhia não assume obrigação alguma de atualizar quaisquer declarações de expectativas de tendências ou informações referentes às suas respectivas datas.
A Apple revolucionou a tecnologia pessoal com a introdução do Macintosh em 1984. Atualmente, a Apple é líder mundial em inovação com o iPhone, iPad, Mac, Apple Watch e a Apple TV. As quatro plataformas de software da Apple — iOS, OS X, watchOS e tvOS oferecem experiência contínua através de todos os produtos Apple e capacita os usuários através de serviços revolucionários, que incluem App Store, Apple Music, Apple Pay e iCloud. Os 100.000 funcionários da Apple dedicam-se em fazer os melhores produtos do planeta e a deixarem o mundo melhor do que encontraram.

Contatos de Imprensa:
Erica Souza
Apple
+55 (11) 5503-1502
erica_souza@apple.com  



A Apple, o logotipo da Apple, iPhone, GarageBand, iPad, iCloud, Logic Pro X, Apple Music, Retina, iPad Pro e App Store são marcas comerciais da Apple. Outros nomes de companhias e de produtos podem ser marcas comerciais de seus respectivos proprietários.