FEATURE Julho 5, 2018

A App Store completa 10 anos

Como a criatividade, a inovação e o empreendedorismo motivaram um fenômeno mundial de apps

Animação de várias atividades acontecendo em vários botões móveis sobre um iPhone.
Em 10 anos, a App Store mudou o modo como as pessoas vivem, trabalham e se divertem.
Quando a Apple lançou a App Store, no dia 10 de julho de 2008, com 500 apps, ela causou um fenômeno cultural, social e econômico que mudou o modo como as pessoas trabalham, se divertem, viajam e muito mais. Na última década, a App Store tornou-se um lugar seguro onde usuários de todas as idades podem obter os melhores apps e o centro de uma economia vibrante centrada em apps onde prosperaram desenvolvedores com as mais variadas experiências e do mundo todo. Hoje, clientes em 155 países visitam a App Store com mais frequência, passam mais tempo nela e baixam e usam mais apps do que nunca.
Muitos momentos incríveis aconteceram desde a chegada dos apps ao iPhone e ao iPad, e os fatos e depoimentos a seguir refletem alguns dos mais importantes nos últimos 10 anos, mostrando como a App Store democratizou a distribuição de software e transformou o nosso dia a dia.

I. App Store abre portas para desenvolvedores e proporciona uma experiência totalmente nova aos clientes

A App Store é uma solução inovadora para os desenvolvedores distribuírem software e os clientes usarem apps como nunca.
Phil Schiller, senior vice president, Worldwide Marketing, Apple: “Na sua primeira década de vida, a App Store superou nossas melhores expectativas — de apps inovadores que eram o sonho de qualquer desenvolvedor a clientes que fizeram dos apps uma parte fundamental do seu dia a dia. E isso é só o começo. Estamos muito orgulhosos com o que os desenvolvedores criaram e o que os próximos 10 anos nos reservam.”
Marco Arment, desenvolvedor da Overcast e desenvolvedor com longa experiência no iOS: “Desde o primeiro dia, a App Store é a maneira mais fácil para os desenvolvedores alcançarem o maior número de pessoas com nossos apps. Ela eliminou o atrito e a sobrecarga de configurar nossos próprios sistemas de distribuição e pagamento, deixando o desenvolvimento muito mais acessível a todos. Ela também permitiu que a gente mantivesse o foco na nossa verdadeira paixão: criar os melhores apps possíveis. Nesses 10 anos de existência, a App Store se transformou no ecossistema de software mais rico, diversificado e acessível que o mundo já viu.”
Chad Evans, vice-presidente sênior, Desenvolvimento de Produtos, Liga Profissional de Beisebol: “No dia do lançamento da App Store, havia muita animação e ansiedade no ar. Estávamos realmente empolgados para ver o MLB At Bat entre os primeiros 500 apps, mas acho que ninguém percebeu, naquela época, o impacto gigantesco que esses apps teriam no jeito como os torcedores vivem os esportes. Temos sorte em fazer parte do crescimento histórico da App Store nesses 10 anos. E é maravilhoso pensar nas oportunidades que os próximos 10 anos vão trazer enquanto continuamos a trabalhar com a Apple para conectar cada vez mais os fãs a seus times favoritos e ao beisebol.”
iPhone da primeira geração com a primeira App Store para iOS na tela.
Desde 2008, com a sua primeira interação, a App Store ofereceu de imediato uma experiência mágica aos clientes, colocando um mundo totalmente novo de software nas mãos deles.
Antes de 2008, o negócio de softwares era dominado por algumas grandes empresas. A App Store abriu as portas para qualquer desenvolvedor. Com ela, profissionais independentes e grandes estúdios que tivessem uma boa ideia poderiam criar um app de alta qualidade e oferecê-lo sem dificuldades a um número cada vez maior de clientes no mundo todo. Hoje, esse número ultrapassa 1 bilhão de pessoas.
MLB At Bat, Tap Tap Revenge, Trism, The New York Times, eBay e Travelocity representam a ampla gama de apps oferecidos desde o início, dando vida a um jeito todo novo de viajar, jogar, ler notícias e se informar sobre jogos bem na palma da mão.
Proteger a privacidade do usuário é o valor que norteia o ecossistema da Apple. Por isso, sempre tomamos muito cuidado em fornecer diretrizes claras para desenvolvedores e fazer seleções cuidadosas para proporcionar um mercado de apps seguro e confiável. Isso garante a melhor experiência possível quando clientes do mundo todo descobrem e acessam apps.

II. Sucesso das empresas Mobile First

iPhone com o app de meditação Calm na tela.
A App Store incentivou novos ramos de negócios e mudou o modo como os clientes interagem com empresas e start-ups como Calm.
Keith Shepherd e Natalia Luckyanova, fundadores da Imangi Studios, criadora do Temple Run: “A App Store e o iPhone mudaram a nossa vida. Nosso primeiro jogo, Imangi, foi lançado no mesmo dia em que a App Store. Dez anos depois, criamos mais de 10 jogos, inclusive o Temple Run, que foi baixado mais de UM BILHÃO de vezes. Nosso estúdio passou de duas pessoas para mais de 35. Nada disso teria sido possível sem a App Store.”
O hardware moderno e o software de evolução rápida da Apple, aliados às ideias criativas dos desenvolvedores que viram o potencial do iPhone, deram origem a novos setores de negócios que mudariam para sempre o modo como as pessoas vivem, trabalham e se divertem – uma verdadeira revolução que continua até hoje.
Start-ups como Instagram, Calm, Uber e Instacart adotaram a câmera do iPhone, o Apple Pay, o GPS e os Serviços de Localização para oferecer experiências personalizadas e sob demanda que criaram negócios bilionários usando apps na App Store. Ao mesmo tempo, tanto empresas tradicionais quanto aquelas que começaram como sites, por exemplo, Twitter, Facebook, eBay, Yelp, Airbnb e Amazon, começaram a criar apps de acordo com os novos comportamentos dos clientes.
Dessa forma, os apps se tornaram um dos métodos mais importantes de interação dos clientes com as empresas e para lidar com as tarefas diárias, como reservar um voo, hotel ou restaurante, comprar presentes ou pagar contas.

III.  O mundo dos jogos decola e conquista novos fãs

Um grupo de pessoas jogando Pokémon Go em um parque de Hong Kong à noite.
A App Store é o mercado de jogos mais popular que existe, pois oferece de tudo: de jogos novos e originais a favoritos tradicionais como Pokémon Go.
Shigeru Miyamoto, diretor-representante e assistente, Nintendo: “Estamos muito felizes em oferecer o Super Mario Run, uma nova modalidade do Super Mario que você pode jogar usando apenas uma das mãos no iPhone e com centenas de milhões de consumidores, graças à App Store. Usamos a App Store para compartilhar a alegria dos jogos da Nintendo com muitos públicos novos e vamos continuar trabalhando para proporcionar experiências novas e únicas aos clientes da App Store.”
Riccardo Zacconi, CEO da King, criadora do Candy Crush: “Lançamos o Candy Crush Saga na App Store há mais de cinco anos e isso foi maravilhoso, porque conseguimos alcançar um público mundial totalmente novo. Nossos jogos foram usados nos sete continentes, inclusive na Antártida! Isso mostra como a influência e o alcance da App Store cresceram.”
Daniel Wu, presidente da Hero Entertainment, criadora da Red Tides: “A App Store nos dá a oportunidade de oferecer ótimas experiências de eSports para desktops e aparelhos móveis. Com ela, torcedores e jogadores se encontram online e offline, se divertem com a magia dos jogos e até descobrem novas maneiras de socializar.”
A App Store colocou os jogos em evidência graças à tecnologia Multi-Touch, tão fácil de usar no iPhone e iPad. A praticidade de jogar onde quer que o usuário esteja também contribuiu para isso. Os clientes foram atraídos pelos primeiros títulos, como Super Monkey Ball, PAC-MAN, Angry Birds, Words With Friends, Real Racing e Temple Run, e isso fez do iOS a plataforma de jogos mais popular do mundo.
Jogos como Heads Up!, Pokémon Go, HQ e Fortnite criaram momentos culturais compartilhados no mundo todo, enquanto as novas tecnologias levaram a qualidade dos jogos para console aos aparelhos celulares, inclusive Vainglory, The Witness e Arena of Valor, oferecendo uma experiência sem igual para mais de 1 bilhão de clientes.

IV. Compras no app e assinaturas que desbloqueiam experiências

iPhone X com o app Headspace na tela.
A compra dentro do app possibilita que desenvolvedores ofereçam apps de graça. Assim, os clientes avaliam o produto antes de pagar para desbloquear mais funcionalidades. Já as assinaturas de apps como Headspace ajudam os clientes a acessar novos recursos.
Horace Dediu, analista, Asymco: “A App Store transformou completamente o modo como as pessoas acessam e pagam software e serviços. Só mesmo com o poder de um ecossistema de software, as assinaturas poderiam surgir e atingir um nível tão alto. A App Store criou um método para que outros pudessem ter sucesso. Isso significa muito mais empreendedores do que poderíamos ter pensado, de maneiras inimagináveis até então, e ainda permitiu que as pessoas fossem criativas em dimensões totalmente novas.”
Com o lançamento do recurso de compras dentro do app (in-app purchase, ou IAP) em 2009, os clientes passaram a poder baixar um app e depois pagar para desbloquear níveis e funcionalidades diferentes. Isso permitiu que mais pessoas testassem apps novos antes de assumir o compromisso de comprá-los. Em junho de 2010, os desenvolvedores já haviam recebido 1 bilhão de dólares em compras dentro de apps e apps pagos.
Em 2011, a App Store começou a distribuir apps com assinatura e, em 2016, expandiu essa opção para todas as suas 25 categorias, incluindo Jogos, Infantil e Saúde e Bem-estar. Mais de 28.000 apps para iOS agora oferecem assinaturas, por exemplo, Netflix, iQiYi, Tinder, LinkedIn, Sing! By Smule, Headspace e Dropbox, facilitando para milhões de clientes novos a descoberta e o acesso instantâneos ou o cancelamento desses serviços. No ano passado, as assinaturas representaram 95% das vendas. Até junho de 2018, os desenvolvedores já ganharam mais de US$ 100 bilhões na App Store.

V. Novos horizontes para o entretenimento via streaming

Mulher assistindo a um filme no iPad ao ar livre.
Mais clientes assistem a programas de TV, filmes e vídeos onde quer que estejam.
Richard Plepler, presidente e CEO, HBO: “Quando decidimos começar o HBO NOW, tínhamos certeza de que nosso parceiro de lançamento exclusivo tinha que ser a Apple. Anunciar o serviço de streaming com a Apple e a chegada do HBO NOW na App Store é um dos momentos mais importantes de toda a história da HBO.”
A App Store é o epicentro de um boom do consumo de vídeo móvel. Os tamanhos de tela maiores e as resoluções superiores do iPhone e do iPad deixaram nossos clientes mais propensos a assistir a vídeos onde quer que estejam, enquanto serviços como HBO NOW, Hulu, Netflix e Sling TV, além dos vários programas de qualidade, permitem que os clientes apreciem o entretenimento que adoram quando e onde quiserem.

VI. Criatividade, produtividade e educação muito além dos limites do escritório ou da sala de aula

Apple Pencil sendo usado para uma divisão longa em um iPad.
Apps de criatividade, produtividade e educação permitem que os clientes aprendam de maneiras divertidas e envolventes.
James Cuda, fundador e CEO da Savage Interactive, criadora do Procreate: “Desde o início, queríamos vender o Procreate só pela App Store porque assim podíamos alcançar clientes em toda parte. Essa estratégia facilita implementar novos recursos, responder a feedbacks e ainda garante que os artistas tenham a melhor experiência possível. Fazer parte da jornada da App Store foi um desafio, pois milhões de clientes estão ainda na fase de descobrir a criação da arte digital, enquanto muitos artistas renomados do setor já consideram poderosa a combinação do Procreate com iPad Pro e Apple Pencil. O Procreate simplesmente não seria possível sem a App Store.”
Yan Lin, CEO da Dr. Panda, desenvolvedora de jogos infantis populares: “Graças às oportunidades ótimas que conquistamos por meio da App Store, a Dr. Panda se transformou de uma pequena start-up chinesa em uma marca global para crianças, adorada tanto pelos pequenos como seus pais e com 50 milhões de downloads no mundo todo em apenas seis anos.”
Em 2010, a tela gigante do iPad veio com novas possibilidades de criação e aprendizado para os clientes. Profissionais do mundo todo escolhem o iPad Pro para explorar novos níveis de criatividade e produtividade. Isso se deve às suas características de portabilidade e versatilidade que permitem que pessoas de todos os níveis de conhecimento e formações usem o iPad como uma ferramenta para trabalhar e se divertir. Atualmente, os clientes contam com mais de 1,3 milhão de apps desenvolvidos para iPad, incluindo Procreate, Lightroom, Microsoft Office 365 e Prêt-à-Template, que despertam a criatividade onde quer que as pessoas estejam, além dos limites do escritório ou do estúdio, e onde quer que a inspiração apareça.
Com mais de 200.000 apps educativos e de referência, como Explain Everything e The Elements from Touch Press, o iPad ajudou a fomentar maneiras novas e interativas de aprender, expressar a criatividade e incentivar a colaboração. Além disso, apps educativos como Froggipedia, WWF Free Rivers e Boulevard AR, logo adotaram a realidade aumentada (AR), deixando a experiência de aprendizado ainda mais imersiva para os estudantes.

VII. Apps de saúde, exercícios e bem-estar ganham popularidade

Kayla Itsines do Sweat faz uma rotina de exercícios no palco da WWDC.
Apps de exercícios como o Sweat incentivam usuários do iPhone, iPad e Apple Watch a se manter ativos e a levar uma vida mais saudável.
Tobi Pearce, CEO e fundador do Sweat, um app de exercícios e comunidade para mulheres, e Kayla Itsines, co-criadora do BBG Guide e instrutora do Sweat: “A App Store dá ao Sweat a capacidade de tocar e melhorar a vida de milhões de pessoas no mundo todo por meio da saúde e de exercícios, criando uma ampla comunidade e oferecendo flexibilidade quando, onde e como os usuários treinam. Fazer parte do ecossistema da Apple nos proporcionou oportunidades de crescimento que mudaram a trajetória da nossa organização.”
Francoise A. Marvel, MD, Corrie Health Team, Johns Hopkins, Cardiology: “Nos últimos 10 anos, a App Store colaborou para o avanço da inovação nos cuidados com o paciente ao criar uma plataforma para os melhores apps médicos, como Corrie at Johns Hopkins. Nossa pesquisa de saúde móvel confia na App Store para oferecer aos nossos pacientes apps que salvam e mudam vidas.”
O Apple Watch e o HealthKit abriram caminho para os desenvolvedores criarem apps de saúde, exercícios e bem-estar mais inovadores, inteligentes e interativos. Isso, por sua vez, inspirou os clientes a praticar mais atividades e ter mais consciência sobre sua saúde. Os downloads desses apps aumentaram 75% desde o lançamento do Apple Watch, com o Zova, Nike, Lose It!, Dexcom, One Drop, Glow, 10% Happier e Yoga Glo no topo da lista.
Mais de 500 médicos e pesquisadores usaram as ferramentas de software ResearchKit e CareKit da Apple para estudos clínicos com 3 milhões de participantes nas mais variadas condições, por exemplo, autismo, doença de Parkinson, reabilitação pós-cirurgia em casa e fisioterapia. Graças a essas ferramentas inovadoras, os clientes usam cada vez mais apps para iOS e Apple Watch para monitorar sua saúde e bem-estar em geral.

VIII. Apps de acessibilidade dão poderes especiais

Professor trabalhando com aluno usando um iPad.
Os recursos de acessibilidade integrados ao iOS são essenciais para clientes com necessidades especiais.
Richard Ellenson, desenvolvedor e CEO, Cerebral Palsy Foundation: “No mundo da tecnologia assistiva e da acessibilidade, é impossível exagerar a importância da App Store. Para pessoas com deficiências, para profissionais, familiares e todos que já consideraram o potencial de alguém que é um pouco diferente — ou que enfrenta desafios — a App Store significou uma grande transformação. Eu a vi despertar o potencial e as possibilidades de milhares de pessoas. E a história pela qual tenho mais carinho é a do meu próprio filho: um jovem de 20 anos inteligente e independente que tem paralisia cerebral. Meu filho usa cadeira de rodas e é nela que seu espírito voa. A voz dele vem do iPad, ele faz o dever de casa no iPad, sua vida social se baseia nos apps do iPad, suas opções de entretenimento estão no iPad e ele até fez um monólogo usando o iPad. Não consigo imaginar a vida do meu filho sem essa tecnologia mágica. E conheço muitas outras pessoas que pensam o mesmo. Não é absurdo dizer que a App Store foi o maior progresso que já aconteceu na área de acessibilidade.”
David Niemeijer, fundador e CEO, AssistiveWare, criadora de apps de acessibilidade: “A App Store deixou a vida muito mais acessível e ficou mais fácil para a AssistiveWare concretizar sua visão de criar um mundo sem barreiras de comunicação. Sem ela, a AssistiveWare provavelmente ainda seria um desenvolvedor solitário para Mac. Agora, fornecemos apps de comunicação para iOS a mais de 200.000 pessoas no mundo todo, e muitas delas não poderiam se comunicar com tanta desenvoltura sem esses apps.”
Desde 2009, milhões de clientes se beneficiaram com apps como Lyft, Twitter, Starbucks e TED que incorporam recursos de acessibilidade diversificados integrados ao iOS, incluindo VoiceOver, enquanto outros, como Voice Dream Reader e CP Channel, ofereceram um suporte fundamental a comunidades com necessidades especiais. Com recursos de acessibilidade perfeitamente conectados, esses apps ajudam mais clientes e proporcionam uma experiência de usuário mais inclusiva e envolvente.

IX. Programação que inspira as futuras gerações

Quatro desenvolvedores estudantes na WWDC18.
Desenvolvedores estudantes na WWDC estão comprometidos em melhorar suas habilidades de desenvolvimento de software e viajaram do mundo todo para formar uma comunidade única e solidária não só na conferência.
Amanda Southworth, diretora executiva da Astra Labs, criadora do anxietyhelper e do Verena: “Sem dúvida nenhuma, a Apple transformou o modo como desenvolvedores e usuários se conectam. Até hoje, a App Store continua inovando e é única no mercado. Com o trabalho sem fins lucrativos que estou fazendo, é importante que nossos resultados sejam encontrados e distribuídos com facilidade, e é exatamente aí que entra a App Store. Ela criou oportunidades pelas quais sou grata todos os dias e estou muito feliz por fazer parte da comunidade que chama a App Store de lar.”
Masako Wakamiya, desenvolvedor do hinadan, app baseado em uma tradicional celebração japonesa conhecida como Festival de Bonecas: “Quando fiz 82 anos, comecei a pensar em criar jogos para pessoas idosas. Aprendi a programar com os amigos e criei um app para iPhone. Com frequência, as pessoas me perguntam ‘O que motivou você a fazer isso?’. Elas acham que idosos tendem a viver do passado. Mas eu acho que é melhor olhar para a frente e abraçar coisas novas que enriquecem a nossa vida. Meu app é oferecido em japonês, inglês e chinês, possibilitando que eu me conecte com pessoas no mundo todo. Eu fico animada só de pensar nisso. E tudo graças à App Store.”
Todo ano, a Apple promove o encontro de milhares de desenvolvedores de software de diversas partes do mundo. Na Conferência Mundial de Desenvolvedores da Apple (WWDC), eles discutem as últimas novidades em apps. A partir de 2013, a Apple passou a conceder bolsas de estudo a cerca de 150 estudantes e, até 2018, esse número havia aumentado para 350 estudantes talentosos e membros de organizações STEM de 42 países. Os vencedores das bolsas de estudo ganham ingresso para a conferência, além de hospedagem e um ano de associação ao Apple Developer Program. Pessoas que já ganharam a bolsa de estudo criaram suas organizações STEM sem fins lucrativos para incentivar os colegas a aprender a programar e desenvolveram apps que abordam questões como saúde mental, segurança e mudança climática.
Em 2016, a Apple lançou o currículo Programação para Todos com o objetivo de incentivar o aprendizado, a criação e o ensino de programação. Hoje, ele é oferecido a dezenas de milhões de estudantes no planeta que podem aprender a programar, resolver problemas e criar apps que vão transformar o futuro. Também em 2016, a Apple lançou o Swift Playgrounds, um app inovador para iPad que dá vida a conceitos reais de programação com uma interface interativa para estudantes e iniciantes de todas as idades que exploram o trabalho com a linguagem de programação Swift da Apple.

X. Novos recursos da App Store incentivam a descoberta

iPhone X com a aba Hoje selecionada na App Store.
A nova aba Hoje destaca histórias de apps interessantes e, nas abas Apps e Jogos, os clientes podem explorar e descobrir com facilidade novos apps para baixar.
Dan Gray, chefe de estúdio, ustwo Games, criador do Monument Valley: “Desenvolvemos nossa seleção completa com base na App Store e milhões de pessoas no mundo todo que não gostavam tanto assim de jogos hoje se divertem com nossos produtos. A renovação da App Store apresentou aos jogadores quem são os criadores dos apps que eles usam todos os dias. A humanização dos apps só pode ser uma coisa boa e mostrar como eles são criados vai inspirar a próxima geração de criadores do mundo.”
Em 2017, a Apple revelou a nova App Store, criando um destino diário com as abas dedicadas Jogos e Apps, onde os clientes encontram exatamente o que procuram ou se inspiram a tentar algo novo. Além disso, eles conhecem os autores dos apps que conhecem e adoram. Agora, a App Store conta com mais de 500 milhões de visitantes por semana que passam mais tempo descobrindo novos apps do que nunca, e centenas de histórias na aba Hoje foram lidas por mais de 1 milhão de pessoas.

XI. A revolução da realidade aumentada

Menino sentado em frente a um LEGO em um quarto, segurando um iPad com o LEGO AR City na tela.
O iOS 11 trouxe a realidade aumentada para centenas de milhões de usuários do iPhone e iPad, e o sistema operacional se tornou a maior plataforma de AR do mundo.
John Hanke, CEO, Niantic: “Quando fundamos a Niantic, nosso objetivo era desenvolver uma tecnologia que inspirasse as pessoas a explorar suas comunidades, se exercitar e se divertir com amigos e familiares no mundo real. Além de deixar o Pokémon GO e o Ingress facilmente acessíveis para centenas de milhões de pessoas no mundo todo, a App Store fez um trabalho fantástico ao destacar nossas comunidades de jogadores, contando histórias para informar e educar nossos jogadores e simplificando a implementação contínua de recursos para nosso time de desenvolvimento.”
A realidade aumentada é uma tecnologia revolucionária que permite experiências virtuais no mundo real, mudando a maneira como os clientes trabalham e se divertem. Em 2017, a Apple lançou o ARKit 1.0 e, de repente, o iOS se tornou a maior plataforma de realidade aumentada do mundo, disponível para centenas de milhões de usuários do iPhone e iPad. Hoje, mais de 3.000 apps de realidade aumentada na App Store, como King of Pool, Alice in Wonderland AR Quest e Houzz, dão aos clientes uma opção ainda mais interativa para comprar, aprender e jogar. A Apple apresentou a terceira atualização do ARKit para desenvolvedores na WWDC em junho de 2018, permitindo que apps de realidade aumentada como LEGO incluíssem experiências compartilhadas em que vários usuários jogam ou colaboram em projetos, bem como experiências de AR persistentes nas quais o usuário pode começar um quebra-cabeças em uma mesa e voltar depois.
Com o Core ML, os apps ficam mais inteligentes e entendem imagens, vídeos e texto com rapidez para oferecer experiências novas e interessantes. A aplicação de filtros de estilo a fotos com o BeCasso, a inclusão de efeitos divertidos com o Snapchat e, para pessoas com problemas de visão, a navegação fácil pelo mundo com Seeing AI são bons exemplos de como o Core ML deve ser usado. E tudo isso enquanto a privacidade dos dados fica protegida.

Mídia

Imagens do aniversário da App Store

Contatos de Imprensa

Erica Souza

Apple

erica_souza@apple.com

+55 (11) 5503-1502