Produção sem extração. Só vai parecer impossível até a gente conseguir.

Um dia, queremos fabricar produtos sem extrair recursos naturais da Terra. Para alcançar essa meta audaciosa, a Apple está sempre criando maneiras mais eficientes de reciclar materiais que possam ser reutilizados na produção de novos aparelhos. Também estamos substituindo combustíveis fósseis por energia renovável e indo mais longe para reduzir nosso impacto, com substâncias seguras para as pessoas e para o meio ambiente. É um grande desafio, mas sabemos que podemos fabricar os melhores produtos do mundo e ainda deixar o planeta melhor do que encontramos.

100% Todos os escritórios, lojas e data centers da Apple funcionam com 100% de energia renovável.

Eliminamos substâncias químicas nocivas dos nossos produtos, como mercúrio, retardadores de chama bromados, PVC, ftalatos e berílio1.

400 mil Mais de 400 mil hectares de florestas na China agora têm gestão responsável, graças aos esforços da Apple.

Mudanças climáticas

Caminhando a passos largos para uma
menor emissão
de carbono.

Para contribuir na luta contra as mudanças climáticas, a Apple reduziu sua emissão de carbono total em 35% desde 2015 — contando as centenas de fornecedores e milhões de aparelhos de clientes. Todas as nossas instalações no mundo agora funcionam com 100% de energia renovável e estamos ajudando outros a fazer o mesmo, encontrando maneiras de levar energia renovável a mercados emergentes e trabalhando com operadoras locais para torná-la disponível a todos.

  • Todas as nossas instalações são abastecidas só com energia renovável.

    Todos os escritórios, lojas e data centers da Apple em 43 países funcionam com energia renovável. A maior parte dessa energia vem de fontes próprias. Quando precisamos de mais, compramos energia renovável de mercados próximos ou de empresas de abastecimento locais. Desde 2011, isso ajudou a reduzir as emissões de carbono das nossas operações em 64% — mesmo com a Apple ficando três vezes maior.

  • Incentivando fornecedores a migrar para energia renovável.

    Quase metade das emissões de carbono da Apple é proveniente da eletricidade usada na fabricação. Por isso, é tão importante que nossos parceiros mudem para energia renovável. Nossos fornecedores se comprometeram a gerar mais de 4 gigawatts de energia limpa até 2020, cerca de um terço da eletricidade utilizada em nossa linha de produção em 2018. Recentemente, unimos forças com vários parceiros para criar o China Clean Energy Fund, que está investindo em torno de US$ 300 milhões no desenvolvimento de projetos de energia renovável.

    Ver os nossos mais de 35 parceiros comprometidos com o uso de 100% de energia renovável para a produção da Apple (em inglês)

  • Produtos projetados para consumir menos energia.

    Desde 2008, o consumo médio de energia dos produtos Apple caiu em 70%. O iPad Pro de 11 polegadas é 69% mais eficiente do que a exigência da ENERGY STAR2. O MacBook Air com tela Retina consome três vezes menos energia em repouso do que a primeira geração. E um design inovador da fonte de energia faz com que o iMac Pro consuma 40% menos eletricidade em repouso e quando está desligado3. Multiplique essa economia por todos os aparelhos Apple no mundo para ter uma ideia da diferença que isso faz.

  • Destaques sobre mudanças climáticas

    35% A emissão total de carbono da Apple diminuiu em 35% desde 2015.
    600 mil Ao ajudar nossos fornecedores a migrar para energia limpa, evitamos emissões equivalentes a de 600 mil casas abastecidas com energia elétrica4.
    70% O consumo médio de energia dos produtos Apple foi reduzido em 70% desde 2008.

Recursos

Colocando os recursos limitados do planeta
para bom uso.
E reuso.

Algumas das ideias mais inovadoras da Apple estão voltadas à fabricação de produtos com materiais reciclados e renováveis, garantindo que esses produtos durem o máximo possível e que quase tudo seja reciclado ao final das suas vidas úteis. Ao manter os materiais em circulação, nos aproximamos do fim da dependência de mineração. E, sem desperdício, muito é ganho.

  • Materiais com maior impacto são nossa mais alta prioridade.

    A Apple usa muitos materiais. Para definir uma ordem de importância, criamos perfis de impacto dos materiais. Eles determinam os impactos sociais, globais e ambientais no fornecimento de cada material. Como resultado, estamos dando preferência ao cobalto, tungstênio, metais de terras raras, tântalo, aço, cobre, estanho, vidro, plástico, zinco, lítio, papel, ouro e alumínio. Em 2019, esses esforços vão evitar que a Apple extraia mais de 900 mil toneladas métricas de bauxita rica em alumínio (imagem acima).

  • Reciclamos mais de maneira mais eficiente.

    Nossos aparelhos antigos têm muitos materiais que poderiam ser usados em novos, mas recuperá-los com eficiência não é simples. Por isso, a Apple criou a Daisy, um robô de desmontagem que recupera, com rapidez e perícia, materiais do iPhone que outros recicladores não conseguem, como tungstênio e metais de terras raras. Quanto mais recuperamos, mais podemos reutilizar e reciclar — inclusive o alumínio usado no MacBook Air.

  • Maneiras inovadoras de usar materiais reciclados e renováveis.

    Às vezes, as sobras recuperadas não atendem aos padrões dos nossos produtos. Então inventamos novas maneiras de resolver o problema. Por exemplo, criar uma liga personalizada de alumínio para as estruturas do MacBook Air e Mac mini que é 100% reciclada sem perder em qualidade. Ou um novo jeito de usar apenas estanho reciclado na solda das placas lógicas principais dos nossos aparelhos.

  • Destaques sobre recursos

    100% Toda a fibra de madeira das embalagens da Apple vem de fontes renováveis ou de reciclagem.

Química inteligente

Um produto
só é seguro
quando seus materiais são.

Os materiais são os responsáveis por deixar os produtos mais rápidos, resistentes e bonitos. Como eles não são todos criados iguais, a Apple usa tecnologia de ponta para garantir que as substâncias que compõem esses materiais sejam seguras para os usuários, para quem fabrica nossos produtos e para o planeta.

  • Mapeamos incansavelmente todos os materiais dos nossos produtos.

    Analisar tudo o que compõe nossos produtos não é um trabalho simples. Começa com a criação de uma lista completa das substâncias usadas na fabricação. E inclui avaliar não só nossos fornecedores, mas os fornecedores deles também. Estamos trabalhando lado a lado com nossos parceiros para criar um mapa detalhado da composição química de nossos materiais.

  • Avaliamos as 
    substâncias químicas 
    com base no
    risco à saúde
    das pessoas e do planeta.

    Especificações de Substâncias Regulamentadas da Apple é o nome de uma lista abrangente de substâncias químicas restritas que vai além das exigências governamentais. Para manter essas substâncias fora dos nossos aparelhos, criamos o Laboratório de Testes Ambientais. Nele, os toxicologistas certificados da Apple fazem uma análise minuciosa dos nossos materiais em busca de componentes nocivos. Criamos até suor artificial para simular a interação dos materiais com a pele.

  • Inventando maneiras de trocar as substâncias ruins pelas boas.

    Se há uma substância potencialmente nociva em um produto Apple, criamos uma forma de removê-la, reduzi-la, ou substituímos por outra segura. Retiramos o PVC e ftalatos de todos os nossos cabos de energia, de conexão e dos fones de ouvido5. Inovações no Apple Watch reduzem a exposição ao níquel, um metal que pode provocar reações alérgicas. E trabalhamos com os fornecedores nas instalações de montagem final na transição para o uso de detergentes e desengraxantes mais seguros.

  • Destaques sobre química inteligente

    75% A Apple analisou a composição de dezenas de milhares de componentes e mais de 75% da massa total dos novos iPhone, iPad e Mac para catalogar agentes químicos nocivos. E nós ainda não terminamos.

Veja o relatório ambiental sobre seu produto.

Cada aparelho é avaliado com relação ao seu impacto em nossa emissão de carbono e pela segurança e quanto seus materiais são ecológicos.

Relatório de Acompanhamento de 2019

Em nosso relatório mais recente, você encontra informações detalhadas sobre nossas ações, como medimos nosso impacto no meio ambiente e nosso progresso anual.

Ver o Relatório de responsabilidade ambiental de 2019 (em inglês)

Outros relatórios e recursos

Responsabilidade dos fornecedores

Definimos padrões elevados para proteger direitos humanos e trabalhistas, manter práticas ambientais, de saúde e segurança eficazes e obter materiais de forma responsável. Nós os seguimos e exigimos que nossos parceiros façam o mesmo.

Visitar o site sobre Responsabilidade dos Fornecedores

Química inteligente

A Apple tem um programa rigoroso para garantir a segurança dos componentes químicos usados em nossos produtos. Saiba mais sobre os padrões exigentes da Apple, avaliações toxicológicas minuciosas e metodologias para avaliar substâncias químicas de alta importância.

Ler as Especificações sobre Substâncias Regulamentadas (em inglês)

Ler nosso artigo técnico sobre a integração de avaliações toxicológicas na seleção de materiais para produtos Apple (em inglês)

Ler nosso protocolo de priorização de substâncias químicas importantes na indústria de eletrônicos (em inglês)

Perguntas frequentes

Encontre respostas para perguntas frequentes sobre a Apple e o meio ambiente.

Ler as perguntas frequentes