Chip M1 da Apple

Um pequeno chip, uma grande revolução.

Chegou o M1, nosso primeiro chip criado especialmente para o Mac. Ele traz desempenho incrível, tecnologias exclusivas e consumo de energia eficiente. Desde sua concepção, cada detalhe do chip foi pensado para funcionar com o macOS Big Sur, o sistema operacional para computadores mais avançado do mundo. Com um salto gigantesco no desempenho por watt, todo Mac com o M1 entra em uma categoria completamente diferente. Não é uma atualização, é uma revolução.

Um sistema inteiro em um único chip.

Antes do M1, o Mac precisava de vários chips para oferecer diferentes recursos, como processamento, conexões, segurança e memória. Agora, todas essas tecnologias estão combinadas em uma peça só. É um sistema em um chip (SoC), que tem um design muito mais integrado e simples, para maior eficiência e desempenho surpreendente. Com transistores tão minúsculos que são medidos em átomos, o M1 é incrivelmente complexo: contém o maior número de transistores que já incluímos no mesmo chip. Além disso, ele também é o primeiro chip com tecnologia de 5 nanômetros, líder da indústria, usado em um computador pessoal.

Processo
de 5
nanômetros
O primeiro chip de computador pessoal com essa tecnologia de ponta.
16 bilhões
de transistores
A maior quantidade que já incluímos no mesmo chip.
The Apple M1 chip

Memória unificada.
Compartilhada por todo o sistema.

Nossa arquitetura de memória unificada (UMA), no chip M1, combina uma memória de baixa latência e alta largura de banda num único conjunto de recursos dentro de um pacote personalizado. Como resultado, todas as tecnologias no SoC podem acessar as mesmas informações sem precisar copiar os dados de uma unidade para outra. Isso melhora dramaticamente o desempenho e o consumo de bateria. Os apps de vídeo ficam mais rápidos, os jogos ganham gráficos mais nítidos e detalhados, o processamento de imagens é feito em alta velocidade, e todo o sistema se torna mais ágil e responsivo.

Diagram showing the CPU, Fabric, GPU, Neural Engine, Cache, and two DRAM on the M1 chip
Até3,9xmais rápido no processamento de vídeos1
Até7,1xmais rápido no processamento de imagens2

Desempenho poderoso
da CPU com o uso de uma fração da energia.

A CPU de oito núcleos no chip M1 é, de longe, a de melhor rendimento que já criamos. Feito para encarar tarefas com o menor consumo de energia possível, o M1 conta com dois tipos de núcleos: de alto desempenho e de alta eficiência. Seja para editar fotos da família, exportar vídeos do iMovie para a internet, gerenciar bibliotecas enormes de arquivos RAW no Lightroom ou checar seus e-mails, o M1 resolve tudo com velocidade surpreendente e pouco consumo de bateria.

CPU de8 núcleosA CPU de maior desempenho que já criamos.
Até3,5xmelhor no desempenho da CPU1
Diagram showing the 8-core CPU on the M1 chip

Quatro núcleos de alto desempenho

O chip M1 tem quatro núcleos de desempenho, cada um projetado para executar uma única tarefa da forma mais eficiente possível, maximizando o rendimento. Nosso núcleo de alto desempenho é o mais rápido do mundo em um chip de baixo consumo de energia3, e o M1 tem quatro. Isso representa um salto gigantesco na capacidade de enfrentar tarefas multithread complexas.

Quatro núcleos de alta eficiência

O chip M1 tem quatro núcleos de eficiência para fazer as atividades do dia a dia usando apenas um décimo da energia e, ao mesmo tempo, oferecer um rendimento excepcional. Eles são os melhores para cuidar de trabalhos leves, deixando os núcleos de desempenho livres para encarar as operações pesadas.

Desempenho da CPU x uso da energia

A graph showing CPU performance at various levels of power consumption. Across the entire graph the M1 chip outperforms the latest PC laptop chip using a fraction of the power.
Até2xmelhor no desempenho da CPU4
Alcança o desempenho máximo do PC usando25%da energia4

Desempenho da CPU duas vezes mais rápido

O chip M1 tem desempenho consideravelmente melhor em todos os níveis de energia em comparação com o chip mais recente de laptops PC. Com apenas 10 watts (envelope térmico do MacBook Air), o desempenho da CPU do M1 é até duas vezes melhor do que os chips de PCs. Além disso, o M1 atinge o rendimento máximo dos chips de PCs consumindo apenas um quarto da energia.

Desempenho da CPU por watt

A graph showing the single-threaded CPU performance per watt of Apple low-power silicon chips over time. The trend increases slowly over time until a massive 3x increase with M1.
3xmais desempenho da CPU por watt5

Desempenho por watt três vezes maior

Quando reavaliamos o desempenho dos chips de baixo consumo de energia durante as tarefas de uma thread no Mac, percebemos que os ganhos no rendimento por watt quase não mudaram de um chip para outro. Mas, quando analisamos o M1, vemos um aumento significativo de três vezes no desempenho por watt.

Os gráficos integrados mais rápidos do mundo em um computador pessoal.

Para obter um bom desempenho gráfico, os PCs normalmente precisam usar um chip dedicado, o que consome muita energia. Mas com o chip M1 da Apple é diferente. Sua GPU integrada combina o melhor dos dois mundos: um grande avanço no desempenho gráfico e, ao mesmo tempo, um baixo consumo de energia. Resultado de anos de análise minuciosa de apps para Mac, a GPU no M1 é o processador gráfico mais avançado que já criamos. Com GPU de até oito núcleos, o chip M1 pode executar quase 25 mil threads simultaneamente. Considerando os teraflops, a largura de banda de texturas, a taxa de preenchimento e a eficiência energética, esta GPU não é apenas única em sua categoria. É também o processador gráfico integrado mais rápido do mundo em um computador pessoal6.

Diagram showing the 8-core GPU on the M1 chip
GPU de até8 núcleosO processador gráfico mais avançado que já criamos.
Até25.000threads simultâneos

Desempenho da GPU x uso da energia

A graph showing GPU performance at various levels of power consumption. Across the entire graph the M1 chip outperforms the latest PC laptop chip using a fraction of the power.
Até2xmelhor no desempenho da GPU7
Alcança o desempenho máximo do PC usando33%da energia7

Desempenho gráfico duas vezes mais rápido

Em todos os níveis de consumo de energia, o chip M1 oferece um desempenho gráfico significativamente superior em comparação com o chip mais recente de laptops PC — até o dobro da velocidade. E o M1 atinge o desempenho máximo dos chips de PCs consumindo apenas um terço da energia.

A próxima geração do aprendizado de máquina.

O chip M1 vem com nosso Neural Engine mais recente, com 16 núcleos que executam impressionantes 11 trilhões de operações por segundo. De fato, com uma poderosa GPU de oito núcleos, aceleradores de aprendizado de máquina e o Neural Engine, o M1 foi inteiramente projetado para superar expectativas no aprendizado de máquina. Com ele, o Final Cut Pro enquadra um clipe de maneira inteligente em menos tempo, e o Pixelmator Pro aumenta a nitidez e o nível de detalhes em velocidades incríveis. Parece até mágica. Com o chip M1, todos os apps que usam recursos de aprendizado de máquina se beneficiam deste desempenho inédito no Mac.

Até15xmelhor no desempenho do aprendizado de máquina8
Até11 trilhõesde operações por segundo
Diagram showing the 16-core Neural Engine on the M1 chip

Desempenho incrível.
Duração de bateria inacreditável.

O chip M1 estende a vida útil da bateria e ainda aumenta o desempenho de forma significativa. Mas ele não está sozinho na tarefa de garantir esse consumo de energia tão eficiente. O macOS Big Sur tem gerenciamento de energia avançado, que distribui as tarefas entre os núcleos de desempenho e de eficiência do M1 de forma inteligente. Ele diferencia automaticamente as atividades leves, como ler uma nota, das que são mais pesadas, como jogar o game do momento. O resultado é a melhor duração de bateria de todos os tempos em um Mac.

Modelo M1

MacBook Pro de 13 polegadas

Até17hde navegação em rede sem fio9
Até20hde reprodução de vídeo9

Modelo M1

MacBook Air

Até15hde navegação em rede sem fio10
Até18hde reprodução de vídeo10

Um OS feito por quem conhece profundamente o M1.

O macOS Big Sur foi desenvolvido para aproveitar ao máximo os recursos e a potência do chip M1. Tudo o que você adora no macOS está mais rápido, melhor e mais seguro. É o nosso software mais poderoso, rodando em nosso hardware mais avançado até hoje.

Veja todas as novidades do macOS Big Sur

Desempenho de alta velocidade

Agora, os sistemas com o chip M1 despertam num instante. As atividades do dia a dia, como iniciar apps, estão mais rápidas. A rolagem no Safari ficou ainda mais fluida. As animações do sistema ganharam agilidade. E, quando a alta velocidade do M1 é combinada com tecnologias do macOS como Metal, até os apps mais exigentes oferecem desempenho superior. Assim, fica fácil realizar tarefas como renderizar animações 3D ou editar vídeos RAW.

Segurança avançada

O chip M1 e o macOS Big Sur oferecem os recursos de segurança mais avançados em um computador pessoal, com inicialização segura verificada por hardware, criptografia automática de alto desempenho para todos os seus arquivos e novas proteções integradas na arquitetura de execução de código do M1.

O M1 traz mais apps do que nunca para o Mac.

O macOS Big Sur vem repleto de tecnologias para você rodar mais apps do que nunca. É a maior coleção de apps já vista para o Mac. E, à medida que desenvolvedores lançarem novos apps para o M1, essa coleção só vai continuar crescendo.

Apps universais

Os apps incluídos no Mac e também todos os que foram projetados pela Apple são otimizados para o chip M1. Apps como Pages, Keynote, GarageBand e iMovie mostram como o desempenho pode ser surpreendente com o M1. Rode até três vezes mais plugins de instrumentos e efeitos com o Logic Pro11 e execute tarefas do Final Cut Pro, como renderizar uma timeline complexa, até seis vezes mais rápido12. Com velocidade incrivelmente rápida e recursos mais avançados do que nunca, os apps nativos são os mais poderosos para o chip M1. E a nova plataforma Universal garante que eles sejam compatíveis com os sistemas Mac com chip da Intel e da Apple. Muitos desenvolvedores já estão criando novos apps com desempenho e recursos revolucionários, como correção de cor de vídeo 6K em tempo real no Blackmagic DaVinci Resolve.

Rosetta 2

Com a chegada do Rosetta 2, os apps que ainda não fizeram a transição para o formato Universal rodam perfeitamente com o chip M1 e o macOS Big Sur. Isso significa que, mesmo sem atualização, você pode continuar trabalhando em projetos Fusion360 ou avançar para a próxima fase do seu jogo preferido. E, graças ao Metal e ao M1, alguns dos apps com gráficos mais pesados funcionam melhor no Rosetta 2 do que em sistemas Mac anteriores com processador gráfico integrado.

Apps do iPhone e do iPad

Pela primeira vez, seus apps favoritos do iPhone e do iPad podem ser usados diretamente no Mac. Isso quer dizer mais games para jogar, mais conteúdos para assistir e mais apps para você fazer tudo o que adora. Eles funcionam e se comportam como verdadeiros apps para Mac, com barra de menus, controle com mouse e trackpad, janelas ajustáveis e muito mais. Se os apps para iPhone e iPad que você adquiriu estiverem disponíveis para Mac, é só baixá-los da sua lista de compras. E, claro, eles estão disponíveis na Mac App Store.

Comprar modelos Mac com o chip M1.

MacBook Air

Saiba mais

MacBook Pro de 13 polegadas

Saiba mais

Mac mini

Saiba mais
Comparar todos os modelos de Mac