Veja como gerenciar sua privacidade.

Nós trabalhamos muito desenvolvendo ferramentas que ajudem a manter sua privacidade. Aqui você encontra dicas para proteger seus dispositivos, dados e ID Apple, e orientações para evitar phishing e controlar com quem compartilha suas informações.

Proteja seus dispositivos.

Para manter sua conta do iCloud e outros dados pessoais seguros, seu Mac, Apple Watch e os dispositivos com iOS precisam estar protegidos. Veja algumas maneiras de prevenir que outras pessoas usem seus aparelhos e tenham acesso às suas informações.

Escolha uma senha. Quanto mais complexa, melhor.

A segurança do seu dispositivo começa com a senha. A senha-padrão do seu aparelho com Touch ID tem seis dígitos em vez dos quatro das versões anteriores do iOS. Com isso, o número de combinações possíveis aumentou para um milhão e ficou ainda mais difícil que alguém descubra sua senha. Em Ajustes, você pode ativar a opção Eliminar Dados, que apaga todas as informações do aparelho após 10 tentativas de acesso com senhas incorretas.

Saiba mais sobre como proteger seu dispositivo com uma senha

Ative o Touch ID.

O Touch ID oferece a tecnologia mais avançada de segurança por impressão digital. Com ele, a imagem da sua digital é convertida em uma representação matemática incompatível com qualquer mecanismo de engenharia reversa. Essa versão matemática da sua digital fica protegida em um Secure Enclave no chip do aparelho e não pode ser acessada pelo iOS ou por outros apps. Ela nunca é armazenada em servidores da Apple, nem incluída em backups do iCloud ou de outros serviços.

Saiba mais sobre a segurança do Touch ID

Use o desbloqueio automático no seu Mac.

Você pode usar seu Apple Watch para desbloquear seu Mac, aproximando um do outro. É só ativar a autenticação de dois fatores para seu ID Apple e entrar no iCloud em ambos os dispositivos.

Encontre aparelhos perdidos.

Ativar o recurso Buscar iPhone, iPad e Mac ajuda você a se manter conectado ao seu dispositivo, mesmo em caso de perda ou roubo. Esse recurso é habilitado automaticamente quando você entra no iCloud em um aparelho novo. Com ele, é possível ver em um mapa onde seu dispositivo está e onde já esteve, aumentando as chances de encontrá-lo. Caso não consiga recuperar seu aparelho, você pode apagar remotamente todos os dados pessoais. A Apple recebe informações sobre o paradeiro do seu dispositivo somente quando você o localiza, habilita o Modo Perdido ou ativa Enviar Última Localização. Os dados ficam criptografados com sua senha e são armazenados por apenas 24 horas.

O Bloqueio de Ativação, integrado ao Buscar iPhone e Apple Watch, impede que alguém reative seu dispositivo com iOS ou watchOS sem sua permissão, mesmo que ele já tenha sido apagado remotamente. Isso reduz significativamente a probabilidade de alguém querer roubar seu dispositivo.

Proteja seu ID Apple.

O ID Apple é a conta que você usa para acessar todos os serviços da Apple, entre eles iCloud, App Store e iTunes Store. Proteger seu ID Apple é crucial para a segurança de todo tipo de informação, como seu calendário, contatos, e-mail, fotos e até arquivos de backup do seu dispositivo com iOS. Recomendamos atualizar os ajustes de segurança regularmente para que você e sua privacidade fiquem sempre protegidos.

Escolha uma senha forte para o seu ID Apple.

Nunca escolha para seu ID Apple a mesma senha que você usa em outras contas. Crie uma senha difícil de adivinhar, com mais de oito caracteres, que tenha caracteres especiais e sem informações pessoais fáceis de descobrir. Senhas novas criadas para o ID Apple não podem ter sido usadas no ano anterior e devem atender aos seguintes padrões:

  • Ter pelo menos uma letra
  • Ter pelo menos uma letra maiúscula
  • Ter pelo menos um número
  • Não conter vários caracteres idênticos consecutivos
  • Não coincidir com o nome de usuário
  • Ter no mínimo oito caracteres
  • Não ser uma senha comum
  • Não ter sido usada no prazo de um ano

Se a senha do seu ID Apple não for muito forte ou se estiver sendo usada em outras contas online, você deve alterá-la. Se, por algum motivo, desconfiar que sua senha foi comprometida, mude imediatamente.

Saiba mais sobre como criar uma senha segura

Mude a senha do seu Apple ID

Ative a autenticação de dois fatores.

A autenticação de dois fatores é o melhor jeito de proteger suas informações, porque acrescenta uma segunda camada de segurança ao seu ID Apple. Ela foi criada para garantir que outras pessoas não consigam acessar sua conta, mesmo sabendo sua senha.

Ao tentar iniciar uma sessão em um aparelho novo ou pela web, um código de verificação aparecerá em todos os dispositivos registrados como confiáveis. Informe esse código e sua senha para acessar a conta. Quem não fornecer a senha ou o código de verificação não poderá entrar.

Saiba como configurar a autenticação de dois fatores

Escolha perguntas de segurança que só você sabe responder.

A Apple usa perguntas de segurança para que você possa se identificar caso esqueça a senha do ID Apple. Ninguém mais deve saber as respostas para essas perguntas. Assim como sua senha, elas não podem ser fáceis de adivinhar. Portanto, não use informações pessoais que estejam disponíveis publicamente.

Saiba como atualizar suas perguntas e respostas de segurança

Preste atenção às notificações sobre seu ID Apple.

Quando você inicia uma sessão em um dispositivo pela primeira vez, muda uma forma de pagamento, troca de senha ou faz alterações em sua conta, a Apple envia uma notificação por e-mail ou via push. Se você receber uma dessas notificações e não lembrar de ter feito mudanças, é possível que alguém tenha acessado sua conta. Nesse caso, acesse seu ID Apple e troque a senha imediatamente. Se precisar de ajuda, entre em contato com o Suporte da Apple.

Altere a senha do seu ID Apple

Entre em contato com o suporte do ID Apple

Cuidado com o phishing.

O “phishing” é uma prática fraudulenta, que tem como objetivo extrair informações pessoais, como a senha do seu ID Apple ou os dados do seu cartão de crédito, geralmente por meio de um e-mail ou mensagem de texto. Pode parecer que tenha sido enviado por uma empresa ou pessoa legítima, mas não é bem assim. Habilitar a autenticação de dois fatores é a melhor maneira de se proteger desse tipo de ataque, planejado para convencer você a revelar as credenciais do seu ID Apple. Nunca forneça sua senha, códigos de verificação nem qualquer outra informação confidencial sobre suas contas por e-mail ou mensagem de texto. Se você receber um suposto e-mail da Apple e acreditar que é uma tentativa de phishing, encaminhe para reportphishing@apple.com.

Saiba mais sobre como se proteger de phishing

Cuidado com o que você compartilha.

Seus produtos Apple podem funcionar ainda melhor se você compartilhar determinadas informações com apps e serviços. Existem vários ajustes que permitem selecionar quais informações serão compartilhadas, onde serão compartilhadas e quando o backup delas é feito. É importante saber como esses ajustes estão configurados e como podem ser gerenciados.

Configure seus ajustes do iCloud.

Você controla como suas músicas, fotos, dados de saúde, documentos e outras informações são compartilhados entre seus dispositivos e sua conta do iCloud. E pode ativar e desativar cada serviço do iCloud individualmente. Para fazer isso no iOS, entre nos ajustes do iCloud. No seu Mac, acesse a seção iCloud em Preferências do Sistema. Em um PC com Windows, abra o Painel de Controle do iCloud.

Gerencie seus dados de localização.

Em algumas situações, é importante que seu aparelho possa acessar sua localização. Quando você está marcando uma reunião no Calendário ou pesquisando um itinerário, por exemplo. Os Serviços de Localização usam uma combinação de GPS, Bluetooth, hotspots de Wi-Fi e torres de celular para descobrir onde você está. A Apple dá a você o controle sobre a coleta e uso desses dados em seus dispositivos, mas é necessário ativar os Serviços de Localização quando for usá-los pela primeira vez. Se mudar de ideia, eles podem ser desativados facilmente.

Emergência SOS.

Com o SOS, você pode usar o Apple Watch para ligar para serviços de emergência. Também pode escolher que seus contatos SOS sejam notificados, recebam uma mensagem avisando que você fez essa ligação e tenham acesso à sua localização por um tempo determinado. Você pode desativar as notificações a qualquer momento. Caso os Serviços de Localização estejam desligados, eles serão ativados temporariamente para que seus contatos SOS saibam onde você está.

Controle as informações compartilhadas com apps.

Os apps da App Store podem pedir acesso à sua localização, contatos, calendários ou fotos. Quando um app de terceiros tenta acessar seus dados pela primeira vez, você recebe uma notificação e decide se quer ou não liberar o acesso. Depois, se mudar de ideia, é só alterar em Ajustes.

Limite a exibição de anúncios personalizados.

A publicidade é uma fonte de renda de alguns desenvolvedores de apps para iOS e tvOS. Para ajudar a proteger sua privacidade, criamos o Identificador de Publicidade não persistente. O serviço de publicidade da Apple usa esse identificador para mostrar anúncios na App Store. Já para os anunciantes, ele serve para controlar o número de vezes que você vê um anúncio, medir o resultado das campanhas e, a menos que você tenha desabilitado esse serviço, mostrar anúncios relevantes para o seu perfil. Quando você habilita Limitar Publicidade Rastreada, os apps de terceiros não podem usar o Identificador de Publicidade para mostrar anúncios. O serviço de publicidade da Apple não exibe anúncios com base em interesse para crianças menores de 13 anos e IDs Apple gerenciados.

Saiba mais sobre como desativar anúncios exibidos com base em interesse

Navegue pela internet de forma anônima.

Ative a Navegação Privada para que o Safari não adicione os sites que você visitou ao seu histórico, não memorize suas buscas nem salve informações dos formulários que você preenche online. Você também pode usar bloqueadores de conteúdo para controlar o que é carregado no seu navegador e impedir que alguém tente rastrear sua atividade em um ou mais sites. O suporte a bloqueadores de conteúdo não permite que os desenvolvedores saibam os endereços que você acessa.

O Safari é o primeiro navegador que oferece DuckDuckGo como opção integrada de mecanismo de busca padrão, permitindo fazer buscas sem deixar rastro. No Mac, vá até Preferências do Safari, clique em Busca e selecione DuckDuckGo. Já nos dispositivos com iOS, toque em Ajustes, Safari, Buscador e escolha o DuckDuckGo.

Também oferecemos aos desenvolvedores a opção de criar e disponibilizar extensões do Safari que bloqueiam conteúdo malicioso feito para coletar os endereços dos sites que você acessa.

Saiba mais sobre as Extensões do Safari

Saiba mais sobre os Ajustes do Safari no iOS

Proteja a privacidade dos seus filhos.

O controle parental e as restrições do seu aparelho Apple são simples de configurar. Você decide quais sites seus filhos podem acessar, que tipos de filmes podem assistir, gerencia o uso do FaceTime e da Câmera e determina se eles podem baixar apps de terceiros. Como os controles parentais e as restrições são específicos para cada aparelho, recomendamos que você faça a configuração em todos os dispositivos Apple usados pelos seus filhos. No Mac, essas opções estão na seção Controles Parentais em Preferências do Sistema. Nos dispositivos com iOS, toque em Ajustes, Geral e Restrições.

Com o Compartilhamento Familiar, as crianças podem ter um ID Apple. Por meio de ferramentas como Aprovar Compra, os pais decidem se autorizam compras de apps ou dentro dos apps, e controlam o que a criança adquire usando o ID Apple. Exigimos a autorização dos pais ou responsáveis legais antes de criar um ID Apple para um menor de 13 anos. E fornecemos os meios para que os adultos possam supervisionar a atividade da criança e o conteúdo acessado.

Saiba mais sobre o Compartilhamento Familiar